The Gift
Fotografia: Hugo Garrido

Fotogaleria. Campo Pequeno recebeu The Gift em noite de Primavera

O Campo Pequeno, em Lisboa, recebeu a banda de Alcobaça na passada sexta-feira.

The Gift atuaram esta sexta-feira (7) no Campo Pequeno, em Lisboa, num concerto inserido no evento Santa Casa Portugal ao Vivo.

‘Vinyl’, ‘Film’, ‘AM-FM’, ‘Explode’, ‘Primavera’ e ‘Altar’ são alguns dos álbuns que marcam o percurso da banda que nasceu em Alcobaça em 1994. ‘Verão’ é o mais recente disco dos The Gift e o espetáculo de sexta-feira contou com alguns temas deste novo trabalho discográfico. ‘Fácil de Entender’, ‘Primavera’, ‘Cabin’ e ‘Music’ também fizeram parte do alinhamento do concerto.

Depois de três meses sem eventos culturais, devido à pandemia, os espetáculos voltam a realizar-se ao vivo e Nuno Gonçalves, compositor e pianista da banda, mostrou-se feliz por poder voltar a pisar os palcos. Em declarações à SAPO Mag, o músico salientou a importância da adesão do público. “Estamos contentes pelas pessoas estarem a reagir a este regresso dos The Gift aos palcos, por perceberem que a cultura é segura”. “No fim deste tempo todo, percebemos que as pessoas estão ávidas para nos ver ao vivo, e isso é sempre bom para uma banda que nunca se divorciou do público”, acrescenta.

A banda aproveitou o período sem concertos para criar uma aplicação – REV –, uma forma de manterem o contacto com o público. Documentários, entrevistas, versões de músicas e entrevistas de Sónia Tavares, programas de rádio, um track by track dos The Gift em estúdio, com a explicação das gravações, e ainda espetáculos ao vivo na Union Chapel, na Aula Magna ou nos Coliseus são alguns dos conteúdos presentes nesta plataforma digital.

Lê também: Fotogaleria: Samuel Úria no Teatro Maria Matos

A banda, que celebra 27 anos de existência, está de regresso aos palcos e o próximo concerto será já na sexta-feira, 14 de maio, no Fórum Braga.

O Campo Pequeno receberá, até ao final do mês de maio, outros nomes da música portuguesa, como Linda Martini (21), Diogo Piçarra (22), António Zambujo (28) e D.A.M.A. (29).

 

Mais Artigos
refugiados reuters
Dia Mundial do Refugiado. “O sentimento de segurança é muito mais amplo do que a ausência de conflito”