Um Lugar Silencioso
Fotografia: Paramount Pictures

Cinemas a recuperar: ‘Um Lugar Silencioso 2’ tem melhor abertura do ano

Resultados otimistas em semana com mais de 70 mil espectadores

Trata-se do tão ansiado começo da recuperação do cinema. As estreias de Um Lugar Silencioso 2, com a melhor abertura do ano, e de Cruella, a irreverente nova aposta da Disney, deram um novo e importante fôlego às salas nacionais.

Depois de duas semanas mais amenas, com Tom & Jerry e Um Homem Furioso a dominarem respetivamente, as películas exibidas entre os dias 27 de maio e 2 de junho levaram ao cinema mais de 71 mil espectadores. Estes números apenas são superados, por pouco, pela semana de estreia de Godzilla vs. Kong e O Pai, que contavam ainda com a ajuda de Nomadland, o Melhor Filme nos Óscars do ano.

Sequela de um dos “filmes sensação de 2018” com Emily Blunt como protagonista, Um Lugar Silencioso 2 foi “a melhor abertura do ano e o filme mais visto no fim-de-semana de estreia nos cinemas nacionais”, anunciaram os cinemas NOS em comunicado. Foram 15.794 espectadores e 95 mil euros de receita bruta em apenas quatro dias e que, em valores acumulados, chegam aos 20.687 espectadores e mais de 123 mil euros de receita. Num mundo onde o silêncio é sinónimo de sobrevivência, o filme escrito e realizado por John Krasinski surpreendeu também nos Estados Unidos, com cerca de 40 milhões de euros em três dias, um recorde em pandemia.

Também a reinterpretação da vilã de 101 Dálmatas teve valores estimulantes e inclusivamente superiores ao filme mais visto da semana anterior. Reproduzida por Emma Stone, a história de Cruella recolheu a preferência de 12.888 espectadores, o que se traduz em pouco mais de 71 mil euros de receitas. Somente estes dois filmes são responsáveis por mais de metade dos espectadores da semana, deixando um setor particularmente afetado pelo confinamento com perto de 200 mil euros brutos.

Ambas as películas entram diretamente para o top 15 dos filmes mais visto do ano em Portugal. Cruella fica-se pelo 12.º lugar e Um Lugar Silencioso 2 salta diretamente para a 7.ª posição. Nomadland – Sobreviver na América, com Frances Mcdormand, continua destacado no primeiro lugar, com quase dez mil espectadores de diferença para o segundo classificado, Raya e o Último Dragão. Finalmente, O Pai, que valeu a Anthony Hopkins o Óscar de Melhor Ator, fecha o pódio.

Muito suspense e o regresso de Spirit em estreia

A nova semana é marcada pelo regresso de uma das mais vistas sagas de terror dos últimos anos. The Conjuring – The Devil Made do It é o terceiro filme e retrata o caso de um homem que afirma ter cometido homicídio sob possessão do diabo. Algo perto do género, mas com apostas mais relacionadas com a ficção científica e a ação estão Sincrónico e Vingança Letal, respetivamente. Outro dos destaques prende-se com o regresso do conhecido cavalo Spirit ao grande ecrã. Desta feita seguindo a série de 2017 Spirit Riding Free, e não o icónico filme de 2002, Spirit Invencível promete ser um dos favoritos da semana para o público mais jovem.

Mais Artigos
Rui Reininho
À Escuta. Rui Reininho, Cláudia Pascoal e Pongo entre os destaques