25 de abril
Fotografias: RTP/Divulgação, D.R.

RTP prepara programação especial para assinalar 47 anos de Revolução dos Cravos

Nos 47 anos do 25 de abril, os canais RTP prepararam uma programação especial para assinalar a Revolução dos Cravos. Entre filmes, concertos e documentários, o marco histórico vai ser assinalado com conteúdos dedicados à celebração de um dos acontecimentos mais determinantes da História do país.

Concertos e filmes na RTP1

Agir – Cantando Abril é o concerto de abertura da programação especial da RTP1, emitido no dia 24 às 22h30. O espetáculo do cantor Agir, gravado no Capitólio, conta com Ana BacalhauCarolina Milhanas e Gaspar Valera na guitarra portuguesa. Durante o espetáculo, os artistas recordaram canções de Zeca Afonso, Fausto, Paulo de Carvalho e Sérgio Godinho, entre outros.

A manhã de 25 de abril abre às 10h com a habitual Sessão Solene comemorativa do aniversário da Revolução, transmitida em direto da Assembleia da República. De tarde, Capitães de Abril, realizado por Maria de Medeiros e em colaboração com atores franceses, volta ao pequeno ecrã às 16h45.

Mais tarde neste dia, às 19h00, Sérgio Godinho ao Vivo no Palácio de S. Bento é transmitido a partir dos jardins da residência oficial do Primeiro-Ministro. A estação fecha o feriado com a estreia da nova edição de Got Talent Portugal, às 21h, seguida das transmissões de acompanhamento à cerimónia dos Óscares 2021.

RTP2 aposta em filmes, uma minissérie e Amália

No segundo canal, a programação começa logo no dia 22, com a estreia do primeiro episódio da minissérie Mulheres na Resistência. A série composta por quatro episódios, transmitidos nos dias 22, 23, 26 e 27, às 20:30h. A série conta as histórias de vida de quatro mulheres que tiveram um papel importante na luta e resistência contra a ditadura fascista em Portugal.

Já a 25 de abril, o primeiro filme a ser transmitido, às 15h, é Todos os Sonhos do Mundo, realizado por Laurence Ferreira Barbosa. A lusodescendente francesa trouxe para o grande e pequeno ecrã a história de uma adolescente, também lusodescendente, com os pais emigrados em França. De tarde, às 17h40, estreia o documentário sobre o cantor brasileiro Chico Buarque, autoria de Miguel Faria Jr. Chico: o Artista Brasileiro conta o percurso do músico e compositor, com depoimentos do próprio.

Saltando dos palcos do teatro para o grande ecrã, O Protagonista estreia às 22h10. Realizado por Marco Medeiros e Sérgio Graciano, é a adaptação da peça de Luís Lobão, que deu nome ao filme. Custódia Gallego, Romeu Vala, Sara Matos e Diogo Martins são alguns dos atores que dão vida à história de um ator figurante que tenta singrar na representação.

Amália
Fotografia: D.R.

Para comemorar o centenário da fadista Amália Rodrigues, a programação da RTP2 termina com Amália – A Voz Maior do que o Fado. O espetáculo é transmitido às 23h25 e conta com artistas como Camané, Ana Quintans e o Quarteto de Cordas.

RTP3 transmite duas entrevistas sobre o Portugal da Liberdade

A 25 de abril, a RTP3 transmite dois episódios da série de entrevistas Os Filhos da Madrugada, projeto conduzido por Anabela Mota Ribeiro. às 13h40, é repetida a entrevista do dia anterior e, pelas 23h30, é emitida a conversa final do programa que se iniciou no primeiro dia do mês.

Nesta série, 25 homens e mulheres, nascidos no período pós-revolucionário, dão o seu testemunho num conjunto de entrevistas. Conhecem-se, assim, os filhos de uma nova era e as suas impressões da realidade política e social do país.

25 de abril
Anabela Mota Ribeiro conduz a série de entrevistas ‘Os Filhos da Madrugada’ | Fotografia: RTP/Divulgação

Documentários na RTP Memória 

A RTP Memória optou pela transmissão de programas com teor mais histórico e documental. Na véspera dos 47 anos da Revolução dos Cravos, Otelo Saraiva de Carvalho, Vítor Alves e Vasco Lourenço juntam-se em Os Homens sem Sono, às 22h. O documentário conta como a revolução foi organizada, desde reuniões a testemunhos na primeira pessoa.

Já a 25 de abril, começa às 14h55h com Cravos de Abril, um documentário de Ricardo Costa e com imagens entre a Revolução de Abril e o Dia do Trabalhador de 1974, os momentos de alegria e euforia que pautarem esses dias. Dois Anos de Revolução, do realizador Francisco Saarsfeld, é transmitido às 15h25. O documentário retrata os dois anos que se passaram entre o 25 de abril e a tomada de posse de Ramalho Eanes, em 1976.

Segue-se, pelas 16h, a Grande Reportagem de Barata Feyo e Miguel Sousa Tavares, dez anos depois da revolução, com testemunhos de Mário Soares, Vasco Gonçalves e Pedro Feytor Pinto. Pelas 18h05, o episódio de Inesquecível, programa de Júlio Isidro, recorda a entrevista de Luís Filipe Costa, a voz dos comunicados do Movimento das Forças Armadas (MFA) na Rádio Clube Português.

A programação do canal da estação pública termina com outras duas apostas: às 19h30 passa A Imagem de Abril, uma ‘memória visual’ das fotografias mais icónicas da revolução, revisitadas pelos seus autores, Alfredo Cunha e Paulo Dentinho; às 23h39, Caminhos da Liberdade, um documentário elaborado com imagens de arquivo que passa em revista os acontecimentos do 25 de abril.

com Tiago Serra Cunha
Mais Artigos
This is Us chegará ao fim na 6ª temporada.
‘This Is Us’ chega ao fim na 6.ª temporada