Festival da Canção
Fotografias: Divulgação

Festival da Canção 2021. Conhece as vozes da segunda semifinal

A segunda semifinal do Festival da Canção 2021 vai para o ar este sábado (27), em direto a partir dos estúdios da RTP. Na segunda e última eliminatória do certame, mais dez concorrentes lutam por um lugar na final de março.

Alguns dos artistas que vão interpretar os temas a concurso já são conhecidos pelo público. No entanto, apesar das suas carreiras musicais, nem todos têm este reconhecimento. Quem são os rostos que podem vir a representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção?

Espalha-Factos dá-te a conhecer, por ordem de atuação, a história das vozes que compõem o lote de concorrentes da segunda semifinal do Festival da Canção.

1. Da Chick – ‘I Got Music’ (Autora: Da Chick)

Festival da Canção
Fotografia: Discotexas

Da Chick lançou o primeiro EP em 2012 e a partir daí não parou mais. Curly Mess precedeu o álbum de estreia, Chick to Chick, lançado em 2015; em 2017 chega Call Me Foxy; e em 2020 lança Conversations with the Beat, trabalho totalmente composto e produzido pela artista. Ao longo da sua carreira já colaborou com artistas como Moullinex ou Xinobi, atuou em diversos festivais portugueses (chegou a cantar com Peaches em 2017) e, além de compositora, cantora e produtora, trata de todos os aspetos da sua imagem artística, desde os vídeos ao styling.

No Festival da Canção, compõe e interpreta ‘I Got Music’.

2. Tainá – ‘Jasmim’ (Autora: Tainá)

Festival da Canção
Fotografia: Sons em Trânsito

A artista de origem brasileira, com ascendência indígena, teve uma vida nómada. Tainá, de 23 anos, estudou música no Brasil, numa escola onde trabalhou para pagar o seu curso. A edição d0 primeiro álbum, um sonho da cantora, era um sonho que acabou por se concretizar em 2019 com o lançamento de Sonhos.

Percorreu espaços e festivais pelo país nesse ano e em 2020 preparava-se para uma digressão nas grandes salas, cancelada devido à pandemia. Mesmo assim, lança dois singles‘Caminho’‘Senti’; em 2021, compõe e interpreta ‘Jasmim’ no Festival da Canção.

3. Ariana – ‘Mundo Melhor’ (Autor: Virgul)

Festival da Canção
Fotografia: Divulgação

A música sempre esteve presente na vida de Ariana Abreu. Começou por cantar fado, mas acabou por encontrar o seu caminho musical no soul e no R&B. Em 2014, com 13 anos, participa no The Voice Kids Portugal, da RTP, onde chegou até às batalhas na equipa de Raquel Tavares. Pelo meio participou em projetos do canal Cartoon Network e em 2019 regressa ao The Voice Portugal.

Esta não é a estreia de Ariana no Festival da Canção. A jovem artista subiu ao palco em 2020 como uma das coristas e dançarinas de Kady em ‘Diz Só’, tema composto por Dino D’Santiago. Este ano, é a convidada de Virgul para interpretar ‘Mundo Melhor’.

4. EU.CLIDES – ‘VOLTE-FACE’ (Autor: Pedro da Linha)

Festival da Canção
Fotografia: Facebook/EU.CLIDES

EU.CLIDES nasceu em Cabo Verde, em 1996, e cresceu em Portugal. Aos oito anos, entra no Conservatório de Música de Aveiro Caloutse Gulbenkian, onde iniciou estudos em guitarra clássica. Mais tarde, em 2016, muda-se para Paris, onde inicia uma carreira como guitarrista. Nos últimos anos, fez digressões com Daara J Family (grupo musical do Senegal) e Mayra Andrade e, em 2020, arranca o seu projeto a solo.

Até ao momento, lançou os singles ‘Terra Mãe’‘Ira Para Que’‘Tempo Torto’. No Festival, foi convidado por Pedro da Linha a interpretar VOLTE-FACE’.

5. Joana Alegre – ‘Joana do Mar’ (Autora: Joana Alegre)

Festival da Canção
Fotografia: RTP

Joana Alegre, filha do poeta Manuel Alegre, é cantautora de formação clássica. Inicou estudos na Orquestra de Câmara do Colégio Moderno e em guitarra clássica na Academia Duarte Costa e completou esta formação no Hot Club de Portugal, Summer  School  New  School  em Nova Iorque e na Meredith Monk House  Foundation. Foi vocalista de uma banda, participou em musicais e lançou um primeiro disco produzido por Mikkel Solnado, Joan  &  The White Harts.

Em 2019 foi finalista do The Voice Portugal e, atualmente, prepara um segundo disco de originais com Luísa Sobral e um EP de celebração ao 85.º aniversário de Manuel Alegre. No Festival, compõe e interpreta ‘Joana do Mar’.

