Êta Mundo Bom é uma das novelas de fim de tarde da SIC
'Êta Mundo Bom!' (Foto: Divulgação)

Audiências. ‘Êta Mundo Bom!’ e ‘Viver a Vida’ dominam e levam Cristina a mínimos

A SIC voltou a liderar no final da tarde e conseguiu distanciar-se da TVI na média diária. As novelas Viver a Vida e Êta Mundo Bom! dominaram o acesso ao prime time e bateram novos máximos de share, contra um Preço Certo em perda desde a mudança da hora e com Cristina ComVida a somar mínimos de audiência.

A estação da Impresa subiu aos 21,5% de share nesta terça-feira (6) e registou uma vantagem de quatro pontos face à TVI, que se situou nos 17,5%, enquanto a RTP1 se ficou pelos 11,2%.

Viver a Vida foi vista em média por 682 mil espectadores, correspondentes a 7,2% de audiência e um share recorde de 22,7%, e liderou confortavelmente nas faixas das 18h e das 19h. De seguida, Êta Mundo Bom! manteve a liderança e superou o milhão de espectadores, com 10,7% de audiência e 25,3% de share, a melhor marca da novela em 2021. No seu melhor minuto, a novela de Walcyr Carrasco atingia um pico de 12,2% de audiência e 26,9% de share.

Cristina ComVida continua a perder público e registou um novo mínimo de audiência. Esta terça-feira o programa de Cristina Ferreira não foi além dos 5,9% de rating, correspondentes a 561 mil espectadores, e 15,3% de share. A TVI voltou a ficar em terceiro lugar na faixa das 19 horas, sendo ultrapassada pela RTP1 quando O Preço Certo (6,8% / 17,3%) foi para o ar.

O mau desempenho da TVI ao final da tarde prejudicou o Jornal das 8 (9,3% / 17,9%), que perdeu para a RTP1 no confronto com o Telejornal (9,2% / 18,1%) e ficou a mais de 300 mil espectadores do Jornal da Noite (12,7% / 24,5%).

Amor Amor continua a liderar as noites da televisão portuguesa.
Instagram

Amor Amor continua no topo

O horário nobre também correu de feição à SIC, com as suas três novelas da noite a liderar destacadamente nos seus horários. Amor Amor (14% / 26%) voltou a ser o programa mais visto do dia, com 1 milhão e 325 mil espectadores, vencendo sem dificuldade a novela da TVI Bem me Quer (11,7% / 21,8%).

No horário seguinte a liderança da SIC foi ainda mais evidente, com A Serra (11,6% / 28,1%) a conseguir uma vantagem de oito pontos de share contra Amar Demais (8% / 20,1%). Ao final da noite, Tempo de Amar (5,7% / 22,8%) manteve-se à frente de Mulheres (3,5% / 16,9%). A reposição da TVI só atingiu a liderança quando a produção brasileira saiu do ar, deixando o Passadeira Vermelha (1,5% / 11,5%) muito longe.

Outros destaques do dia
  • O Primeiro Jornal continua a deixar a concorrência a grande distância. Bento Rodrigues foi visto em média por 774 mil espectadores (8,2% / 29,9%), conseguindo uma vantagem de mais de dez pontos de share sobre o Jornal da Uma (5,2% / 19,1%). O Jornal da Tarde (4% / 14,1%) manteve o terceiro lugar.
  • Linha Aberta (4% / 19,1%) e A Única Mulher (4% / 19,3%) estiveram em alta, mas a novela da TVI levou a melhor e registou o seu máximo de share. A vitória foi por margem curta: com 378 mil espectadores, a trama de Maria João Mira teve apenas mais 2 mil espectadores que o programa da SIC.
  • Depois de uma abrir a semana com uma vitória, Dois às 10 (3,6% / 20,9%) perdeu a liderança para o Casa Feliz (3,8% / 22,6%), embora tenha liderado até perto das 11h30.
  • A CMTV registou 4,7% de share nesta terça-feira. O canal da Cofina esteve em destaque durante a tarde, com Notícias CM (1,6% / 7,3%), Rua Segura (1,4% / 6,9%) e Tarde CM (1% / 5,1%). O talk show de Maya, que recebeu a antiga ministra Maria de Belém, registou um novo máximo de share.
  • À noite, Investigação CM (3,3% / 6,3%) aproveitou o intervalo da SIC e da TVI e registou o seu melhor resultado do ano, com 316 mil espectadores.
  • A série de animação japonesa Highschool of the Dead estreou na RTP2 ao final da noite, com 21 mil espectadores (0,2% / 1,1%). O segundo canal teve uma média do dia de 1,2% de share.
Atualizado às 15h47.
Mais Artigos
Marta Massada, professora universitária e médica, será nova comentadora do Trio d'Ataque
‘Trio de Ataque’. Debate futebolístico terá mulher comentadora pela primeira vez