Júlia Pinheiro distanciou-se de Goucha.
Instagram

Audiências. Júlia bate máximo de share com entrevista a Olga Cardoso

O programa Júlia desta segunda (7) registou o share mais elevado de 2021, numa edição que foi líder do início ao fim e que contou com uma grande entrevista à antiga locutora e apresentadora de televisão Olga Cardoso, agora com 87 anos de idade.

O formato apresentado por Júlia Pinheiro marcou 4,6% de audiência média e 22% de share, batendo o concorrente Goucha por uma margem superior a sete pontos percentuais. Manuel Luís chegou a 3,1% de audiência média e 14,8% de share, chegando a estar a mais de 10 pontos de diferença nos momentos finais da conversa entre as duas comunicadoras, que chegaram a trabalhar juntas na Rádio Renascença.

Olga Cardoso, atualmente reformada, foi rosto de um dos mais longevos programas da rádio portuguesa, o Despertar, e teve também uma experiência televisiva no concurso Amiga Olga, transmitido pela TVI em 1993.

A liderança de Júlia juntou-se a mais um dia de triunfos para o canal de Paço de Arcos. A SIC liderou com 22,1% de share, batendo por quase cinco pontos percentuais a TVI, que ficou com 17,4%. A RTP1 chegou a 12,8% de quota de mercado.

Lê também: 25.ª edição dos ‘Globos de Ouro’ acontece em outubro

Outros destaques

  • O programa Primeira Pessoa entrevistou Teresa Ricou, artista portuguesa ligada às artes circenses e reconhecida como fundadora do Chapitô, em Lisboa, e registou o melhor share do ano: 12,6%, com uma audiência média de 6,3%. Em sequência, Joker (5,9% / 11,6%) obteve o maior número de espectadores de 2021.
  • Casa Feliz (4,1% / 25,7%) teve o terceiro melhor share do ano e uma vantagem superior a seis pontos percentuais sobre Dois às 10 (3,1% / 19,3%). Praça da Alegria (1,7% / 11,1%) nunca se aproximou.
  • Linha Aberta (4,4% / 22,1%) voltou a distanciar-se da concorrente A Única Mulher (3,4% / 16,9%). Na RTP1, Os Nossos Dias (2,4% / 11%) abriu a tarde com resultados que A Nossa Tarde (1,8% / 9,2%) não foi capaz de manter.
  • Ao final da tarde, Quem Quer Namorar com o Agricultor? (7,6% / 21,5%) teve a pior audiência desde que estreou e viu O Preço Certo (7,4% / 21%) aproximar-se, perdendo a vantagem antes conseguida por Viver a Vida (6,4% / 23,5%) e Orgulho e Paixão (5,9% / 20,6%). Na TVI, Ver p’ra Crer (3,5% / 12,5%) e Cristina ComVida (5,1% / 14,7%) mantêm-se distantes.
  • Amor Amor (13,2% / 25,9%) chegou-se à frente no renhido duelo com Festa é Festa (12,9% / 25,1%). A Serra (10,5% / 26%) continua próxima de Bem Me Quer (10,4% / 23,8%) e Amar Demais (7,5% / 22%) liderou frente a Quem Quer Namorar com a Agricultora? (7,2% / 22,1%) e Tempo de Amar (4,8% / 20,3%), sendo que ambos os programas registaram a pior audiência do ano.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
euro 2020
‘Força Portugal’. RTP dedica o daytime à Seleção Nacional