david & miguel
David & Miguel | Fotografia: Renato Cruz Santos

À Escuta. David & Miguel e Bruno Pernadas são os destaques da semana

Nesta semana, o À Escuta, rubrica semanal que destaca os lançamentos musicais nacionais, distingue o mais recente clássico da música portuguesa, assinado por David (Bruno) & Miguel (Mike El Nite) e a primeira antecipação do novo disco de Bruno PernadasPrivate Reasons. Temos, ainda, os novos singles de Gisela João, Despirited SpiritsOs PunhaisElviraDiabo a Sete e Wet Bed Gang. SUBTERRÂNEOS, d’O GAJOGarrincha, de Quebec, são os mais recentes discos nacionais.

Para além dos lançamentos, salientamos ainda que a banda sonora de Sol Posto, o documentário-concerto de Capitão Fausto, e a performance Ao Vivo no Eléctrico, programa da RTP1, dos HMB, já estão disponíveis para escuta nas plataformas de streaming.

david & miguel
Palavras Cruzadas, novo disco de David & Miguel, sai no dia 23 de abril / Fotografia: Divulgação

Ode ao ‘Inatel‘, por David & Miguel

O tão esperado Palavras Cruzadas recebeu esta semana a primeira antevisão – ‘Inatel’ é a mais recente colaboração de David & Miguel (que já trabalharam juntos no clássico ‘Interveniente Acidental‘, do disco Miramar Confidencial). O groove é irreparável, o instrumental é dB escarrapachado, a guitarrada é histórica e o videoclipe grita verão extravaganza. ‘Inatel‘ é a canção de amor inesperada deste verão: “Vou-te levar ao Inatel / No meu Ford Fiesta Bo tem mel / Regularizo as cotas só por ti”.

No comunicado enviado à imprensa, David & Miguel contam que ‘Inatel‘ representa o “ritual de muitas famílias e casais do norte do país que arrancam em romaria para as águas quentes do Algarve“. A nostalgia de Portugal dos anos 2000, das tardes à beira da piscina e dos reencontros veranis nos Plage hotel são perfeitamente retratados.

David & Miguel reafirmam que qualquer produto pensado pela dupla subirá imediatamente ao patamar de clássico kitsch. A frescura de ‘Inatel‘, levada ao extremo pela guitarra de Marco Duarte, é mais uma prova desta glória.

Bruno Pernadas apresenta ‘Theme Vision

Theme Vision‘ é o primeiro avanço do disco Private Reasons, o terceiro de Bruno Pernadas, que estará disponível para escuta no dia 23 de abril. Uma “declaração imensa e definitiva da arte pop de Pernadas“, o disco “é uma compilação luminosa de histórias sonoras épicas que, por entre composições, arranjos e instrumentação pouco convencionais, nos revela em surdina o que podemos ouvir para além desta trilogia”. 

Theme Vision‘ é uma perfeita demonstração, epítome da descrição oferecida acima pela Culturgest. O jazz, a pop e a eletrónica misturam-se e confundem-se; os efeitos vocais e instrumentais que estabelecem a vibe onírica são protagonistas que regressam em Pernadas, que foi o responsável pela composição, letra, arranjos e produção.

Margarida Campelo, Francisca Cortesão, Nuno Lucas, João Correia e Diogo Duque fazem parte da banda, e podemos vê-los no videoclipe realizado por Pernadas e Jep Jorba, juntamente com Minji Kim e João Vaz Silva. A edição de Private Reasons está marcada para o dia 23 de abril.

PZ está ‘Em Paz na Minha Guerra

Acordo de manhã/Fico a olhar pó teto ou pó telemóvel/ Abro o Instagram, fecho o Facebook“. Parece familiar? Quem diria que o PZ e grande parte da população mundial tem a mesma rotina matinal. ‘Em Paz na Minha Guerra‘ narra a rotina monocórdica do protagonista que anseia o fim-de-semana para depois deixá-lo passar despercebido. Com o beat abanamos a cabeça, com a letra pensamos na insustentável leveza dos dias idênticos que se misturam e confundem.

O videoclipe rima com a canção e com o nome do próximo disco, Selfie-Destruction – gravado em selfie-mode, acompanhamos Paulo Zé, que vai realizando de pijama as tarefas que narra, sem nunca perder o tom (ou deixar cair o telemóvel).

JÁ NÃO CHORO POR TI’, o novo single de Gisela João

JÁ NÃO CHORO POR TI‘ é o novo single de Gisela João, sucessor de ‘LOUCA‘ e segunda canção da trilogia que será completada na próxima semana e cujos videoclipes juntos darão origem a uma curta-metragem. O mais recente single tem letra de Jorge Cruz, ex-vocalista de Diabo na Cruz, arranjos de Michael League, dos Snarky Puppy e é a segunda canção que conhecemos de AuRora, disco que tem data de edição marcada para o dia 9 de abril.

A canção é uma resposta a ‘Madrugada Sem Sono‘, o primeiro tema do disco de estreita de Gisela, onde canta “Na solidão a esperar-te/ Meu amor fora da lei/ Mordi meus lábios sem beijos/ Tive ciúmes, chorei”. Desde que o ouviu pela primeira vez, Jorge Cruz teve vontade de escrever um retorno – eis “Já não choro por ti/ Já não vou de rua em rua/ No encalce de quem, saiba dar notícia tua”.

