Ed Sheeran
Fotografia: Divulgação / Zakary Walters

Ed Sheeran na Eurovisão? Apenas se Inglaterra voltar a “ser amada pela Europa”

O cantautor Ed Sheeran não descarta uma participação no Festival Eurovisão da Canção. Para que tal aconteça, “Inglaterra tem de ser amada pela Europa de novo”.

“A Eurovisão é a minha coisa favorita de assistir todos os anos”, admitiu o artista britânico, em entrevista ao apresentador holandês Humberto Tan. Tendo em conta as fracas classificações do Reino Unido no formato, Ed Sheeran confessa que todos os anos fica “chateado” e envia uma mensagem ao seu “menager a dizer ‘vou fazer isto um dia’ e ele fica ‘não no meu turno'”, continua, em tom de gracejo.

O desafio prende-se precisamente com a incerteza em relação ao seu país. “Acho que se vou fazer isto, teria de ser… Inglaterra tem de ser amada pela Europa de novo e não sei se isso vai acontecer”, explica. O cantor continua e diz que o velho continente não gosta do Reino Unido, o que se traduz no facto de que “todos os anos Inglaterra fica em último, sem falha”. Inglaterra concorre como parte integrante do Reino Unido.

Na verdade, esta informação está errada. Ainda que o Reino Unido seja um dos países menos votados na Eurovisão, nos últimos vinte anos ficou em último lugar em cinco ocasiões, tendo alcançado ainda um terceiro lugar em 2002. Ainda assim, nas últimas cinco edições, não passou do 18.º lugar e ficou mesmo em último por duas vezes.

Na última semana, o jornal The Sun avançou que responsáveis pela emissora BBC estariam interessados em ser representados pela cantora Jessie J, não havendo contudo nenhuma confirmação. A concretizar-se, esta não será a primeira vez que o Reino Unido apostava, em anos recentes, num nome conhecido mundialmente para sobressair no concurso. Bonnie Tyler, a voz de sucessos como ‘Total Eclipse of the Heart’, concorreu em 2013. Mesmo assim, o tema ‘Believe In Me’ ficou em 19.º lugar. Um ano antes, o bastante premiado Engelbert Humperdinck ficou em 25.º lugar.

Relativamente à edição de 2021, em que os britânicos ficaram em último lugar com zero pontos, Ed Sheeran destaca as propostas da Alemanha e da Islândia, afirmando que os italianos Måneskin tinham a “melhor canção e performance da noite”.

Com apenas 30 anos, Ed Sheeran é um dos maiores nomes da pop atual. É detentor de inúmeros prémios, incluindo o Grammy da Canção do Ano em 2016 para ‘Thinking Out Loud’, bem como Brit’s e Billboard Music Awards. Lançou esta sexta (25) um novo tema, intitulado ‘Bad Habits’.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.