Dolly Parton
Fotografia: Reprodução

Dolly Parton mostra entusiamo pela vacinação com nova versão de ‘Jolene’

A cantora alterou a letra do seu êxito para celebrar a vacina que ajudou a financiar.

Num pequeno vídeo de quatro minutos, a lenda do country Dolly Parton mostra (e canta sobre) como não custa nada tomar a vacina contra a Covid-19. A cantora fez uma nova versão do êxito ‘Jolene’ para celebrar o momento.

Na rede social Twitter, publicou um vídeo em que fala com o público enquanto lhe administram a vacina que ajudou a financiar. No inicio da pandemia, Parton fez uma doação de 1 milhão de dólares que ajudou a financiar três projetos de investigação sobre o vírus, entre eles a vacina da Moderna.

“Estou tão entusiasmada, já estou à espera há algum tempo, tenho idade suficiente para a tomar e sou inteligente o suficiente para a tomar”. É com estas palavras que Dolly, com 75 anos, se apresenta, seguindo com uma versão ligeiramente modificada do seu êxito Jolene’ adaptado à ocasião, onde faz um trocadilho com vaccine (vacina em inglês).

A artista foi vacinada pelo Dr. Naji Abumrad, um amigo próximo. Os dois conheceram-se depois da cantora se envolver num acidente de carro que a levou às urgências para ser tratada pelo mesmo. A partir daí, desenvolveram uma amizade próxima, e foi uma conversa entre ambos, no início da pandemia, que levou Parton a financiar várias investigações.

Cheia de boa disposição e até vestida para a ocasião com uma camisola com os braços expostos, Dolly fala sobre a importância da vacina e aborda quem foge de a tomar: “eu só queria dizer a todos os cobardes por aí fora, para não serem tão galinha medricas. Saiam e vacinem-se”. Dolly Parton esteve em fila de espera para tomar a vacina desde dezembro, mas não aproveitou o seu estatuto de financiadora para a tomar mais cedo.

com Tiago Serra Cunha
Mais Artigos
‘Os Simpsons’. Hank Azaria pede desculpa pelo impacto negativo de Apu