Quadrilátero Cultural
Conferência de Imprensa - Quadrilátero Cultural 2021 | Fotografia: Hugo Garrido

Quadrilátero Cultural 2021 percorre quatro cidades do país com diferentes “conceitos artísticos”

Braga, Barcelos, Guimarães e Famalicão vão apresentar espetáculos de música, dança e artes circenses

O Quadrilátero Cultural 2021 foi apresentado a 26 de abril, no Theatro Circo. O projeto envolve ações de programação artística e cultural em rede pelos municípios de Braga, Barcelos, Guimarães e Vila Nova de Famalicão.

As quatro cidades envolvidas vão apresentar espetáculos de música, dança e artes circenses que começam já este sábado (1) e vão terminar em setembro.

O Município de Braga apresenta o Ciclo de Piano Contemporâneo que engloba músicos como Júlio Resende, Rui Massena, Dada Garbeck, João Paulo Esteves da Silva e Filipe Raposo.

Instrumentistas de Exceção é apresentado pela Câmara Municipal de Barcelos, com o concerto e a masterclass do guitarrista de jazz Joscho Stephan Trio, de 21 a 24 de agosto, no Theatro Gil Vicente.

O Município de Vila Nova de Famalicão apresenta o Circo Contemporâneo, com o espetáculo Local, do Instituto Nacional de Artes de Circo, cuja premissa é a realização de artes circenses em espaços não convencionais.

A dança contemporânea, com a peça da coreógrafa Vera Mantero, Vaamo share oque shop é Beiro Pateiro, terá lugar em Guimarães, cujo Município é representado pel’A Oficina, o Centro de Artes e Mesteres Tradicionais de Guimarães.

Algumas datas ainda estão por definir e Nuno Cunha, Assessor do Conselho Executivo da Associação Quadrilátero e coordenador do projeto, referiu que, com a pandemia e com as restrições e condicionamentos que acarreta, é necessário que haja alguma “flexibilidade de datas”.

“Dinamizar a cultura e a circulação de espetáculos, dinamizar associações, promover a imagem da região e valorizar o património cultural material e imaterial“ são os principais objetivos do projeto que, além dos espetáculos, engloba atividades de capacitação, envolvimento da comunidade e agentes locais, de contacto com os produtos autóctones e de conhecimento como workshops, chamadas à comunidade e integração de artistas locais nos espetáculos.

O Parque da Ponte e o Theatro Circo, em Braga, a frente ribeirinha, em Barcelos, os tanques de couro, em Guimarães e o Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão são alguns dos locais que vão receber os espetáculos do Quadrilátero Cultural cujo acesso é gratuito.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Imagem promocional de "Star Wars Episode III: Revenge of the Sith"
Podcast. Como se aguentam as prequelas de ‘Star Wars’ em 2021?