Os Doze Jurados
Fotografia: Divulgação

‘Os Doze Jurados’. RTP2 estreia série sobre o “julgamento do milénio”

Um assassinato controverso, 12 jurados, o julgamento do milénio. Esta é a fórmula do thriller belga Os Doze Jurados, a nova série da noite da RTP2 com estreia marcada para esta quarta-feira (28), pelas 22h.

O drama, com dez episódios de 50 minutos, presta menos atenção ao julgamento do crime e foca-se no que acontece entre os 12 membros convocados para o júri de um macabro duplo assassinato. Frie Palmers (Maaike Cafmeyer) é acusada de matar duas pessoas, incluindo a própria filha, Rose; o ex-marido, Stefan Munk (Johan Heldenbergh), está convicto que Frie matou a criança e a melhor amiga, Britt.

O caso assume contornos complicados: Britt já foi namorada de Munk noutros tempos e, na noite da morte de Rose, a sua nova mulher, Margot (Greet Verstraete) e a sua mãe (Jolente De Keersmaeker) eram as únicas pessoas na casa.

De forma a decidir a culpa ou inocência de Frie, os jurados têm de pôr de parte os seus próprios preconceitos para fazer um julgamento justo. Para estes 12, é mais difícil do que parece: as suas vidas agitam-se perante os contornos do caso e cada um dos membros acaba por deixar as suas experiências de vida afetar a visão perante a acusada, de forma consciente ou inconsciente.

Os Doze Jurados
Fotografia: Divulgação

O foco principal está em Delphine Spikers (Maaike Neuville), que, enquanto vive uma situação difícil a nível pessoal, é arrastada para o julgamento. Como acontece com os restantes jurados, o caso começa a misturar-se com as suas vidas pessoais e têm de tentar encontrar formas de evitar inclinações que mudem o seu julgamento.

Apesar de ter estreado em 2019, o desenvolvimento da série iniciou-se ainda em 2015. A história não se baseia em nenhum caso da vida real, mas sim num debate público que aconteceu na Bélgica durante a segunda metade da última década.

“O governo anterior tentou acabar com o sistema de júri em que 12 jurados decidem se o acusado é culpado ou inocente, basicamente por ser demasiado caro… Achamos que seria instigante focar-nos nas pessoas comuns que são sorteadas para este serviço. A maioria dos dramas em tribunal que conhecemos focam-se nos advogados e no réu, mas quisemos realmente ter a perspetiva de pessoas normais”, contaram os criadores e produtores Bert Van Dael e Sanne Nuyens à Variety aquando da estreia da série em Cannes, em 2019.

Os Doze Jurados RTP2
Fotografia: Divulgação

Transmitida originalmente na estação belga em língua neerladesa Eén, a série é realizada por Wouter Bouvijn. O elenco extenso, um dos maiores da televisão na Bélgica, é ainda composto por nomes como Tom Vermeir, Charlotte De Bruyne, Peter Gorissen, Zouzou Ben Chikha, Piet De Praitere, Titus De Voogdt, Mieke De Groote, Lynn Van Royen e Josse De Pauw.

A série estreou em 2020 na Netflix norte-americana e em alguns países europeus. Chega a Portugal pela RTP2, que transmite os dez episódios até dia 7 de maio, pelas 22h.

Mais Artigos
Ellen DeGeneres anuncia fim de programa após 19 temporadas