Óscares com maior número de candidaturas desde 1970.
Facebook

Óscares. Academia com maior número de inscrições desde 1970

É o maior numero de inscrições dos últimos 50 anos na categoria de Melhor Filme

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, a organização responsável pela organização da cerimónia dos Óscares, revelou esta quinta-feira (25) a lista completa de candidatos ao prémio de Melhor Filme, contabilizando 366 admissões.

Este número é o mais alto desde a cerimónia de 1970, que contabilizou 374 filmes inscritos. Ainda assim, fica longe do recorde de 568 filmes que aconteceu logo na primeira cerimónia dos Óscares.

As regras de elegibilidade para os prémios do cinema deste ano foram mudadas, muito por conta da pandemia de COVID-19 que assolou todo o mundo. Uma das principais mudanças teve a ver com a aceitação de vários filmes que não estiveram estreia em cinemas, algo essencial em outros anos. Também serão aceites filmes lançados já em 2021, o que não costuma acontecer.

A categoria para o Óscar de Melhor Filme terá, no máximo, 10 filmes, sendo que normalmente as nomeações ficam-se entre os sete e os nove. No entanto, a partir da cerimónia de 2022 serão sempre nomeados 10 projetos, ao abrigo das novas regras da diversidade aprovadas pela Academia.

Para que um filme possa ter chances de ser nomeado para a categoria máxima da cerimónia tem que recolher, pelo menos, 5% dos votos dos elementos inscritos na Academia, sendo que isso pode nem ser suficiente para conseguir um lugar no prestigiado grupo de possíveis galardoados.

Entre as várias inscrições estão Mank, The Trial of The Chicago 7, Minari e Promising Young Woman, todos eles cogitados para vencer o grande prémio. O principal favorito continua a ser Nomadland, o filme de Chloé Zhao. Também é esperado que vença o Óscar de Melhor Realizador, tornando-se a primeira mulher asiática a fazê-lo.

Os 9 mil votantes da Academia terão entres os dias 5 e 10 Março para votar nos seus favoritos, com a cerimónia a decorrer no dia 25 de Abril.

Mais Artigos
Sofia Arruda revelou assédio
“Essa é a tua última decisão”. Sofia Arruda revela assédio que lhe custou o emprego