Cristina Ferreira apresenta All Together Now.
TVI Divulgação

Audiências. SIC com melhor resultado dos últimos 12 meses na estreia de Cristina

Mesmo com a estreia do novo formato de Cristina Ferreira, a TVI não se conseguiu destacar nas audiências, este domingo (7). Em noite de finais de Terra Brava e do concurso A Máscara, a SIC dominou a primeira parte do horário nobre, com um resultado que se refletiu na vitória no total diário, o melhor desde o dia 9 de março de 2020.

Ao início da noite, o Jornal da Noite (16,5% / 26,9%) foi o terceiro programa mais visto do dia, com uma audiência média de 1 milhão e 558 mil espetadores. Na TVI, o Jornal das 8 (12,7% / 20,9%) foi acompanhado por uma média de 1 milhão e 204 mil espetadores, sendo o quinto programa mais visto do dia. Já a estação pública registava uma média de 611 mil telespetadores na emissão do Telejornal (6,5% / 10,5%).

Isto é Gozar com Quem Trabalha (17,1% / 28%) foi o mais visto do dia, com uma média de 1 milhão e 617 mil telespetadores a acompanharem o Especial 1 Ano de Covid. Logo em seguida, o desfecho de Terra Brava (16,9%/29,1%) marcou a sua melhor audiência média do ano. Fidelizando uma média de 1 milhão e 602 mil telespetadores, o episódio foi o segundo programa com maior audiência do dia.

‘All Together Now’ só lidera depois da novela da SIC

Com o final do episódio, a liderança das audiências saltou para a TVI, que estava em segundo com a estreia do All Together Now (15,2% / 28,4%). O novo programa, conduzido por Cristina Ferreira, foi acompanhado por uma média de 1 milhão e 434 mil espetadores. À mesma hora, The Voice Kids (7,3% / 13,5%) mantinha-se em terceiro, com uma média de 691 mil telespetadores. O formato parece ter sido o mais prejudicado pelas apostas das privadas, registando os valores de audiência média e quota de mercado mais baixos desde a estreia.

Com o fim do concurso de talentos da TVI, a liderança voltou à SIC, que exibia a final de A Máscara (12,4% / 25,7%). O primeiro segmento da noite foi acompanhado por uma média de 1 milhão e 176 mil telespetadores. Já o segmento Revelação Final (11,1% / 37,3%) fidelizou uma média de 1 milhão e 54 mil telespetadores, marcando máximos em audiência média e quota de mercado desde a estreia.

A essa hora, o Extra Especial (9,1% / 24,4%) do Big Brother – Duplo Impacto ficava em segundo, com uma média de 859 mil espetadores sintonizados. Na RTP1, o bloco As Equipas (1,9% / 6%) do The Voice Kids marcava mínimos em audiência média e quota de mercado. A fechar a noite, o Extra de Domingo (4,7% / 25,2%) do reality da TVI assumiu a liderança, frente ao bloco A Máscara – O Vencedor (2,1% / 15,2%).

Nos totais do dia, a SIC liderou nas audiências, com 23,2% de share, deixando atrás a TVI (17,5%) e a RTP1 (9,5%). O valor alcançado pela estação de Paço de Arcos é o melhor desde 9 de março de 2020, quando tinha marcado 23,8%.

Num dia de alto consumo televisivo, o canal da Impresa marcou também o maior número de espectadores desde 12 de abril de 2020, com uma audiência média ao longo do dia que foi de 7,1%, quase 700 mil espectadores. Entre as 12h10 e as 22h20, a SIC liderou praticamente sem interrupções.

Outros destaques:

  • Apesar de não ter conseguido assumir a liderança, a emissão do Olhá SIC (3,7%/15,8%) marcou máximos, tanto de audiência média como de quota de mercado.
  • TVI emitiu um bloco adicional de Somos Portugal (5,2%/13,5%) ao final da manhã, marcando mínimos de audiência e ficando atrás de Vida Selvagem (10,7%/28,2%). O documentário da SIC teve, por sua vez, os melhores resultados do ano, com uma média de 1 milhão e 15 mil telespetadores sintonizados.
  • Ao início da tarde, o Fama Show (10,4%/25,6%) marcou o melhor valor de quota de mercado do ano. Na estação pública, a emissão do Faz Faísca (2,3%/5,8%) registou o valor mais baixo de share.
  • Especial: Mulheres da Nossa Vida do Domingão (10,3% / 22,3%) marcou o melhor valor de quota de mercado do ano, com uma média de 976 mil espetadores. Em segundo, o Somos Portugal (6,6%/14,5%) foi acompanhado por uma média de 627 mil espetadores.
  • RTP2 alcançou um resultado superior à média (1,6%), marcando máximos em várias emissões desportivas. Logo de manhã, o Campeonato Europeu de Pista Coberta (0,9%/3,5%) marcou máximo de quota de mercado, com uma média de 89 mil espetadores sintonizados. À tarde, a mesma prova rendeu máximo de audiência média, fruto de uma média de 123 mil espetadores (1,3%/2,9%). A partida de basquetebol, entre FC Porto e Sporting, também rendeu máximos, tanto em rating como em share, fidelizando uma média de 107 mil telespetadores (1,1%/2%).

Dados de audiências da GfK/CAEM para 7 de março. Valores Live+VOSDAL.

Mais Artigos
Bento Rodrigues conduziu o Primeiro Jornal no dia da leitura da decisão sobre a Operação Marquês.
Audiências. Operação Marquês dá melhor resultado do ano a ‘Primeiro Jornal’