Seleção portuguesa empatou frente a Espanha mas liderou audiências
Fotografia: FPF

Seleção lidera na RTP, novelas brasileiras batem mínimo na SIC

O jogo particular entre a seleção portuguesa e a espanhola foi o programa mais visto do dia (4). A partida com carácter amigável foi acompanhada em média por 1 milhão e 308 telespectadores, registando 13,8% de audiência média e 37% de quota de mercado.

Este resultado permitiu à RTP1, pelo segundo dia consecutivo, um resultado acima da sua média anual. Quem também beneficiou foi o Telejornal (10,2% / 21,8%), que teve a melhor marca do ano em share. Embalado pela Seleção, o informativo liderou as audiências, tendo sido visto por aproximadamente 961 mil telespectadores. 

Na SIC, as telenovelas brasileiras Viver a Vida (5,7 / 20,2%) e Orgulho & Paixão (5,5% / 17,1%) tiveram o seu pior resultado em rating e a segunda em share. O diário de Quem Quer Namorar Com O Agricultor também não aguentou o embate com 7,6% de audiência média e 19,2% de quota de mercado, as marcas de audiências mais baixas desde a estreia.

A competir com os 30 minutos finais da partida da seleção, o Jornal da Noite (9,7%/20,5%) ficou-se pelos 914 mil telespectadores, tendo chegado à liderança perto das 21h10.

Na Quatro, o concurso Ver P’ra Crer (3,1% / 10,4%) teve o seu valor mais baixo de quota de mercado e o Cristina ComVida (4,9% / 12,5%) permaneceu no terceiro lugar. O Jornal das 8 (8,8% / 18,6%) apesar da terceira posição em média, fidelizou aproximadamente 828 mil telespectadores e teve mesmo momentos de liderança. 

Este domingo, é a vez da Seleção de Sub-21 jogar no Canal 1, a partir das 19h52, na final do Campeonato da Europa, que promete voltar a mexer as audiências do dia.

Lê também: ‘Terra Nossa’ ganha edição especial dedicada ao Euro 2020

‘Festa é Festa’ regressa ao primeiro lugar

Mais uma noite e mais uma troca, Festa é Festa (12,5% / 25,3%) superiorizou-se esta sexta-feira (4) a Amor Amor (12,2% / 25%). A telenovela da TVI, reuniu a preferência de aproximadamente 1 milhão 184 mil telespectadores enquanto a da SIC contou com 1 milhão 159 mil. 

A Serra (10,7% / 25,5%) liderou na íntegra contra Bem Me Quer (10,8% / 24,2%) e o início de Amar Demais (7,6% / 21%), que tocou na liderança contra o bloco de Quem Quer Namorar Com A Agricultora (8,1% / 22,3%). 

Tempo de Amar (6% / 21,4%) trouxe de novo a liderança para a SIC, que só viria a perder na emissão noturna do diário de Quem Quer Namorar Com O Agricultor (3,1% / 16,8%), já contra Mulheres (3,7% / 18,4%). 

Nas contas finais do dia, a SIC permaneceu na liderança com 19,5% de share. Na segunda posição ficou a TVI a 2,1 pontos percentuais (17,4%). A RTP1 apesar de ter permanecido na terceira posição ultrapassou os 15% de share (15,3%), um dos valores mais altos do ano para a estação.

Outros destaques: 

  • Mais uma manhã para o Casa Feliz (3,7% / 23%), que continua a sua série de invencibilidade. O matutino da SIC até arrancou no segundo lugar, mas a partir das 10h50 estabeleceu-se no primeiro. Na TVI, o Dois às 10 (3,2% / 19,7%) liderou os primeiros 30 minutos e desceu à segunda posição. Longe das privadas ficou a Praça da Alegria (1,7%/10,5%).
  • O Primeiro Jornal (6,7% / 26,9%) manteve o seu habitual primeiro lugar e voltou a ser o o programa com maior share da SIC, acompanhado por aproximadamente 635 mil telespectadores. Logo atrás, surge o Jornal da Uma (5,4% / 21,6%) que fidelizou 511 mil telespectadores e na terceira posição está o Jornal da Tarde (3,9% / 15,5%), com 372 mil telespectadores. 
  • Quatro mil telespectadores separaram Linha Aberta (3,6% / 18,6%) e A Única Mulher (3,5% / 18,3%) da liderança das audiências durante o início da tarde, com o programa da SIC a conquistar a preferência do público.
  • Júlia (3,4% / 16,5%) levou a melhor sobre Goucha (3,2% / 15,7%). O programa das tardes da estação de Paço de Arcos conseguiu a preferência de 318 mil portugueses contra 302 mil da Quatro.
Dados de audiências da GfK/CAEM para 4 de junho. Valores Live+VOSDAL.
Mais Artigos
O Clube SIC
‘O Clube’ regressa para uma terceira temporada na OPTO