Audiências Big Brother
Fotografia: Instagram / TVI

Audiências. ‘Big Brother’ impulsiona TVI para a liderança do dia

Este sábado (14) a TVI foi o canal mais visto em Portugal. A estação de Queluz alcançou 17,3% de share no total diário, deixando a SIC para trás que atingiu a marca dos 17%. O canal público esteve distante, ficando com apenas 11,3% de quota de mercado. Este resultado da TVI foi impulsionado pelo desempenho da Gala do Big Brother que liderou as audiências e marcou os melhores valores de sempre do Duplo Impacto.

O primeiro bloco do reality-show (12,9% / 22,9%) liderou e foi acompanhado por mais de um milhão e 219 mil espectadores. À mesma hora, a SIC emitia um episódio especial de Amor Amor (11,9% / 21,5%), mas a habitual novela líder de audiências não foi capaz de se impor. A trama protagonizada por Ricardo Pereira liderou apenas por breves minutos e, em média, foram cerca de 89 mil espectadores a separar os dois canais, com vantagem para a Quatro.

A segunda parte do Big Brother, chamada O Jogo (12,1% / 27,7%), manteve a liderança e, à semelhança do primeiro bloco, marcou o melhor valor em share desde a estreia. Nesta faixa, no canal do grupo Impresa, estava no ar o primeiro episódio da segunda temporada de Patrões Fora (7,2% / 16,7%). A sitcom esteve sempre muito distante do programa da TVI.

A partir da meia-noite a TVI destacou-se ainda mais no primeiro lugar das audiências. Com início às 23h59, as Nomeações do Big Brother (10,9% / 33,3%) foram acompanhadas, em média, por mais de um milhão e 27 mil espectadores e marcaram o melhor valor em rating da atual edição. A estação de Paço de Arcos não teve qualquer hipótese com Terra Brava (4,1% / 12,8%) que marcou mesmo os piores valores de audiência e de quota de mercado. Acompanharam a repetição do último capítulo da novela, em média, 390 mil espectadores. A SIC chegou a estar a mais de 23 pontos percentuais atrás da TVI.

No canal de Queluz a noite continuou com uma Ligação à Casa (3,9% / 21,9%) que marcou também a melhor audiência média desde a estreia do Duplo Impacto. A aposta da SIC nesta altura era A Máscara – Grande Final (1,4% / 7,9%) que alternou entre a vice-liderança e o terceiro lugar com a RTP1 que tinha no ar o filme Conspiração Terrorista (1,6% / 7,1%).

A estação estatal estreou em horário nobre o programa Não te Esqueças da Letra (6,4% / 11,2%) que não foi além do terceiro lugar. Depois do programa de João Paulo Rodrigues, a RTP1 transmitiu Zé Amaro Ao Vivo (4,8% / 10,9%) e manteve-se no último lugar do pódio.

Outros Destaques:

  • A manhã começou com a liderança das audiências do lado da SIC com o Estamos em Casa (3,2% / 17,5%). O programa da Três bateu dois episódios do Inspetor Max, 1,5% / 9,4% e 1,8% / 9,8%, e o Vida Animal (2,5% / 10,9%) que marcou os piores valores de rating e de share. Bateu também as apostas da RTP1, que marcaram os piores valores de audiência e de quota de mercado: Animais Incríveis (1,5% / 8,7%) e Mal-Amanhados (1,4% / 6,8%).
  • Na faixa do meio-dia, a SIC permaneceu líder com O Nosso Mundo (7,6% / 23,4%). O VivaVida (3,4% / 10,5%) estreou-se no novo horário, mas não convenceu. O programa da TVI marcou os piores valores de sempre e ficou em terceiro lugar no horário, atrás também do Aqui Portugal (3,6% / 11,8%).
  • O Primeiro Jornal (12,6% / 30,2%) foi o noticiário mais visto do dia e alcançou o melhor share de sempre. No mesmo horário o Jornal da Uma (6,3% / 15,3%) foi vice-líder e o Jornal da Tarde (5,9% / 14,2%) terceiro.
  • O Alta Definição (10,2% / 25,6%) e o E-Especial (5,7% / 16%) lideraram frente aos minutos finais do Jornal da Uma, ao Conta-me (5,7% / 15,8%), que marcou os piores valores de audiência e de quota de mercado, e aos instantes iniciais do Em Família.
  • O E-Especial, o Casa Nova, Vida Nova e o Regresso ao Futuro marcaram as suas piores audiências médias.
  • O Em Família (6,4% / 15,8%) arrancou mais cedo que o habitual, mas teve de esperar para liderar. O programa apresentado por Maria Cerqueira Gomes e Ruben Rua liderou frente ao Casa Nova, Vida Nova (5,1% / 14,6%) e perdeu durante os instantes iniciais do Regresso ao Futuro (4,7% / 13,5%). O programa da TVI conseguiu sobrepor-se ao da SIC rapidamente e manteve-se líder até às 19h, altura em que a RTP1, com O Preço Certo (9,3% / 18%) saltou para a dianteira.
  • A partir das 17h20 a SIC transmitiu o filme 2012 (5,3% / 11,8%) que alternou entre a vice-liderança e o terceiro lugar com o Aqui Portugal (4% / 10,5%).
  • O Jornal da Noite (12,1% / 20,8%) manteve a habitual liderança frente ao Jornal das 8 (10,6% / 18,1%) e ao Telejornal (9,5% / 16,4%).
Mais Artigos
The Black Mamba
Eurovisão 2021. ‘The Black Mamba Home Concert’ estreia já na próxima semana