euro 2020
Foto: Diogo Pinto/FPF

Euro 2020. Estreia de Portugal dá liderança esmagadora à SIC

Portugal entrou a ganhar no Euro 2020 esta terça-feira (15), com uma vitória por 3-0 frente à Hungria. A estreia da seleção nacional foi transmitida pela SIC e, sem surpresa, teve uma audiência esmagadora. A estação de Paço de Arcos teve o melhor resultado diário desde 2014 e abriu uma vantagem de quase 17 pontos face à TVI.

O Hungria x Portugal foi para o ar às 16h46 e reuniu uma média de 2 milhões e 298 mil espectadores. Com 24,3% de rating, o primeiro jogo de Portugal no UEFA Euro 2020 conseguiu um share de 67,8%, o que significa que mais de dois terços dos espectadores que viam televisão àquela hora estavam sintonizados na SIC. Às 18h49, nos instantes finais do jogo, a SIC atingiu um pico de 33,2% de audiência e 74,7% de share.

No entanto, o Hungria x Portugal não foi o programa mais visto do ano até à data, o que se explica pelo horário do jogo. A final da Taça de Portugal entre o SC Braga e o Benfica, no passado dia 23 de maio, e o Juventus x FC Porto de 9 de março ocupam os dois primeiros lugar do top anual, com 25,2% e 24,7% de audiência respetivamente. No entanto, o Hungria x Portugal teve o maior share do ano, muito acima dos 45,3% registados pelo final da Taça de Portugal.

Os outros canais caíram para valores residuais enquanto o jogo esteve no ar, algo habitual neste tipo de transmissões. A TVI registou uma média de 1,9% de audiência e 5,2% de share no confronto com o jogo, com parte de Goucha (2,4% / 8,4%) e Ver p’ra Crer (1,6% / 3,8%). A RTP1, que exibia A Nossa Tarde (1,5% / 6,6%) e Portugal em Direto (1,6% / 4,1%), não foi além de uma média de 1,3% de audiência e 3,7% de share.

Nos totais diários a SIC subiu aos 31,5% de share, o seu melhor resultado nos últimos sete anos, batido pelo dia da final da Liga Europa em 2014, a 14 de maio entre Benfica e Sevilha. O canal de Paço de Arcos conseguiu assim mais do dobro da TVI, que registou 14,6%. A RTP1 caiu abaixo dos dois dígitos, ficando-se pelos 9,9% de share.

Foto: SIC/Instagram

SIC líder antes e depois do jogo

Em antecipação ao Hungria x Portugal, a SIC dedicou o daytime à seleção nacional com edições especiais de vários programas, conseguindo uma liderança ininterrupta a partir das 9h30 e que se estendeu até à noite.

Depois de a edição especial do Alô Portugal (1,4% / 15,1%) ter liderado na última meia hora, o Casa Feliz – Especial subiu aos 4,3% de audiência e teve um share recorde de 26,8%, deixando Dois às 10 (2,9% / 18,5%) e Praça da Alegria (2,1% / 13%) a grande distância.

O Primeiro Jornal (7,8% / 31,9%) reforçou a sua liderança e levou o Jornal da Uma (4,2% / 16,8%) à sua pior audiência do ano. O Jornal da Tarde (4,5% / 17,3%) superou a TVI e subiu ao segundo lugar entre os noticiários da hora do almoço.

À tarde, o especial Portugal Joga na SIC (5,3% / 26,1%) também não deu hipóteses à concorrência. Com apresentação de Ricardo Pereira e Ana Patrícia Carvalho, a antevisão do jogo foi vista por 499 mil espectadores, conseguindo perto do dobro da audiência de A Única Mulher (2,7% / 13,9%).

Já depois do jogo, a edição especial de Cristina ComVida no exterior não escapou à razia e teve o seu pior share de sempre. O programa, dedicado à seleção, ficou-se pelos 431 mil espectadores (4,6% / 10,6%). A SIC apostou num Especial UEFA Euro 2020 (14% / 33%) para o pós-jogo e liderou confortavelmente a faixa, deixando O Preço Certo (7,3% / 16,8%) distante.

Foto: SIC/Divulgação

Amor Amor deixa Festa é Festa ainda mais distante

O jogo da seleção no Euro 2020 acabou por ter um efeito positivo em toda a programação da SIC, o que também se refletiu nas audiências do horário nobre. O Jornal da Noite subiu aos 13,9% de audiência e 27,4% de share, reforçando a sua vantagem sobre o Jornal das 8 (8,7% / 17,1%) e o Telejornal (7,5% / 14,9%).

Seguiu-se Amor Amor, que foi o segundo programa mais visto do dia, apenas atrás do Hungria x Portugal. A novela da SIC conseguiu uma média de 1 milhão e 344 mil espectadores, correspondentes a 14,2% de audiência e 28% de share. É o segundo melhor share de Amor Amor, igualando o registo da terça-feira anterior (8) e apenas atrás dos 28,2% registados a a 11 de janeiro.

Amor Amor conseguiu uma vantagem pouco comum face a Festa é Festa. A novela protagonizada por Pedro Teixeira reuniu uma média de 1 milhão e 117 mil espectadores (11,8% / 22,8%), menos 227 mil que a novela da SIC.

No resto do horário nobre, A Serra (10,8% / 27%) manteve a liderança contra Bem me Quer (10,3% / 23,3%) e Amar Demais (7,5% / 22,6%). Quem Quer Namorar com a Agricultora (7,7% / 24,3%) e Tempo de Amar (5,5% / 23,5%) também foram líderes no seu horário.

Outros destaques do dia
  • A CMTV manteve-se líder no cabo, com uma queda ligeira para os 3,9% de share. A SIC Notícias subiu para os 2,4% de share e foi líder entre os informativos, superando a RTP3 (1,7%) e a TVI24 (1,5%). O Especial Euro 2020, transmitido após o fim do jogo, foi visto por 158 mil espectadores (1,7% / 3,6%) e chegou a ultrapassar a TVI, com um pico de 3,3% de audiência às 18h59.
  • A TVI foi líder no late night, com Mulheres (3,5% / 19,2%), Diário do Euro (1,7% / 17,1%) e Chicago Fire (1% / 12,5%) a vencerem a reposição de Quem Quer Namorar com o Agricultor? (3,6% / 20,5%), Golpe de Sorte: Edição Especial (1,1% / 10,9%) e Passadeira Vermelha (0,6% / 8,5%)
Dados de audiência Total Dia (Live+VOSDAL) da responsabilidade da GfK/CAEM.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.