Audiências novelas TVI
Fotografias: Instagram

‘Festa é Festa’ puxa novelas e TVI vence horário nobre

Esta quinta-feira (29), as novelas da TVI conseguiram fintar a concorrência e foram líderes de audiências, com Festa é Festa a encabeçar uma noite de liderança da Quatro. Apesar do bom desempenho da TVI em horário nobre, a SIC liderou o dia.

A nova novela da TVI continua sem dar hipóteses à concorrência. Ao quarto episódio, a trama repetiu aquilo que já vem sendo habitual desde a estreia, e foi o programa mais visto do dia. Em média, mais de um milhão e 378 mil espectadores acompanharam os habitantes da aldeia da Bela Vida, o equivalente a 14,6% de rating e a 26,6% de share.

À mesma hora, a SIC emitia o capítulo do dia de Amor Amor (11,9% / 21,9%) que começou dois minutos mais cedo que Festa é Festa, mas nem por isso conseguiu garantir a preferência dos espectadores. A principal aposta da Três ainda se bateu com Bem Me Quer, mas permaneceu no segundo lugar. Esta foi a pior audiência da história protagonizada por Joana Santos e Ricardo Pereira desde o fim de março.

Bem Me Quer (12,2% / 24,8%) aproveitou o lead-in de Festa é Festa e conseguiu manter a estação de Queluz na dianteira, à semelhança do que tinha acontecido na quarta-feira. A novela protagonizada por Kelly Bailey e José Condessa, transmitida a partir das 22h18, conseguiu assegurar uma audiência superior a um milhão e 151 mil espectadores. A história de Maria Rita alcançou a melhor quota de mercado desde a estreia e venceu de forma confortável A Serra (10,2% / 22,9%). A segunda novela das noites da SIC fechou as contas em segundo, mas teve um momento de liderança durante os instantes finais de Bem Me Quer.

Com o melhor share do ano, Amar Demais (9% / 24,2%) manteve o primeiro lugar do lado de Queluz. Protagonizada por Graciano Dias e Ana Varela, a trama fidelizou, ao longo dos 29 minutos de duração, em média, 850 mil espectadores.

‘Tempo de Amar’ não venceu contra repetição

Na SIC, Tempo de Amar (5% / 18,6%) enfrentou os minutos finais de Amar Demais, um intervalo comercial e ainda parte do episódio de Mulheres (3,9% / 19,8%). O produto de ficção da Globo foi vice-líder, com um pequeno momento de liderança já frente a Mulheres. A novela em reposição ao fim da noite na TVI, em média, foi líder de audiências e chegou a deixar o Passadeira Vermelha (1,5% / 11,1%) a mais de 12 pontos percentuais.

O resultado das novelas da TVI ajudou o canal a vencer o horário nobre [20h – 24h]. Neste período, a estação dirigida por Nuno Santos marcou 22,3% de share, ultrapassando a SIC que alcançou 21,7%. A RTP1, nesta faixa, não foi além dos 11%.

Nas contas totais do dia, a SIC permaneceu líder de audiências, ao marcar 20,7% de share diário. Não muito longe da dianteira, a TVI foi segunda com 19,1% de quota de mercado. Longe da luta das privadas, a RTP1 ficou-se pelos 12% de share diário.

Outros destaques:

  • A abrir o horário nobre, a SIC liderou com o Jornal da Noite (12,3% / 23,5%). O informativo da estação de Paço de Arcos, no entanto, viu-se ultrapassado pelo Jornal das 8 (10,7% / 20,4%) durante cinco minutos. Em terceiro no horário, ficou a RTP1 que transmitia o Telejornal (8,9% / 17,2%) e o Linha da Frente (5,7% / 10,3%);
  • De manhã, o Casa Feliz (4% / 23,7%) continua a ser a companhia preferida dos espectadores. Na TVI, o Dois às 10 (3,6% / 21,3%) teve vários momentos de liderança, mas fechou na segunda posição do pódio. A Praça da Alegria (2,3% / 13,9%) manteve o terceiro lugar;
  • Embalado pelo Casa Feliz, o Primeiro Jornal (8,6% / 32,9%) não deu hipóteses à concorrência. Apresentado por João Moleira, o noticiário atingiu às 13h19 um pico de 36,3% de share. Neste período, a TVI foi segunda, com o Jornal da Uma (5,1% / 19,4%) a vencer o Jornal da Tarde (4,2% / 15,6%);
  • Ao início da tarde, o Linha Aberta (4,7% / 23,1%) venceu a novela A Única Mulher (4,2% / 20,8%). As duas apostas concorrentes bateram um recorde positivo de quota de mercado;
  •  Júlia (4,1% / 18,9%) venceu Goucha (4,3% / 18%). Enquanto estiveram no ar em simultâneo, Júlia Pinheiro marcou 4% de audiência média e 18,5% de quota de mercado, frente aos 3,9% / 18,4% de Manuel Luís;
  • Viver a Vida (8,4% / 23,3%) e Êta Mundo Bom! (10,8% / 24,5%) lideraram as audiências confortavelmente ao final da tarde. A história de Candinho, emitida a partir das 19h37 e com um episódio de 20 minutos, foi acompanhada por um milhão e 20 mil espectadores, sendo mais vista que A Serra, transmitida em horário nobre. Na faixa das 19h, o Preço Certo (8,4% / 20,5%) manteve o segundo lugar à frente do Cristina ComVida (6,7% / 16,3%);
  • O 5 Para a Meia-Noite (1,8% / 5,8%) mantém os resultados residuais e, esta quinta-feira, foi ultrapassado durante vários momentos pela CMTV que transmitia o Liga D’Ouro (1,9% / 4,7%). O canal do grupo Cofina fechou o dia com um share diário de 4,9%.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
a teoria do big bang
‘A Teoria do Big Bang’ regressa à televisão portuguesa no FOX Comedy