6. Pedro Gonçalves – ‘Não Vou Ficar’ (Autor: Pedro Gonçalves)

Festival da Canção
Fotografia: Instagram/Pedro Gonçalves

 

 

Pedro Gonçalves ganhou maior reconhecimento ao participar na edição de 2015 do The Voice Portugal, onde ficou em segundo lugar. Mas a carreira musical tinha-se já iniciado em 2012, altura em que começou a publicar vídeos no YouTube que alcançaram milhares de visualizações. Participou pela primeira vez no Festival da Canção em 2017, a interpretar ‘Don’t Walk Away’, tema composto por João Pedro Coimbra.

Depois de vários singles de sucesso nas tabelas nacionais, Pedro Gonçalves é um dos dois autores selecionados através do processo de livre submissão para o certame deste ano, onde interpreta ‘Não Vou Ficar’, tema composto pelo próprio.

7. Ana Tereza – ‘Com um Abraço’ (Autora: Viviane)

Festival da Canção
Fotografia: Instagram/Ana Tereza

Ana Tereza nasceu em 1996 em Faro e cresceu em Guimarães. O percurso musical iniciou-se aos 8 anos, participando em coros, bandas e concursos. Em 2015 funda com três outras artistas a banda Gaijas, um projeto de homenagem às mulheres do rock português. Entre participações em concertos de artistas e uma carreira freelance como cantora pop/rock, lança dois singles com a banda Gaijas e em 2020 lança um canal de YouTube de covers clássicos. No Festival de 2021, interpreta Como um Abraço’, composição de Viviane.

8. Carolina Deslandes – ‘Por um Triz’ (Autora: Carolina Deslandes)

Festival da Canção
Fotografia: Divulgação

Uma das artistas de maior sucesso no atual panorama musical português, a carreira de Carolina Deslandes começou depois de participar no concurso Ídolos, em 2010. Em 2012 lança o primeiro álbum, homónimo, que incluiu o single ‘Não é Verdade’. Seguiu-se Blossom, de 2014; CASA, de 2018; e no final de 2020 lança o EP MULHER, que esteve em primeiro lugar nas tabelas de vendas nacionais. Para o Festival, compôs e vai interpretar ‘Por um Triz’.

9. Graciela – ‘A Vida Sem Acontecer’ (Autor: João Vieira)

Festival da Canção
Fotografia: Miguel Flor/Divulgação

Graciela é natural de Barcelos, onde nasceu em 1989. Estudou piano clássico e canto, continuando a formação musical ao longo da adolescência. É cantora, teclista e compositora na banda Dear Telephone, projeto com o qual já lançou três álbuns. Ao longo da carreira, já participou em projetos de várias bandas e autores portugueses e foi parte integrante da formação de outros. Além de artista na área da música, é também designer gráfica desde 2010.

No Festival da Canção 2021, Graciela interpreta ‘A Vida Sem Acontecer’, tema composto por João Vieira (White Haus).

10. NEEV – ‘Dancing In The Stars’ (Autor: NEEV)

Festival da Canção
Fotografia: Facebook/NEEV

NEEV tem já, aos 26 anos, uma carreira com um início sólido e reconhecimento internacional. Em 2015 assinou o primeiro contrato discográfico em Los Angeles, nos Estados Unidos e, recentemente, assina novo contrato com a Universal Music France e outro com a BMG Germany, na Alemanha. Philosotry, o seu primeiro álbum, contou com nomes de peso da música internacional na produção e nos instrumentais, como Chris Bond, Larry Klein ou músicos como Brian Macleod e Dean Parks.

O segundo álbum, inicialmente previsto para 2020, foi adiado para este ano devido à pandemia. Em 2021 participa também no Festival da Canção, onde compõe e interpreta ‘Dancing In The Stars’.

Ouve o EFVisão, novo podcast do EF sobre o Festival da Canção:

A segunda semifinal do Festival da Canção 2021 vai para o ar este sábado, 27 de fevereiro, a partir do Estúdio 1 da RTP. Esta eliminatória apura mais cinco canções para um total de dez concorrer na Grande Final, agendada para dia 6 de março.

Na primeira semifinal, ‘Love is on My Side’ (The Black Mamba), ‘Na Mais Profunda Saudade’ (Valéria), ‘Dia Lindo’ (Fábia Maia), ‘Saudade’ (Karetus & Romeu Bairos) e ‘Contramão’ (Sara Afonso) foram os cinco temas a transitar para a final.

Depois da vitória de Elisa com ‘Medo de Sentir’ em 2020, inicia-se a busca pelo novo representante português na próxima edição do Festival Eurovisão da Canção, que acontece em maio em Roterdão, nos Países Baixos. A RTP garantiu a presença de Portugal no concurso europeu, que tem planeados vários cenários para que o festival aconteça mesmo em situação pandémica.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Princípio, Meio e Fim
Crítica. ‘Princípio, Meio e Fim’ é uma ode à criatividade