steven spielberg
Fotografia: D.R.

Steven Spielberg. O que já se sabe sobre o novo filme autobiográfico

O realizador está a preparar uma longa-metragem inspirada na sua infância no Arizona

A agenda de Steven Spielberg nunca esteve vazia, mas revela-se especialmente recheada até 2022. No meio das várias produções em que está envolvido, como a nova versão do clássico West Side Story ou as mais novas adições às sagas Indiana Jones Jurassic Park, destaca-se um filme ainda sem título cujo cariz autobiográfico fez despertar a curiosidade dos espectadores. O argumento foi escrito pelo realizador com a colaboração de Tony Kushner, um habitué do universo cinematográfico de Steven Spielberg.

O mistério continua a pairar no ar, mas pouco a pouco vão sendo revelados detalhes sobre esta obra autobiográfica de Steven Spielberg cuja rodagem está marcada para começar durante o verão deste ano. O Espalha-Factos conta tudo o que já se sabe sobre este filme tão esperado de um dos realizadores mais celebrados do cinema.

Lê também – Catarina Furtado procura histórias inspiradoras em novo programa da RTP

Paul Dano é a mais recente contratação do elenco

Qualidade e bom-gosto são duas características que andam de mãos dadas ao longo da carreira de Steven Spielberg – um filme do realizador tem, na grande maioria das vezes, um elenco irrepreensível. Desta vez, não parece ser diferente. A mais recente integração no elenco da semi-autobiografia é Paul Dano, ator conhecido pelo filme Haverá Sangue, onde contracena com Daniel Day-Lewis, e pelos papéis de Dwayne Hoover, em Uma Família à Beira de Um Ataque de Nervos ou Alex Jones, em RaptadasO ator nova-iorquino vai interpretar a personagem baseada no pai de Spielberg, mas com trejeitos e contornos diferentes, dando assim uma voz ficcionada à figura paternal do realizador.

Paul Dano
Paul Dano | Fonte: IMDB/Alberto E. Rodriguez

A atriz que retratará figura materna do realizador ainda está por escolher, mas Michelle Williams (O Grande Showman, Blue Valentine – Só Tu e Eu) já está fechada para interpretar o papel de barriga de aluguer da mãe de Spielberg. Seth Rogen, conhecido por filmes de comédia como Um Azar do CaraçasUma Entrevista de Loucos, e enquanto dobrador de filmes de animação, encarna a pele do tio preferido de Spielberg.

Uma viagem pela infância do realizador

A lente autobiográfica não é nenhuma novidade no cinema, especialmente quando se trata de realizadores bem estabelecidos. Richard Linklater deu-lhe uso em Boyhood: Momentos de Uma Vida, Manoel de Oliveira fez o mesmo em Porto da Minha Infância. Agora é a vez de Steven Spielberg adaptar esta lente à sua infância num conto de coming-of-age onde acompanharemos anos que foram fundamentais para o desenvolvimento da sua tão extensa obra cinematográfica. Para escrever a história da flor da idade, que terá como pano de fundo as paisagens áridas do Arizona ao longo dos anos 1950 e 1960, o realizador conta com a colaboração de Tony Kushner, presença habitual nos sets do realizador. A produção do filme está a ser trabalhada pela dupla e por Kristie Macosko Krieger.

As gravações ainda não começara, mas as câmaras começarão a rodar no início do verão, e espera-se que em 2022 o filme estará nas salas de cinema internacionais.

Steven spielberg
Steven Spielberg nos bastidores de ET
Mais Artigos
Óscares 2021. Os nomeados a Melhor Ator ‘ao detalhe’