Fotogaleria: sem turistas, a vila de Sintra é como um cenário de um conto de fadas esquecido

Noutros tempos, fim de semana e sol seriam sinónimo de multidões na vila de Sintra. Agora, o trânsito dá lugar ao silêncio e as filas para comprar queijadas são online. fotogaleria Sintra

(Fotografia: Inês Lacerda/Espalha-Factos)

Perante a paisagem deserta, há quem aproveite para a pintar. Infelizmente, não há muitos clientes. Quem por aqui passa são sintrenses que diariamente veem “o quadro” ao vivo. À medida que nos aproximamos da outra ponta do percurso da Volta do Duche, a arte continua. Lá, a tocar flauta, está outro artista que tem mais músicas para tocar do que ouvintes – mas nem por isso desiste.

(Fotografia: Inês Lacerda/Espalha-Factos)

Quando anoitece, alguns curiosos dirigem-se ao Largo Rainha Dona Amélia, em frente ao Palácio Nacional de Sintra, para observar e fotografar as estrelas. Mas, durante o dia, não é comum encontrar alguém pelas ruas. Com as lojas quase todas fechadas, há pouco para fazer para além de passear.

(Fotografia: Inês Lacerda/Espalha-Factos)

Como se de um cenário de um filme se tratasse, diferente da vida e turistas que lhe são características, Sintra parece uma vila fantasma. Em vez de pessoas, os gatos são os principais visitantes que por lá se veem.

Uma entrada na primavera que ficará certamente na história, com um silêncio que tem tanto de agradável como de triste. Com vários sítios em obras, esta falta de movimento tem sido aproveitada para melhorar algumas ruas, que em breve se espera que voltem a encher.

(Fotografia: Inês Lacerda/Espalha-Factos)

fotogaleria Sintra fotogaleria Sintra fotogaleria Sintra fotogaleria Sintra

Mais Artigos
Operação Marquês
TVI tem cobertura especial no ‘Dia D’ da Operação Marquês