Elvira apresenta ‘Foi Sem Querer’

Foi Sem Querer‘ é o segundo single de Elvira. A artista portuense já tinha apresentado ‘Sonho Azul‘ durante o ano passado e regressa agora com esta break-up song repleta de amor próprio e que mostra como, verdadeiramente, a imprevisibilidade é o primeiro mandamento do amor. Composta por harmonias pop e um refrão orelhudo, ‘Foi Sem Querer‘ é acompanhada por um videoclipe que celebra as amizades que não nos deixam nos momentos mais difíceis.

Elvira estreou-se no mundo da música com o projeto VIA, e durante a sua carreira já colaborou com Miguel Araújo Tiago Nacarato. Foi durante o confinamento que adotou o nome artístico Elvira, que herda da bisavó, cantora de ópera.

Lê também – Por todo o mundo, músicos protestam contra o Spotify

Estou a Mais‘ é o single de estreia de FIL

Filipe Carapeto é FIL, artista português que em 2018 criou a banda Bali e que se estreia a solo com ‘Estou a Mais‘, single de apresentação do primeiro disco Fractura, a editar em breve. As suas canções prometem adotar um cunho autobiográfico, e esta primeira canção é prova disto. Nela, FIL reflete sobre as divisões que se fizeram sentir na antiga banda, explorando os processos de embarcar numa aventura nova e a solo. O videoclipe, realizado por Bruno Soares,  também acompanha a premissa do tema, mostrando um Filipe solitário que percorre sozinho as ruas de uma Lisboa abandonada, numa tentativa de romper com o passado.

Split-Screen Vision‘ é o novo tema de Unsafe Space Garden

O novo tema de Unsafe Space Garden chama-se ‘Split-Screen Vision’ e é o primeiro single do disco Bro, You Got Something In Your Eye, a ser editado ao longo deste ano. Naturais da Penha, serra de Guimarães, os USG cantam “o musgo e o absurdo“. O psicadelismo punk não se escapa nem à melodia nem ao videoclipe, e as cores parecem ouvir-se entre cada dedilhada da guitarra.

As cores e a teatralidade estão certamente presentes nos dois primeiros discos do trio, Bubble BurstGuilty Measures, e o novo disco promete uma leveza mais pop que não se perde em devaneios e Split-Screen Vision é precisamente isso, subtileza punk-rock com toda a sobriedade de quem quebra as divisórias contraproducentes tão agarradas à Humanidade.

ROXO 07, a nova compilação do coletivo Monster Jinx

Beats viciantes, loops chistosos e samples memoráveis. É esta a santissíma trindade a que Monster Jinx já nos habituou. ROXO 07 é a sétima compilação Monster Jinx, que pretende mostrar aos ouvintes de que é feito o sangue que corre nas veias das partes deste label: do groove ao hip-hop, do mais clean ao grime, o ADN Monster Jinx une o diverso, quebrando barreiras de género e estilo.

Vasco Completo, Don Pie Pie, Raez, DarkSunn, J-K, Xando, Liquid, Stray, E.A.R.L., Ghost Wavves, Maria, NO FUTURE, MAF, OSEB e Sh33p. Com tantos nomes, era impossível linearidade, e ainda bem. Revitalização, celebração e contemplação estão por trás desta edição da compilação Monster Jinx, editada todos os anos em cassete.

Mira Quebec apresenta Garrincha

Garrincha é o quarto disco de originais de Mira Quebec, projeto a solo de José Pedro Caldas (Paraguaii), que pretende contemplar no plano etéreo os sons, as texturas e as nuances. Mais do que projeto, Mira Quebec é um processo de criação, repetição e aperfeiçoamento – em Garrincha, Mira Quebec esgota estas fases criativas para criar uma história fundada na sinestesia.

Os samples loops dão origem a um “emaranhado da criatividade eletrónica” e “o caminho é sinuoso mas leva-nos sempre ao cimo da montanha“. Ao longo das seis canções, Garrincha revela-se explorador, calmo e perplexo ao mesmo tempo. ‘Trust Issues‘ é o single que acompanha o disco e conta com videoclipe produzido por Pedro Barros a partir de restos de película 35mm.

Reverie‘ é o novo single de Dispirited Spirits

Reverie‘ é o primeiro single de antecipação do disco de estreia de Dispirited Spirits, projeto musical de Rodrigo Dias. O sucessor do tema ‘Negatives of the Moon (On a Moonless Night)’ é carregado por sintetizadores oníricos, guitarras vibrantes e harmonias etéreas que são preenchidos pela letra puramente existencial.

And the feeling dissipates / So I take off in the space and stay in“, canta Dispirited Spirits dando, novamente, protagonismo aos astros. A verdade é que “todos os elementos sonoros e líricos criados no seu quarto culminam em paisagens sonoras sui generis, que ecoam pelas profundezas do espaço sideral“.

Testes de Tédio‘, o novo single d’Os Punhais

Num videoclipe à la carpool karaoke intercalado com cenas de filmes como Baby Driver Once Upon a Time in Hollywood, Os Punhais apresentam a sua mais recente malha. Pop punk e auto-tune, 80’s e 90’s, batidas ocidentais e africanas – uma mistura deliciosa que culmina em ‘Testes de Tédio‘, uma canção onde o headbanging confinado é mais que bem-vindo.

Em ‘Testes de Tédio‘, Joel Silva (HMB) junta-se na bateria, fazendo quarteto com João EleutérioGonçalo GonzagaTiago Cavaco. O videoclipe de mais esta produção FlorCaveira foi realizado por Wesley Ferreira.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
José Sócrates mostra documento durante entrevista na TVI
Audiências. Sócrates não chega para ‘Jornal das 8’ liderar