Netflix

Netflix. Vem aí o fim da partilha de conta entre amigos?

Netflix está a testar uma nova funcionalidade que pode afetar quem partilha a password da conta com outras pessoas. A plataforma de streaming confirmou que estará a experimentar uma nova medida de segurança.

Como revelou o portal Gammawire, alguns utilizadores que tentam usar a conta de outra pessoa, identificados pela sua localização, são interrompidos com a mensagem: “Se não mora com o proprietário desta conta, precisa da sua própria conta para continuar a assistir”.

A plataforma de streaming confirmou a nova funcionalidade, justificando que “este teste foi desenvolvido para ajudar a garantir que as pessoas que usam contas da Netflix estão autorizadas a fazê-lo”, disse um porta-voz da plataforma. Ou seja, mais do que a partilha entre amigos, o objetivo da Netflix é impedir piratas informáticos de acederem às contas dos utilizadores de forma ilegal.

Para continuar a assistir, o utilizador tem duas opções: verificar a sua identidade (através de um código que é enviado para o email ou número de telemóvel associado à conta principal), ou verificar mais tarde, o que dá ao utilizador mais algum tempo – indeterminado pela Netflix – até ter de realizar o processo de verificação.

Até hoje, a Netflix pareceu pouco preocupada com a partilha de passwords. Em 2016, o CEO da plataforma, Reed Hastings, chegou mesmo a afirmar ser algo com “que precisamos de aprender a conviver, porque há a partilha legítima, com o parceiro ou com os filhos… Então não há uma linha clara, e nós estamos bem com a situação”.

No entanto, parece que a posição da empresa em relação a este tema tem vindo a mudar. Em 2019, Eriq Gardner, editor sénior da empresa, previu que a repressão da pirataria poderia ser a próxima frente de batalha das plataformas de streaming. A medida está ainda na fase de teste, não havendo informação sobre se será alargada a todos os utilizadores ou se será verdadeiramente implementada depois dos testes.

 

 

Mais Artigos
Audiências sábado
Audiências. RTP1 aguenta-se em dia de queda para SIC e TVI