Audiências
Fotografia: CM

CMTV bate recorde de audiências e fica a sete décimas da RTP1

Esta quinta-feira (17), a CMTV marcou um resultado histórico a nível de audiências. O canal do grupo Cofina conseguiu alcançar, no total do dia, 10% de share. Este é um valor muito superior à média atual do canal por cabo que, neste momento, é de 4,2%. Este resultado alto da CMTV acontece no mesmo dia em que o tema que dominou a comunicação social foi o desaparecimento (e mais tarde o aparecimento) de Noah.

Os 10% de quota de mercado alcançados esta quinta-feira correspondem a um número bastante superior àquele que era o anterior melhor valor marcado pela estação. Esse antigo resultado mais alto tinha sido 7,7% de share atingido no dia 11 de maio deste ano – dia em que o Sporting se sagrou campeão.

A CMTV só liderou as audiências durante partes da madrugada de quarta para quinta-feira e de quinta para sexta-feira, mas foram muitos os programas do canal que bateram máximos de audiência. Só mesmo os dois blocos de Televendas (0,2% / 5,3%) e (0,1% / 4,5%) e o Liga D’Ouro (1,8% / 4,8%) é que não marcaram resultados superiores à sua média. De resto, toda a programação conseguiu superar os números habituais.

O CM Jornal 13h (2,7% / 11,2%), o Notícias CM (3,2% / 14,2%) – com duração de 12 minutos -, e o Jornal 7 (3,5% / 9%) bateram máximos de quota de mercado. Já o Especial CM – Noah Encontrado com Vida (3,9% / 7,5%) atingiu um valor de audiência média superior ao habitual para estes especiais.

Os programas que marcaram máximos tanto de audiência média como de quota de mercado foram o CM Jornal 20h (5,9% / 11,3%) e o Rua Segura (3,2% / 14%), transmitido durante 37 minutos a partir das 15h08. Ambos os programas conseguiram ultrapassar as apostas da RTP1. O primeiro venceu o Linha da Frente (5,6% / 10,2%) e o segundo venceu A Nossa Tarde (2% / 8,6%), respetivamente.

A RTP1 foi o canal que saiu mais prejudicado por esta ascensão da CMTV, já que a estação por cabo conseguiu, ao longo de todo o dia sobrepor-se a várias apostas do canal público. De um modo geral, só o Bom Dia Portugal, o Jornal da Tarde, o Preço Certo e o Joker é que não se viram ultrapassados, em nenhum momento, pelo canal do grupo Cofina. Por outro lado, Manchetes 3, Os Nossos Dias, A Nossa Tarde, Linha da Frente, Euro 2020: Os dias do Euro, 5 Para a Meia Noite: o Melhorzito, Noites do Euro e Aqui Europa – todos programas da RTP1 – estiveram atrás da CMTV durante todo o tempo em que foram transmitidos.

A TVI foi também afetada por este crescimento. Goucha (3,4% / 13,8%) foi vice-líder de audiências, mas esteve durante vários momentos atrás do Notícias CM. Esse mesmo bloco informativo, esteve também à frente do Cristina ComVida (3,8% / 11,3%) durante cerca de 30 minutos.

Nas contas totais do dia, a SIC foi líder ao marcar 20,8% de share. 3,9 pontos percentuais atrás ficou a TVI que, mesmo com um jogo do Euro, não saiu do segundo lugar (16,9%). Longe da luta das privadas, a RTP1 marcou 10,7% de quota de mercado diária, vendo não muito longe a CMTV (10%).