Conceição Queiroz é insultada em direto
Fotografia: Reprodução/TVI24

Jornalista Conceição Queiroz é alvo de insultos racistas em direto na TVI24

A jornalista Conceição Queiroz foi insultada por uma transeunte, esta segunda-feira (3), em direto na TVI24. A emissão, a partir da Baixa de Lisboa, teve de ser interrompida abruptamente.

Durante a emissão de início de tarde do programa informativo Jornal 24, a pivô Rita Rodrigues entrou em direto com alguns jornalistas que se encontravam espalhados por vários pontos do país. O objetivo era o de reportar, em direto, o primeiro dia útil da semana sem a vigência de um Estado de Emergência em alguns meses. Depois de uma ligação à vila de Resende, que recuou na última fase de desconfinamento devido a 17 casos ativos de Covid-19, coube a Conceição Queiroz relatar o ambiente vivido na capital.

Lê também: Porque todos temos de ver ‘Uma Miúda Com Potencial’

A jornalista começou por contextualizar o telespectador relativamente ao movimento da Rua do Carmo, para de seguida entrevistar um conjunto de luso-descendentes naturais de França. Terminado o diálogo, Conceição Queiroz dirige-se a um homem que se mostra algo angustiado com o desconfinamento, afirmando com segurança que “isto é uma mentira”, acrescentando posteriormente alguns impropérios. É a partir daqui que surge uma outra transeunte, que se aproxima do microfone e, ao ser interpelada, diz que o “desconfinamento tem a ver com cada cabeça, sua sentença”.

A jornalista agradece o contributo e parte para outra transeunte. No entanto, a mulher que acabara de entrevistar começa a aproximar-se da câmara, falando com o repórter de imagem, e continua a seguir Conceição Queiroz. Depois de perceber que não seria interpelada novamente, a mulher afirma que a jornalista “devia ir para outro trabalho, para as obras”, entre outras ofensas como “é muita raça” e “você não tem jeito para isto, nasceu para outra coisa”.

“Tive sangue frio. Admito”

O vídeo que relata a situação foi partilhado nas redes sociais pela página Eu nas Minhas Filosofias, que se foca nos problemas sentidos pela comunidade negra em Portugal e no mundo, e conta com mais de 77 mil visualizações. No texto que acompanha a publicação, a página destaca que Conceição Queiroz, “uma voz ativa na luta contra o racismo em Portugal, tem sido alvo de constantes ameaças e insultos”.

Na caixa de comentários, a própria jornalista fez questão de abordar o tema. “Levou-me ao limite! Felizmente está registado… para os que dizem que exageramos quando explicamos que todos os dias enfrentamos gente maluca e histórias desprezíveis”. Conceição Queiroz continua e garante: “Tive sangue frio. Admito”, agradecendo “a todos pela força”.

Em junho de 2020, num podcast especial do Espalha-Factos centrado nas temáticas do racismo e da representatividade racial, Conceição Queiroz e Guilherme de Sousa, jornalista da TSF, falaram acerca das suas experiências pessoais e dos desafios que tiveram de enfrentar por causa da sua cor de pele. Na altura, a jornalista da TVI exortou a comunidade negra em Portugal para que se unisse e não se calasse perante as agressões de que é alvo.

Recorda a conversa:

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Imagem promocional de "Star Wars Episode III: Revenge of the Sith"
Podcast. Como se aguentam as prequelas de ‘Star Wars’ em 2021?