Audiências
Fotografia: Instagram / SL Benfica

Audiências. CMTV com Benfica x Porto finta generalistas e lidera

Esta quinta-feira (7), a CMTV foi o grande destaque do dia. O canal do grupo Cofina, com o acompanhamento do clássico SL Benfica x FC Porto, conseguiu fintar a concorrência, ultrapassar os canais generalistas e chegar à liderança das audiências.

A partida a contar para o Campeonato Nacional só começou às 18h30, mas a CMTV deu início à emissão especial uns minutos mais cedo. O programa Golos (5% / 12,3%) arrancou às 18h23 e prolongou-se até ás 20h18. O formato de acompanhamento de jogos futebolísticos marcou o melhor valor de audiência média e também o melhor share.

O programa da CMTV começou atrás das generalistas, mas a partir das 18h40 começou a subir gradualmente. Desde essa hora e até bem perto das 20h30, a TVI esteve sempre atrás do canal por cabo, em quarto lugar. Durante este período esteve no ar o fim de Goucha e a totalidade do Cristina ComVida (5% / 11,6%). O programa de Cristina Ferreira bateu novos mínimos de rating e de share. Também o Jornal das 8 saiu penalizado. O informativo da Quatro só chegou à vice-liderança depois das 20h30.

A estação pública passou também alguns momentos atrás da CMTV. Até às 19h, a RTP1 com os instantes finais do Portugal em Direto conseguiu estar à frente da TVI, mas atrás do canal pago. Depois, O Preço Certo (6,2% / 14,7%) e o Direito de Antena (6,2% / 13,3%) conseguiram garantir a vice-liderança das audiências, atrás apenas da SIC. Tanto o programa de Fernando Mendes como o Direito de Antena bateram mínimos de audiência média e de quota de mercado.

Frente a Golos, a SIC foi líder de audiências, com as novelas Viver a Vida (7,2% / 19%) e Êta Mundo Bom! (10,6% / 23,1%) a segurarem a dianteira. Os minutos iniciais do Jornal da Noite também garantiram o primeiro lugar para a estação de Paço de Arcos.

Se até aqui a CMTV marcava resultados nada habituais, o canal conseguiu mesmo chegar à liderança das audiências com a transmissão do Duelo Final (9,5% / 19%). O programa com a duração de nove minutos acompanhou os instantes finais do Clássico e conseguiu ultrapassar toda a concorrência. Em média, mais de 900 mil espectadores viram o Duelo Final. Durante a emissão do formato, a estação do grupo Cofina, às 20h27, conseguiu um pico de audiência média de 11,1% e atingiu 21,4% de share. Esta liderança impulsionou o CM Jornal 20h (5% / 9,2%), que aproveitou o lead-in e bateu recordes positivos de rating e de share.

O partida que opôs o Benfica ao Futebol Clube do Porto foi transmitida na BTV. Em média, entre as 18h23 e as 20h28, a estação conseguiu marcar 3,7% de audiência média e 9,1% de quota de mercado. O canal do Benfica fechou o dia com um share diário de 2%.

Nas contas finais do dia, a CMTV fechou com 7% de quota de mercado, um valor muito acima da média do canal, atualmente nos 4,2%. O valor diário atingido pelo canal pago é uma décima inferior ao melhor resultado de sempre (7,1% no dia 6 de dezembro de 2020). A SIC foi líder destacada ao conseguir marcar 21% de share diário, à frente dos 16,8% da TVI e dos 10,7% da RTP1. A Três foi a única estação generalista a alcançar um resultado superior à média atual do canal.

Festa é Festa mantém a preferência dos espectadores

festa é festa ana guiomar
Foto: TVI

Festa é Festa (13,9% / 25,1%) foi o programa mais visto do dia. Em média, mais de um milhão e 317 mil espectadores acompanharam os habitantes da aldeia da Bela Vida. A nova novela da TVI liderou as audiências, mas não viu a concorrência a uma grande distância. Amor Amor (13,1% / 23,8%) foi segunda, no entanto, chegou ao primeiro lugar quando Festa é Festa terminou.

Depois da trama protagonizada por Ricardo Pereira e Joana Santos, foi para o ar, na SIC, A Serra (11,9% / 26,8%). A segunda novela das noites da Três conseguiu bater Bem Me Quer (11,4% / 23,8%). Apesar de ter fechado atrás da concorrência, a história de Maria Rita conseguiu tocar na liderança durante vários instantes.

Na TVI, Amar Demais (8,4% / 23,2%) começou na vice-liderança, atrás dos minutos finais de A Serra, mas subiu ao primeiro lugar frente a Tempo de Amar (6,3% / 21,5%). A novela brasileira ocupou a dianteira quando na TVI começou Mulheres (3,6% / 18,7%). Com o fim de Tempo de Amar, a trama em reposição ao fim da noite na estação de Queluz subiu à liderança e bateu muito confortavelmente o Passadeira Vermelha (1,8% / 13,1%).

Outros destaques:

  • Casa Feliz (3,8% / 23,5%) manteve a já habitual liderança das audiências. Atrás ficou o Dois às 10 (3,4% / 20,5%). O programa de Cláudio Ramos e de Maria Botelho Moniz foi líder até bem perto das 11h30, mas o matutino da SIC destacou-se a partir dessa altura;
  • O Primeiro Jornal (7,6% / 28,5%) mantém-se imbatível. Em segundo lugar ficou o Jornal da Uma (4,8% / 18,1%) e em terceiro o Jornal da Tarde (4,8% / 17,5%);
  • Ao início da tarde, o Linha Aberta (3,5% / 18,9%) liderou frente à novela da TVI. A Única Mulher (3,3% / 17,8%) foi vice-líder, não muito longe da dianteira;
  • Depois de, na quarta-feira, ter conseguido uma vitória folgada, Goucha caiu e viu Júlia longe. Esta quinta-feira, Júlia (4,8% / 21,2%) foi líder do princípio ao fim do programa e marcou a melhor quota de mercado do ano. Enquanto defrontou Júlia Pinheiro, Goucha, que terminou com uma média geral de 3,4% de audiência média e 13,7% de share, marcou 3,3% de rating e 14,7% de share;
  • A abrir o horário nobre, o Jornal da Noite (11,4% / 21,9%) liderou e foi o único informativo a superar a fasquia do milhão de espectadores. Na TVI, o Jornal das 8 (8,6% / 16,3%) começou atrás de RTP1, SIC e CMTV, mas conseguiu fechar a emissão no segundo lugar, em média. A RTP1 com o Telejornal (6,6% / 13,1%) esteve também atrás da CMTV.
Dados de audiência da GfK/CAEM.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
euro 2020
Euro 2020. Estreia de Portugal dá liderança esmagadora à SIC