Audiências Euro 2020
Fotografia: Instagram / Euro2020

Euro 2020. TVI lidera audiências pelo segundo dia consecutivo

Este sábado (12), a TVI voltou a ser o canal mais visto em Portugal. A estação de Queluz liderou as audiências pelo segundo dia consecutivo, resultado que foi impulsionado pela transmissão de um jogo relativo ao Euro 2020 e por um especial informação dedicado a Christian Eriksen, que caiu em campo durante essa mesma partida.

O encontro entre Dinamarca e Finlândia arrancou às 17h, mas na TVI a emissão começou às 16h45. Os minutos antes da partida e a primeira parte do jogo ocuparam um total de 78 minutos devido à emergência médica que ocorreu. Ao longo desse período a Quatro foi líder com uma média de 669 mil espectadores fidelizados, o equivalente a 7,1% de audiência média e 23% de quota de mercado. Às 17h45, momento em que o jogador caiu, a TVI atingiu um pico de audiência com 11,1% de rating e 32,5% de share.

Com o jogo interrompido, o canal dirigido por Nuno Santos colocou no ar um Especial Informação (8,2% / 24,2%) dedicado àquilo que tinha acontecido no jogo. O bloco informativo foi um simultâneo TVI e TVI24 e conseguiu distanciar-se de toda a concorrência. Nesta altura a SIC era segunda e, às 18h33, com a SIC em intervalo, a TVI registava 8,8% de audiência média e 25,5% de quota de mercado, face aos 3,5% / 10,1% da vice-líder.

Às 19h24 a TVI retomou a transmissão do encontro a contar para a fase de grupos. O regresso da emissão conservou o primeiro lugar para Queluz. O segundo bloco do jogo fez 10,1% de rating e 24,2% de share, sendo então acompanhado, em média, por mais de 952 mil espectadores.

A tarde da SIC foi preenchida pelo Alô Marco Paulo (4,8% / 14,7%) que só esteve em primeiro lugar durante os minutos iniciais, quando estava a enfrentar o Em Família (4,6% / 15,3%). No entanto, o formato apresentado por Maria Cerqueira Gomes e Ruben Rua recuperou a dianteira para a TVI que só a deixou escapar perto das 20h25. Na RTP1, o Aqui Portugal (2,2% / 4,5%) foi terceiro.

Mal terminou o Dinamarca – Finlândia, todos os lugares do pódio na luta das audiências sofreram alterações. A TVI caiu para terceiro com o Jornal das 8 (9,1% / 19,1%), a SIC subiu à liderança com o Jornal da Noite (10,3% / 22,1%) que conseguiu bater o jogo do Euro, durante mais de 40 minutos, que se realizava à mesma hora na RTP1, que vice-liderava.

Entre as 19h49 e até bem perto das 22h o canal público transmitiu o Bélgica – Rússia (9,1% / 19,8%). A partida passou por todos os lugares do pódio e só conseguiu vencer toda a concorrência durante a última meia hora do Jornal da Noite. Assim que terminou o Euro 2020 na RTP1, a liderança das audiências voltou à Três.

Lê também: Euro 2020. O Guia TV para não perderes nenhum jogo

César Mourão regressa na liderança

Terra Nossa
Fotografia: Instagram/César Mourão

A SIC fez regressar César Mourão para uma nova temporada do Terra Nossa. O programa de estreia desta nova leva de episódios foi dedicado a João Moutinho e garantiu a liderança das audiências. Em média, um milhão e 27 mil espectadores acompanharam a noite de humor da estação de Paço de Arcos. Transmitido a partir das 21h49 (imediatamente após o Bélgica – Rússia), a estreia marcou 10,8% de rating e 23,8% de share – um máximo de quota de mercado para episódios inéditos.

À mesma hora a vice-líder era a TVI com o um bloco síntese (9,8% / 20,4%) de Bem Me Quer, o capítulo do dia da novela e os instantes iniciais de Mental Samurai. O episódio da história de Maria Rita esteve muito perto da dianteira e conseguiu mesmo roubar o primeiro lugar a César Mourão durante alguns instantes. Em média, mais de 968 mil espectadores acompanharam a trama, o equivalente a 10,2% de audiência média e 22,3% de share.

Em terceiro lugar na faixa da 22h ficou a RTP1 com a exibição do segundo episódio do Programa Cautelar (4,8% / 10,4%). O novo formato do canal público apresentado por Filomena Cautela foi visto, em média, por 458 mil e 200 espectadores, ficando muito longe da concorrência das privadas.

Nas contas finais, a TVI saiu vencedora no total do dia ao marcar 17,9% de share. A SIC ocupou o segundo lugar, mas ficou apenas a uma décima da dianteira, com 17,8% de share diário. O canal público, mesmo com um jogo do Euro, não conseguiu superar a sua média atual (11,3%) e alcançou uns modestos 11% de quota de mercado diária.

Outros destaques:

  • Quem Quer Namorar com o Agricultor? – A Semana (4,4% / 17,3%) foi líder frente ao Mental Samurai (5,8% / 17,3%). O concurso apresentado por Pedro Teixeira fechou atrás do reality, mas teve vários momentos de liderança. Depois, na TVI, Mulheres (3,2% / 15,6%) dividiu a liderança com o programa de Andreia Rodrigues. Em média, a novela em reposição na Quatro liderou o horário. Os ‘agricultores’ enfrentaram ainda o Diário do Euro (1,8% / 12,1%) e lideraram;
  • Ao início da tarde o Alta Definição (8,9% / 26,1%) recebeu Isabel Silva e foi líder de audiências. Depois do fim do programa de Daniel Oliveira, a TVI saltou para o primeiro lugar com o Conta-me (6,1% / 18,9%) que recebeu Rosinha e liderou frente ao E-Especial (5,7% / 17,9%)
  • O Estamos em Casa (2,3% / 14,3%) desta semana foi apresentado por Andreia Rodrigues que só conseguiu o primeiro lugar depois das 9h50. Até às 12h a TVI vice liderou com o Inspetor Max (2% / 12,3%) e o Querido, Mudei a Casa! (2,8% / 13,6%). A RTP1 foi terceira com Extinções (1,4% / 8,9%) e parte do Aqui Portugal (2,6% / 11,1%);
  • Às 12h, O Nosso Mundo (6,6% / 23,4%) continua imbatível. VivaVida (4,4% / 15,4%) ficou na segunda posição à frente do Aqui Portugal.