SIC vence dia marcado pelo adeus a Maria João Abreu

Esta quinta-feira (13) ficou marcada pelas cerimónias religiosas de 13 de maio, em Fátima e pela morte da atriz Maria João Abreu. Apesar das alterações na grelha de programação, a SIC  manteve a sua liderança.

O terceiro canal acabou o dia com 21,4% de share, deixando a TVI a 2,5 pontos percentuais. A RTP1 permaneceu na terceira posição, com 13,1% de audiência média.

‘Casa Feliz’ perde para as cerimónias religiosas de Fátima

De manhã, o cenário das últimas semanas inverteu-se com a TVI e a RTP1 a superar a SIC. Este resultado acaba por não ser uma surpresa, relembrando que era o único dia do ano em que o extinto Programa da Cristina perdia para a concorrência. 

Segundo dados da GFK/CAEM, aproximadamente 496 mil telespectadores acompanharam a Peregrinação de Aniversário de 13 de maio (5,2%/25,1%), na TVI. O segundo lugar ficou para a RTP1, com a transmissão das Cerimónias de Fátima (4,5%/21,3%) a ser acompanhada por 422 mil espectadores. Já o habitual líder das manhãs, Casa Feliz (3,4%/15,7), num especial dedicado a Amor Amor, não foi além do terceiro lugar.

Júlia derrota Goucha e Cristina 

Com a triste notícia do falecimento de Maria João Abreu, os programas da tarde sofreram alterações. Na SIC, a emissão de Júlia foi em homenagem à atriz. A TVI optou por retirar a Única Mulher do ar e emitiu uma emissão especial de Goucha desde as 15h até às 20h, conduzida pelo próprio e por Cristina Ferreira. Na RTP1, o programa A Nossa Tarde foi dedicado à atriz.

Apesar das alterações, a tarde da SIC permaneceu vitoriosa. Hernâni Carvalho e o seu Linha Aberta (4,2%/7,8%) superaram a concorrência. De seguida, Júlia (5,6%/21,5) liderou e atingiu a melhor quota de mercado do ano.  

A emissão de Goucha-Até Sempre Maria João Abreu! (4,9%/16,4%) teve pequenos momentos de liderança, mas não foi o suficiente para incomodar o terceiro canal. Enquanto a estação pública continou pelo terceiro lugar com A Nossa Tarde (2,2%/9,1%).

Ao final da tarde, a SIC voltou a dar folga a Etâ Mundo Bom!, que se encontra nos últimos episódios e Viver a Vida (9,0%/23,0%), com um episódio especial, manteve-se líder. Na RTP1, O Preço Certo (8,5%/20,2%) aproximou-se, tendo tocado na liderança às 19h50. Já na TVI, sem Cristina ComVida, o cenário permaneceu igual, com a emissão de Goucha dedicada à atriz Maria João Abreu (4,9%/14,8%) a ficar em terceiro lugar.

‘Amor Amor’ continua à frente de ‘Festa é Festa’

No seu 100.º episódio, Amor Amor (14,0%/25,7%) continua na liderança das audiências e esta semana ainda não perdeu. Festa é Festa (13,5%/24,6%) manteve-se na segunda posição. Os minutos finais da entrevista ao Presidente da República, bem como o início do Joker (5,3%/10,6%) deram o terceiro lugar à RTP1.

Embalada por Amor Amor, A Serra (11,7%/25,8%) conseguiu liderar, mas com Bem Me Quer (11,5%/23,5%) muito perto. Amar Demais (8,5%/22,4%) liderou frente aos minutos iniciais de Tempo de Amar (7,0%/21,6%), que regressou à liderança frente a Mulheres (4,1%/18,8%).

Outros destaques:

  • Bom Dia Portugal (1,6%/17,5) liderou até bem perto das 9h30, altura em que a liderança passou para a TVI com a transmissão de Esta Manhã (1,7%/15,1%).
  • À hora de almoço, o Primeiro Jornal (7,9%/26,0%) liderou, tendo o melhor momento perto das 14h20, quando Bento Rodrigues anunciou a morte de Maria João Abreu e recebeu Daniel Oliveira em estúdio. Na segunda posição ficou o Jornal da Uma (6,2%/20,4%) e na terceira o Jornal da Tarde (5,6%/18,0%)
  • Jornal da Noite (15,0% / 29,1%) foi o programa mais visto do dia e atingiu a melhor marca de share do ano. O informativo recebeu em estúdio João Baião, Jorge Corrula e Isabela Valadeiro. Muito distante do primeiro lugar ficou o Jornal das 8 (9,3% / 18,1%). Já na estação pública, o Telejornal (8,9% / 17,1%) não foi além do terceiro lugar, e mesmo a Entrevista a Marcelo Rebelo de Sousa (6,8%/12,5%) não foi suficiente para superar a concorrência.
Mais Artigos
Manuel Melo - Festa é Festa
Manuel Melo: ‘Festa é Festa’ “vem revolucionar o humor que é aceite em Portugal”