Sentinelle

‘Sentinelle’. Netflix lança thriller sobre vingança após agressão sexual

Depois de Terra e Sangue, Sentinelle é o novo filme de Julien Leclercq para a Netflix. A produção francesa estreia na plataforma de streaming esta sexta (5). Embora classificada como thriller de ação, esta obra tem sido destacada pelo seu realismo, uma vez que aborda um tema importante e atual: a agressão sexual.

O filme conta a história de Klara (Olga Kurylenko), uma soldado de 33 anos que, depois de ter vivido os horrores da guerra da Síria, foi transferida para Nice como parte da Operação Sentinelle. Reunida com a mãe e a irmã, ela tenta reconstruir a vida que tinha deixado para trás, no entanto, os velhos hábitos vêem-se difíceis de deixar.

Numa noite, depois de ir a uma discoteca, Tania (Marilyn Lima), a irmã de Karla, é encontrada quase morta na praia. Depois de perceber que ela tinha sido violada e espancada, a soldado usa o seu treino e as suas habilidades letais para encontrar o responsável pela agressão. “Ele vai pagar por aquilo que fez”, pode ouvir-se no trailer.

Esta caça impiedosa irá guiá-la no encalço de Yvan Kadnikov (Andrey Gorlenko), o filho de um poderoso oligarca russo da Riviera Francesa. Apesar do perigo evidente, nada fará com que Karla desista de vingar a irmã.

Para além dos protagonistas, o elenco de Sentinelle conta ainda com a presença de, Michel Biel, Carole Weyers, Michel Nabokoff, Martin Swabey, Blaise Afonso, Guillaume Duhesme e Gabriel Almaer. O argumento foi também escrito por Leclercq, juntamente com Matthieu Serveau. A realizadora é ainda conhecida pelos filmes Chrysalis, The Assault, Gibraltar, The Crew e The Bouncer.

 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Simão Oliveira vence ‘The Voice Kids’ e representa Portugal na Eurovisão Júnior