Cristina Ferreira
Cristina Ferreira / Instagram

‘Revelação’ de Cristina Ferreira não conquista nas audiências

Cristina Ferreira fez uma revelação ao país esta segunda-feira (8), anunciando a nova novela da TVI, Festa é Festa. A apresentadora e diretora do canal esteve no ar durante menos de 20 minutos, mas não conseguiu vencer a SIC.

No anúncio da nova novela da TVI, Cristina Ferreira apresentou a primeira de várias novidades que a TVI prepara para 2021, um dia depois de ter regressado ao horário nobre com All Together Now. A apresentação daquela que será a primeira novela pensada por Cristina para a quatro, conquistou a preferência de um milhão e 71 mil telespectadores, o correspondente a 11,3% de rating e 20,3% de share, um valor que revelou não ser suficiente para superar a SIC, que entrou para intervalo na última parte, não deixando de marcar 24,2% de share durante o período.

Ainda assim, nem tudo foi mau para Queluz de Baixo. Após uma grande derrota no domingo (7), a TVI conseguiu encurtar a sua distância para a SIC para apenas um ponto percentual de quota de mercado média. Com 18,8% de share médio, a TVI não alcançou o primeiro lugar, mas registou um valor acima da média anual e aproximou-se da líder SIC, que fechou as contas com 19,8%. Já a RTP1, longe de todas as guerras das privadas, deixou-se ficar com 10,8%.

444 mil às 10

Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz em Dois às 10
Dois às 10 / Divulgação

O programa das manhãs da TVI voltou à liderança e, desta vez, mais folgada. Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz receberam Fernanda Tadeu, casada com o Primeiro Ministro, António Costa. O programa das manhãs da TVI terminou com uma média de 444 mil telespectadores, mais 42 mil do que o programa da SIC. Com 4,7% de rating e 21,1% de share, Dois às 10 liderou durante praticamente toda a manhã, até a Análise Criminal de Casa Feliz conseguir inverter as posições, levando o programa a fechar com uma média de 4,2% / 19,0%.

Outros destaques:

Manuel Luís Goucha
Manuel Luís Goucha / Instagram
  • Após uma semana de vitórias, Manuel Luís Goucha ainda não está pronto para as derrotas. Apesar de uma diferença de apenas 15 mil telespectadores, Goucha levou a melhor com 4,5% de rating e 16,5% de share, conseguindo o primeiro lugar especialmente durante a segunda parte do programa. Já Júlia, com 4,4% de rating e 16,0% de share, liderou durante a primeira parte. Longe, Tânia Ribas de Oliveira não foi além de 1,8% / 7,2%.
  • Depois de dias de recordes, o horário nobre da SIC teve valores mais modestos. Amor Amor ficou-se pelos 13,0% / 24,2%, com pouca diferença para Bem Me Quer, com 11,8% / 22,0%. Já A Serra, com 10,8% / 27,2%, garantiu o maior share do dia, mas também permitiu uma aproximação de Amar Demais (8,4% / 21,1%). Tempo de Amar (5,0% / 20,8%) e Totalmente Demais (3,0% / 17,0%) revelaram-se mais frágeis, com a última a permitir uma vitória da TVI, com o Extra de Big Brother (4,3% / 22,7%), que assistiu à desistência do concorrente Gonçalo Quinaz.
  • Viver a Vida (8,5% / 20,6%) e Êta Mundo Bom! (11,6% / 22,0%) continuam a formar uma forte dupla nas tardes da SIC, apesar de O Preço Certo (10,5% / 21,3%) ter intimidado.
Já segues o Espalha-Factos no Instagram?
Mais Artigos
Guia TV
Guia TV. A final de ‘The Voice Kids’, filmes e concertos para ver este fim de semana