Mulheres está de volta à TVI.
Divulgação

Audiências. ‘Mulheres’ cresce e aproxima-se de ‘Tempo de Amar’

Ao segundo episódio, a reposição de Mulheres ganhou público e aproximou-se da SIC. A novela escolhida pela TVI para ocupar o final da noite perdeu para Tempo de Amar, mas aproveitou o intervalo da SIC para ter alguns minutos de liderança – os únicos da TVI no horário nobre.

Mulheres conseguiu uma audiência média de 5,4% e um share de 20,1%. A novela de 2014, que começou imediatamente após Amar Demais (8,5% /21,2%), foi vista em média por 508 mil espectadores, mais 77 mil do que os registados no primeiro capítulo.

A reposição da TVI foi para o ar ao mesmo tempo que Tempo de Amar, às 23h36. A novela brasileira esteve no ar até mais tarde e manteve a liderança no horário, com uma média de 518 mil espectadores (5,5% / 23,2%). A SIC só deixou a liderança escapar para a TVI no intervalo de Tempo de Amar, recuperando-a quando a novela voltou ao ar. No confronto direto entre as duas novelas, com intervalos incluídos, a SIC liderou com 5,7% de audiência e 21,2% de share, contra os 5,3% / 19,9% de Mulheres.

Ao contrário do que aconteceu na véspera, Mulheres não chegou a concorrer com A Serra (10,9% / 26,2%), que manteve o domínio da SIC na segunda faixa de novelas. Antes, também o episódio especial de Amor Amor (13,1% / 24,8%) venceu sem dificuldade Bem me Quer (11,2% / 21,4%). A novela da SIC só não foi o programa mais visto do dia porque o Jornal da Noite (13,2% / 23,3%) voltou a fazer melhor.

Nos totais diários, a SIC manteve a liderança com 19,9% de share, apesar da aproximação da TVI, que atingiu os 18,2%. A RTP1 não foi além de 11,3% de share.

Linha Aberta

Depois do recorde, Linha Aberta perde mais de 100 mil espectadores

As audiências ao início da tarde continuam voláteis, com A Única Mulher e sobretudo Linha Aberta a registar grandes oscilações nos seus resultados. O programa da SIC, que na passada segunda-feira (22) bateu recorde anual de audiência e esmagou a novela da TVI, perdeu mais de 100 mil espectadores de um dia para o outro.

Hernâni Carvalho foi visto em média por 287 mil espectadores, muito longe dos 400 mil da véspera. Linha Aberta, que registou 3% de audiência e 14,2% de share, começou na liderança mas deixou-se ultrapassar por A Única Mulher. A novela protagonizada por Ana Sofia Martins subiu para os 305 mil espectadores (3,2% / 15,1%) e chegou ao primeiro lugar depois das 15h10.

Goucha (3,6% / 14,6%) herdou essa liderança e manteve-a durante a primeira parte. Depois das 17h, Júlia (3,5% / 14,8%) tomou a dianteira. Em termos médios, o talk show da TVI teve 340 mil espectadores, mais dez mil que os 330 mil de Júlia Pinheiro.

Outros destaques do dia
  • Direito de Antena (11% / 20,5%) foi o programa mais visto da RTP1 e o quinto mais visto do dia, com 1 milhão e 40 mil espectadores, o melhor valor do ano. O espaço da responsabilidade da CGTP-IN aproveitou a audiência que herdou de O Preço Certo (10% / 21%), que registou um pico de 12,5% de audiência.
  • Êta Mundo Bom! (11,4% / 21,7%) saltou para a liderança contra o Direito de Antena, mas perdeu no confronto com o concurso da RTP1. Antes, Viver a Vida (8% / 20,7%) voltou a vencer na faixa das 18 horas.
  • O Primeiro Jornal (7% / 24%) foi novamente o noticiário mais visto da hora de almoço, mas viu o Jornal da Uma (6,3% / 21,3%) aproximar-se. O noticiário da TVI chegou mesmo a liderar na reta final. O Jornal da Tarde (4,7% / 15,5) manteve-se isolado no terceiro lugar.
  • Empate técnico nas manhãs, com apenas 4 mil espectadores a separar o Casa Feliz (4,4% / 22,4%) e o Dois às 10 (4,4% / 22,5%). O talk show da TVI teve 417 mil espectadores, contra 413 mil do programa da SIC. A liderança foi repartida, com a TVI a ceder o primeiro lugar para a SIC por volta das 11h30.
  • A CMTV esteve em alta durante a tarde, com o acompanhamento de um tiroteio e cerco policial em Corroios. O Notícias CM (1,9% / 8,7%), transmitido desde as 15h58 e até perto das 18 horas, ultrapassou por largos minutos a RTP1, que exibia A Nossa Tarde (2% / 9,5%). O canal teve uma média de 5% de share nesta terça-feira.

Atualizado às 16h54, com dados do confronto direto entre MulheresTempo de Amar, com intervalos incluídos.

Mais Artigos
Marques Mendes
Opinião. Marques Mendes, o segundo Presidente da televisão?