Piers Morgan
Fotografias: D.R.

Piers Morgan deixa ‘Good Morning Britain’. O que disse o apresentador sobre Meghan Markle?

O apresentador decide abandonar o programa após polémica em torno de comentários acerca da duquesa.

A estação televisiva britânica ITV anunciou esta quarta-feira (10) a demissão do apresentador Piers Morgan. Após ter sido alvo de críticas pelos seus comentários acerca de Meghan Markle, em sequência da entrevista que os Duques de Sussex deram a Oprah Winfrey, decidiu abandonar o programa matinal Good Morning Britain.

Na entrevista, que atingiu uma audiência histórica no Reino Unido, Meghan confessa que durante a sua gravidez considerou quenão queria viver mais”. Este foi um dos pontos que Morgan abordou no seu programa, na segunda-feira, após afirmar que não acreditava “numa única palavra”.

Lê também: Entrevista a Meghan e Harry exibida em Portugal em exclusivo na SIC

A conduta do jornalista que, por várias vezes, ferozmente criticou Meghan Markle, suscitou mais de 40 mil queixas ao OfCom, o regulador de comunicações no Reino Unido, tendo sido aberta, inclusive, uma investigação às declarações.

Na terça-feira, um co-apresentador do programa, Alex Beresford, confrontou o jornalista na emissão em direto de Goord Morning Britain: “Percebo que tens uma relação pessoal com Meghan Markle ou que tiveste uma e que ela te afastou. Ela tem direito a afastar-te se ela o quiser. Ela disse alguma coisa sobre ti desde que te afastou? Penso que não, no entanto, continuas a dizer mal dela”. As suas palavras levaram Piers Morgan a abandonar o estúdio do programa em direto. Em 2019, curiosamente, exatamente o contrário aconteceu no programa, quando Alex Baresford abandonou a emissão após comentários depreciativos de Piers Morgan. 

A diretora-executiva da ITV, Carolyn McCall, esclareceu já que não acredita ter havido nada de manufaturado no momento de tensão entre os dois jornalistas. Assim, garante que a ITV representa várias vozes sobre várias temas, tendo sido isso o que aconteceu naquela manhã. McCall manifestou ainda a sua total confiança nas declarações proferidas por Meghan Markle, relativamente à saúde mental.

A polémica em torno da demissão de Piers Morgan gerou uma multiplicidade de reações. O próprio jornalista comentou, na sua conta do Twitter, não ter mudado de opinião quanto à veracidade das palavras de Meghan Markle. Agredeceu, ainda, por todo o “amor e ódio” que tem recebido.

Alex Beresford reagiu à notícia também através da sua conta do Twitter, garantindo que Morgan o apoiou no seu crescimento, e lhe deu uma série de conselhos, pelos quais lhe está agradecido. “Não queria que ele se demitisse, mas queria sim que me ouvisse“, admite.

Susanna Reid, outra co-apresentadora do Good Morning Britain, manifestou o seu posicionamento face à notícia na emissão da manhã seguinte. Reid afirmou ter discordado de Piers Morgan em inúmeros assuntos ao longo dos anos, sendo este um dos motivos pelos quais os espectadores “adoram o programa”. Assim, constata que o matutino certamente será diferente, após mais de cinco anos a apresentarem juntos de segunda a quarta-feira.

Após a demissão do jornalista britânico, a ITV perdeu mais de 300 milhões de libras em valor de mercado. Neil Wilson, analista de mercado, afirma que Morgan aumentava as audiências do programa e considera ainda a possibilidade de os investidores estarem preocupados com a investigação a decorrer acerca dos comentários do apresentador.

Uma fonte próxima disse ainda, à Sky News, que Morgan já recebeu inúmeras propostas de trabalho desde que apresentou a sua demissão. Deste modo, uma das ofertas foi feita quarta-feira, em direto na BBC, por Andrew Neil. O presidente da GB News mostrou interesse em integrar Morgan no seu programa, esclarecendo, no entanto, que ainda não foram feitas quaisquer negociações.

Mais Artigos
Dia do Beijo: os melhores beijos no cinema