TVI/Divulgação

Audiências. Sem ‘Preço Certo’, Cristina cresce e quase lidera

Ao segundo dia, Cristina ComVida enfrentou uma concorrência diferente do habitual e tirou partido disso. Em dia de jogo da Seleção, o Telejornal foi para o ar às 19 horas e deu folga a O Preço Certo. A ausência do concurso de Fernando Mendes deixou espaço para Cristina ComVida crescer e ficar a décimas da liderança no horário.

O programa de Cristina Ferreira foi para o ar entre as 18h57 e as 19h41, evitando a concorrência com o Luxemburgo x Portugal, e garantiu a preferência de 861 mil telespectadores, o correspondente a 9,1% de rating e 20,8% de share. Na véspera, a estreia do programa tinha conseguido 800 mil espectadores.

Foi muito pouco que Cristina ComVida não foi líder no seu horário. Enquanto o programa esteve no ar, a SIC registou uma média de 9,2% de rating e 21% de share, exibindo parte do capítulo de Viver a Vida (8,4% / 21,4%) e os primeiros minutos de Êta Mundo Bom! (10,9% / 22,2%). Na RTP1, o Telejornal registou 7,4% de audiência e 17,2% de share e ocupou o terceiro lugar.

Foto: FPF

Seleção deixa RTP1 à beira do segundo lugar

O Luxemburgo x Portugal foi o programa mais visto desta terça-feira (30), com uma média de 2 milhões e 49 mil espectadores. O jogo de qualificação para o Mundial 2022 registou 21,6% de audiência e 38,9% de share. Às 21h36, no final da partida, a RTP1 registava um pico de 27,5% de audiência.

No entanto, o impulso dado pela Seleção Nacional à RTP1 não foi suficiente para a estação pública chegar ao segundo lugar, ao contrário do que aconteceu na passada quarta-feira (24). O primeiro canal voltou a ser terceiro, com 16,4% de share, e ficou a quatro décimas da TVI, que se situou nos 16,8%. A SIC manteve a liderança, com 19,1% de share.

Os noticiários da noite das privadas foram as principais vítimas do futebol. O Jornal da Noite caiu para os 9,6% de rating e 16,8% de share, e o Jornal das 8 teve mesmo os piores valores do ano, com 8% de audiência e 14% de share.

Outros destaques do dia
  • Joker foi para o ar logo após o jogo da Seleção e teve os melhores resultados do ano, com 779 mil espectadores (8,2% / 15,1%).
  • Terminado o jogo, a SIC subiu à liderança. Amor Amor (13,4% / 23,7%) e A Serra (11,3% / 25,4%) voltaram a vencer Bem me Quer (11,9% / 21%) e Amar Demais (8,5% / 19,1%).
  • Mulheres (4% / 16,6%) perdeu no confronto com a brasileira Tempo de Amar (6,7% / 23,3%), mas chegou à liderança quando Passadeira Vermelha (1,8% / 12,3%) foi para o ar na SIC.
  • A competição entre os talk shows matinais continua renhida, com apenas 6 mil espectadores a separar os 399 mil do Casa Feliz (4,2% / 21%) dos 393 mil do Dois às 10 (4,1% / 20,5%). A Praça da Alegria (2,1% / 10,8%) manteve-se noutro campeonato.
  • Goucha (4,9% / 16,3%) conseguiu liderar até perto das 17h20, e a partir daí ficou atrás de Júlia (4,5% / 16,9%) e Viver a Vida.
  • O Jornal 2 teve o melhor resultado do ano, com uma audiência de 158 mil espectadores (1,7% / 2,9%). O noticiário apresentado por Hugo Gilberto foi o programa mais visto da RTP2, que teve uma média de 1% de share nesta terça-feira.
Mais Artigos
Amor, Amor
‘A Serra’ recebe participação especial de personagens de ‘Amor Amor’