Casa Feliz dispara para o melhor resultado de sempre.
Instagram

Audiências. ‘Casa Feliz’ dispara para melhor resultado de sempre

Casa Feliz, o programa de Diana Chaves e João Baião nas manhãs da SIC, disparou para o melhor resultado de sempre de quota de mercado. A SIC não fazia um resultado tão alto nas manhãs desde a saída de Cristina Ferreira.

Com 397 mil telespectadores em média, o programa das manhãs da SIC foi líder absoluto nesta segunda-feira (19). Casa Feliz recebeu Pablo Alborán por videochamada e ainda os concorrentes eliminados do último episódio de Hell’s Kitchen deste domingo (18) e os efeitos fizeram-se sentir. A casa de todos registou uma audiência média de 4,2% e uma quota de mercado recorde com 25,6%. No melhor momento, o programa apresentado por Diana Chaves e João Baião chegou aos 9,0% de rating e 35,6% de share, abrindo uma vantagem de mais de 15 pontos percentuais em relação à TVI nos seus minutos finais, um resultado que acabou por impulsionar o Primeiro Jornal a também começar com valores acima dos 35% de quota de mercado.

Esta é o décimo resultado consecutivo em que o programa das manhãs da SIC se mantém acima dos 20% de share, depois de na semana anterior ter conseguido registar o melhor valor de média semanal desde que chegou à antena da SIC a 20 de julho de 2020.

No mesmo horário de Casa Feliz, Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos ficaram a 92 mil telespectadores, uma das maiores diferenças já verificadas no horário da manhã desde a estreia de Dois às 10. O programa das manhãs da TVI conseguiu conquistar a preferência de 305 mil telespectadores, o equivalente a 3,2% de rating e 19,7% de quota de mercado, um resultado dentro da média do programa e com dois momentos de liderança ao longo do episódio.

Na RTP1, Praça da Alegria manteve-se distante e sem força para aguentar a subida da concorrência. O programa de Sónia Araújo e Jorge Gabriel conseguiu cativar 174 mil telespectadores, o que acabou por se converter em 1,8% de rating e 11,7% de share, não se destacando em nenhum momento ao longo da manhã.

Nos totais diários, a SIC escalou a um dos melhores valores dos últimos tempos, ao fechar o dia com 22,4% de share médio. Já a TVI, mais distante, concluiu as contas com 17,8%, um valor também acima da média anual do canal. Nos habituais terceiro e quarto lugar, a RTP1 conseguiu 11,5%, seguida dos 4,0% da CMTV.

Êta Mundo Bom! voltou a registar novo máximo

Êta Mundo Bom! registou um novo máximo.
Globo

A novela em exibição nos finais de tarde da SIC também ascendeu a um novo máximo de quota de mercado. A história de Candinho foi seguida por um milhão e 86 mil telespectadores, registando 11,5% de rating e 25,9% de share, o mais alto desde a estreia da novela. Antes, também Viver a Vida se aproximou de um dos melhores resultados de quota de mercado, a registar 8,2% de audiência média e 23,0% de share.

No mesmo horário, Cristina ComVida continua com a vida dificultada e não foi além de 638 mil telespectadores. O novo programa de Cristina Ferreira registou apenas 6,7% de rating e 16,5% de share, ficando também atrás de O Preço Certo (8,2% / 20,0%). A diferença da nova casa de Cristina para a novela da SIC chegou a ser de quase dez pontos percentuais de quota de mercado.

Outros destaques:

Linha Aberta registou um novo recorde de quota de mercado.
Linha Aberta registou um novo recorde de quota de mercado. (SIC / Reprodução)
  • Primeiro Jornal (8,5% / 31,9%) e Linha Aberta (4,7% / 22,9%) formaram uma dupla imbatível, com este último a registar um novo recorde anual de quota de mercado, num programa dedicado a uma nova versão do crime divulgada por Rosa Grilo. No mesmo horário, a RTP permaneceu abaixo dos 10% de share, com A Única Mulher da TVI a conseguir 4,0% / 19,6%.
  • Amor Amor (13,3% / 25,1%), A Serra (11,7% / 27,7%) e Tempo de Amar (6,5% / 23,4%) conseguiram continuar a vencer as apostas da TVI, Bem Me Quer (11,2% / 21,2%), Amar Demais (8,4% / 21,1%) e Mulheres (3,7% / 18,4%).
  • Manuel Luís Goucha e Júlia Pinheiro empataram nas tardes. O programa da TVI registou 4,0% / 17,1%, contra 3,8% / 18,2% do programa da SIC, com Goucha a conseguir abrir uma vantagem na primeira parte do programa e Júlia a liderar durante a segunda. Contra Viver a Vida, Manuel Luís Goucha não foi além de 14,1% de share.
Já segues o Espalha-Factos no Instagram?
Mais Artigos
Audiências - All Together Now
Audiências. ‘All Together Now’ reconquista liderança com edição ‘Kids’