Foto: EPA/Frank Augstein

‘Itália x Espanha’ domina audiências e dá liderança à TVI

A primeira meia-final do Euro 2020, entre as seleções de Itália e Espanha, foi transmitida pela TVI e dominou as audiências da noite desta terça-feira (6), valendo a liderança diária à estação de Queluz.

A vitória dos italianos, que só foi conseguida após prolongamento e penáltis, reuniu uma média de 1 milhão e 862 mil espectadores ao longo de mais de 2 horas e meia de transmissão, correspondentes a 19,7% de audiência e 39,3% de share.

O Itália x Espanha foi o programa mais visto do dia, atingindo um pico de 25,4% de audiência e 48,1% de share no final do tempo regulamentar às 21h49. A última parte da transmissão, com o prolongamento e o desempate por penáltis, conseguiu uma média de 2 milhões e 185 mil espectadores (23,1% / 42,9%).

Com exceção dos jogos da seleção nacional, esta foi a partida mais vista do Euro 2020, superando o Bélgica x Itália (14,5% / 30,6%), transmitido pela SIC no passado dia 2, e o jogo de abertura Turquia x Itália (14,5% / 30,6%), exibido pela TVI a 11 de junho. Foi também a última das 12 transmissões asseguradas pela TVI neste Europeu.

Em confronto com o Itália x Espanha, o Jornal da Noite (9,2% / 19%) e o Telejornal (5,9% / 12,6%) estiveram abaixo dos valores habituais. O prolongamento do jogo fez mossa também em Amor Amor (11,3% / 21,1%), e levou o concurso da RTP1 Joker (4% / 7,6%) aos piores valores do ano.

A meia-final do Euro 2020 deu à TVI a liderança destacada na média do dia, com 23,9% de share. A SIC ficou a 4,2 pontos de distância, mas segurou 19,7% de quota de mercado. Pior esteve a RTP1, que saiu mais prejudicada pelo futebol da TVI e caiu para os 9,3% de share.

Bárbara Guimarães
Fotografia: SIC/Divulgação

Bárbara Guimarães manteve Júlia na liderança

Júlia Pinheiro foi esta terça-feira (6) substituída por Bárbara Guimarães na condução do seu talk show, na sequência de um contacto com um caso positivo de Covid-19. Bárbara Guimarães vai assegurar a condução de Júlia durante o período de isolamento.

As audiências de Júlia não se ressentiram com a ausência da apresentadora, e o programa da SIC foi líder do início ao fim. Bárbara Guimarães foi vista em média por 434 mil espectadores, correspondentes a 4,6% de audiência e 20,4% de share.

No dia em que foi notícia o seu apoio à candidatura autárquica de Suzana Garcia, Manuel Luís Goucha voltou a ficar em segundo lugar, com Goucha a ser visto em média por 298 mil espectadores (3,1% / 14,1%).

Em destaque pela negativa esteve a RTP1, com Tenda às Costas a registar um dos piores resultados de sempre de um programa da tarde da estação pública. Em direto de São Pedro do Sul, Tiago Góes Ferreira e Diana Taveira não reuniram mais do que 109 mil espectadores, correspondentes a apenas 1,2% de audiência e 5,3% de share. A RTP1 esteve durante largos minutos a perder para a RTP2, que transmitia mais uma etapa da Volta à França (0,9% / 4,1%).

A parte matinal de Tendas às Costas também não convenceu, registando apenas 143 mil espectadores (1,5% / 8,9%). Casa Feliz (4% / 22,8%) voltou a liderar as manhãs, ficando à frente de Dois às 10 (3,3% / 19,1%).

Outros destaques do dia
  • Com a queda de Amor Amor, A Serra (11,5% / 26,8%) foi a novela mais vista do dia e ocupou o segundo lugar do top. A novela da SIC venceu Festa é Festa (10,4% / 27%), que foi para o ar mais tarde que o habitual e liderou assim que A Serra saiu do ar, derrotando Quem Quer Namorar com a Agricultora? (8,2% / 22,7%).
  • Também Bem me Quer (7,3% / 26,3%) e Mulheres (3,8% / 22,2%) viram o seu início ser atrasado, reforçando o final de noite da TVI. Embora com menos público que o habitual, as novelas aproveitaram para bater novos máximos de share, vencendo Tempo de Amar (6,3% / 22,8%) e a repetição de Quem Quer Namorar com o Agricultor? (3% / 17,6%).
  • O Amor Acontece conseguiu melhorar os resultados da TVI na faixa das 18 horas. O Diário (5,2% / 17,4%) perdeu para Viver a Vida (6,3% / 21,6%), mas o bloco O Comentário (5,2% / 17,1%) conseguiu superar Orgulho & Paixão (5,6% / 18,1%) por alguns minutos, embora a novela brasileira tenha liderado em média.
  • A RTP1 transmitiu Bem Bom – Realidade e Ficção, o making-of do filme sobre as Doce que estreia esta semana nos cinemas. Exibido após o Telejornal, o documentário ficou-se pelos 312 mil espectadores (3,3% / 6,3%), ofuscado pelo Euro 2020.
Dados Live+Vosdal da GfK/CAEM.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.