CinemaS
Fotografia: Pexels

Instituto do Cinema e Audiovisual apoia nove projetos de documentário

O  Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) irá apoiar o financiamento de nove projetos de documentário, entre os 86 que estiveram a concurso. De acordo com a decisão do ICA, sete projetos de longas-metragens e dois de curtas-metragens irão receber 605 mil euros de apoio financeiro referentes a 2020.

O primeiro lugar do concurso foi atribuído a ao projeto Bandeirantes, da realizadora Joana Pimenta. Abordará o período histórico setecentista no Brasil, em que bandeirantes, indivíduos que iam em expedições explorar o território brasileiro pouco conhecido à procura de metais preciosos ou população indígena, percorreram milhares de quilómetros para delinear as fronteiras daquele território.

Este projeto irá contar com um financiamento de 90 mil euros, tal como os projetos John is Christ, de João Nicolau; Cartas telepáticas, de Edgar Pêra; De que casa eres?, de Ana PérezQuiroga; O jovem Cunhal, de João BotelhoTerra fenomenal, de Jorge Jácome

Na categoria de longa metragem ainda será apoiado o documentário de Leandro PalmaFedora, no valor de 15 mil euros. As curtas metragens selecionadas foram Eu estou aqui, de Bárbara Henriques, com 30 mil euros e Couto mixto, de Frederico Lobo, com 20 mil euros.

Este foi o primeiro concurso de apoio a documentários de 2020, existindo um segundo ainda em fase de análise por parte do júri. O Instituto do Cinema e Audiovisual divulgou ainda esta quarta-feira (24) o calendário dos concursos de apoio financeiro ao setor para este ano, repartindo por 28 programas e subprogramas os 22,2 milhões de euros. A direção do ICA afirma que reforçou em 80 mil euros os montantes do apoio à escrita e desenvolvimento em cinema, dando um total de 650 mil euros para esta área, e um total de 800 mil euros para o mesmo tipo de concurso em audiovisual.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Prisão Domiciliária
Crítica. ‘Prisão Domiciliária’: a corrupção presa entre quatro paredes