THE CONJURING: THE DEVIL MADE ME DO IT
Fotografia: TM & © 2021 Warner Bros. Entertainment Inc. All rights reserved.

‘The Conjuring – A Obra do Diabo’ volta a liderar o box-office português

A semana é diferente mas o líder do box-office português voltou a ser o mesmo. O terceiro capítulo da saga de terror The Conjuring voltou a liderar o top de bilheteria nacional, ainda que não tenha chegado sequer perto dos números que conseguiu obter na semana passada. De 10 a 16 de junho passaram cerca de 72 mil pessoas pelos cinemas portugueses, contrastando com os 91 mil registados na semana passada. 

A história de Ed e Lorraine Warren, dois investigadores paranormais que se tornaram famosos pela sua participação no primeiro caso na história dos Estados Unidos onde um suspeito de um homicídio brutal se declara possuído por um demónio, foi vista por mais 19 mil pessoas, acabando-se por se tornar no segundo filme mais visto em Portugal no presente ano. O primeiro lugar desta lista continua a pertencer ao vencedor do Óscar de Melhor Filme, Nomadland. 

Os números totais da semana, ainda que animadores, viram uma diminuição assinalável comparativamente à semana passada, com menos 19 mil espectadores nas salas de cinema. De salientar que foi neste período que estreou The Conjuring – A Obra do Diabo, um grande impulsionador de espectadores nessa mesma semana.

Várias estreias de renome 

O novo filme do realizador Dominic Cooke e do ator Benedict Cumberbatch, O Espião Inglês, um thriller cheio de paranoia, foi uma das sensações de semana, contabilizando cerca de 4 mil espectadores, tornando-se no quinto filme mais visto da semana em Portugal, logo atrás do anime Demon Slayer, outra das estreias da semana, que contabilizou quase 7 mil espectadores. 

Igualmente em estreia tivemos o musical In The Heights, um projeto que tem estado nas bocas do mundo mas que em Portugal acabou por ter resultados modestos, com pouco mais de 2 mil espectadores nas 50 salas de cinema onde foi exibido. Segue a tendência que se tem reparado de forma internacional, com o filme a ser muito mais visto na plataforma de streaming da HBO (que ainda não está disponível em Portugal) do que em salas de cinema. 

De registar ainda a presença de Nomadland no ranking nacional, tal como vem acontecido há cerca de dois meses. Apesar de apenas 608 pessoas terem assistido ao filme de Chloé Zhao nos últimos dias, o drama americano vai seguindo em primeiro lugar nos registos do box-office de 2021 de forma isolada, tendo registado cerca de 55 mil espectadores até ao momento.

Cinema para todos os gostos em estreia na próxima semana

A nova semana é marcada por várias estreias de renome. No dia 17 teremos a chegada de O Guarda-Costas e a Mulher do Assassino, um sucesso de box-office de 2017, O Guarda Costas e o Assassino, uma comédia divertida protagonizada por Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson. De salientar ainda a estreia de Luca, o novo filme da Pixar, que chega aos nossos cinemas e ao serviço de streaming da Disney+ no dia 18. Para além disto, serão várias as exibições de filmes antigos em cinemas espalhados por todo o país, tal como o clássico italiano Os Ladrões de Bicicletas e O Milagre de Milão.