Cristina Comvida bateu um novo recorde negativo.
Instagram

‘Cristina ComVida’ cai para novo mínimo de audiências

O novo programa de Cristina Ferreira ainda não conseguiu mostrar sinais de melhoria. Cristina ComVida voltou a escorregar para um novo recorde negativo de audiências, mantendo-se atrás da SIC e da RTP1.

Após o especial de sábado também não ter conseguido vencer A Bíblia, o começo de uma nova semana na casa de Cristina Ferreira também não mostrou crescimento. O programa foi o preferido de 574 mil telespectadores, o correspondente a 6,1% de audiência média e 14,6% de quota de mercado. O programa não conseguiu fazer frente à concorrência, deixando Êta Mundo Bom! manter-se confortável no seu primeiro lugar, com 9,7% de rating e 22,0% de share. Porém, na RTP1, o caso também não foi muito feliz. O Preço Certo continua numa reta decrescente e voltou a bater recorde negativo de audiência média, refletindo também o decréscimo de consumo provocado pelo desconfinamento e pela chegada da hora de verão. O programa de Fernando Mendes manteve-se à frente de Cristina ComVida, mas por pouco, com apenas 6,6% / 15,7%.

Nos totais diários, a SIC manteve a liderança confortável com 19,8% de share médio, seguida da TVI com 17,3%. A RTP1 manteve o habitual terceiro lugar com 10,9%, com a CMTV também a manter-se no típico quarto lugar com 4,9%. 

Dois às 10 agarra-se à liderança

Dois às 10 agarra-se à liderança.
Instagram

Dois às 10 destacou-se na liderança. O programa de Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz registou o segundo melhor share desde a estreia, que se mantém como o melhor resultado do programa, e conseguiu conquistar a preferência de 450 mil telespectadores, o correspondente a 4,4% de rating e 23,5% de share.

O programa das manhãs da TVI foi líder desde o início até quase ao fim da emissão, altura em que Casa Feliz passou para o primeiro lugar. Nas contas finais, o programa da SIC fechou com 3,6% de audiência média e 19,4% de share, numa distância pouco habitual entre os principais concorrentes. Já a RTP1 e a sua Praça da Alegria mantiveram-se longe com apenas 2,1% / 11,5%.

Outros destaques:

  • O horário nobre da SIC manteve a hegemonia habitual. Amor Amor (13,8% / 25,5%), A Serra (11,2% / 26,4%) e Tempo de Amar (5,4% / 21,1%) formaram um trio imbatível, com Bem Me Quer (11,4% / 21,2%), Amar Demais (7,9% / 19,3%) e Mulheres (3,7% / 17,3%) a não se destacarem.
  • As tardes voltaram a ser da SIC. Após uma derrota da Casa Feliz, o Primeiro Jornal (8,2% / 27,6%) garantiu o primeiro lugar contra o Jornal da Uma (5,8% / 19,5%) e o Jornal da Tarde (4,3% / 14,0%). De seguida, Linha Aberta (3,7% / 16,8%) manteve a liderança contra A Única Mulher (3,1% / 14,1%), numa altura em que a RTP1 já afundava abaixo dos 8% de quota de mercado.
  • Júlia Pinheiro seguiu a tendência e conseguiu vencer Manuel Luís Goucha, com 3,8% / 16,2% contra 3,6% / 13,5% da TVI.Tânia Ribas de Oliveira manteve-se longe com apenas 1,9% / 8,3%.
  • Viver a Vida voltou a dominar o horário. A novela protagonizada por Taís Araújo conseguiu a preferência de 711 mil telespectadores, 7,5% de rating e 21,2% de share. À mesma hora, Goucha ficou-se por resultados na casa dos 13% de share, com a RTP1 a morder-lhe os calcanhares.
Já segues o Espalha-Factos no Instagram?
Mais Artigos
Shameless Temporada 11
Elenco de ‘Shameless’ vai reunir virtualmente após final da série