Estes são os melhores especiais de comédia para ver em streaming

Rir tem muitos benefícios, desde ajudar a nossa saúde-mental até reforçar o nosso sistema imunitário. Por ser um exercício tão importante, e para celebrar todos aqueles que nos fazem libertar uma boa gargalhada, o Espalha-Factos sugere 12 dos melhores especiais de comédia para ver em streaming

London Hughes: to Catch a D*ck (2020)

Mudou-se para os Estados Unidos, em fevereiro de 2020, com a intenção de os conquistar. Infelizmente, teve pouca sorte e uma pandemia começou. É desta forma que somos introduzidos a London Hughes, a nova princesa negra da comédia proveniente do Reino Unido. Com um espetáculo gravado ao ar livre e em frente a uma audiência com máscaras, To Catch a D*ck é o espetáculo que todos precisamos neste momento. Intitulada por si mesma de versão feminina de Richard Pryor, Hughes traz-nos peripécias sobre encontros com homens, histórias sobre a adolescência e o seu primeiro emprego na televisão. Para além disso, deixa uma questão a todos: “se homens comediantes e confiantes podem ter sexo com modelos e celebridades, porque é que eu não posso?”. 

Está disponível na Netflix.

Ali Wong: Hard Knock Wife (2018) 

 - Fotos de produção
Fotografia: Netflix/Divulgação

Como nem tudo é um mar de rosas, Ali Wong leva-nos numa viagem cómica pelas felicidades e frustrações que envolvem a maternidade, sem deixar para trás detalhes insólitos como o que de facto faz um consultor da lactação. Para além disso, Ali Wong atreve-se a explorar alguns temas que são considerados muitas vezes tabus para as mulheres, sejam elas novas mães ou não, como o sexo, a amamentação versus fórmula de bebé e o estado do casamento. O especial está disponível na Netflix

Leslie Jones: Time Machine (2020)

Time Machine é o tipo de especial de comédia que nos vai fazer ficar arrependidos por não estarmos a assisti-lo numa plateia ao vivo. Com uma anfitriã de luxo, considerada por muitos um dos grandes ícones da comédia atual, Leslie Jones presenteia-nos com um espetáculo que nos faz rir e entrar numa máquina do tempo.  Pronta para mergulhar no tempo, Jones conta-nos os episódios mais engraçados da sua vida desde os famosos 20 até ao processo de aceitação de fazer 50 anos. 

Trevor Noah: Son of Patricia (2018) 

Trevor Noah
Fotografia: Netflix/Divulgação

Trevor Noah regressa para o seu segundo especial de comédia, desta vez afastado do molde noticioso pelo qual se tornou conhecido em The Daily Show. Desenvolvido em parceria com a Netflix, Son of Patricia é inspirado pela mãe do comediante, fonte inesgotável de sabedoria para sobreviver aos dias que correm. Ao longo de pouco mais de uma hora, o comediante fala das suas experiências enquanto imigrante nos Estados Unidos, abordando também o racismo estrutural fortemente sentido no país. Mais uma vez, Trevor Noah demonstra o seu talento para expor temáticas sérias pelo humor, numa sessão, sem dúvida, inesquecível.

Ricky Gervais: Humanity (2018)

Depois de oito anos de paragem, Ricky Gervais regressou em 2018 com o especial de comédia Humanity, onde aborda precisamente o estado da humanidade, tocando em vários temas que vão desde a fama até à morte, passando por polémicas que algumas das suas piadas geraram, recorrendo sempre ao seu poderoso sarcasmo que não deixa ninguém indiferente. O especial está disponível na Netflix

Daniel Sloss: Live Shows  (2018) 

Daniel Sloss
Fotografia: Netflix/Divulgação

Live Shows inclui dois especiais de comédia de Daniel Sloss — Dark e Jigsaw. Em Dark, o escocês de 30 anos, leva-nos a acreditar que tem uma vida excelente para rapidamente nos tirar o tapete, e o solo Jigsaw contém uma reflexão brutalmente honesta e crua sobre as relações humanas. O humorista tem a capacidade de nos deixar frequentemente desconfortáveis com as suas reflexões, criando momentos de tensão que terminam quando ele, com maestria, decide. Pode ser visto na Netflix.

Kevin Hart: Zero F**ks Given (2020)

É a partir da sala de estar de sua casa que Kevin Hart nos presenteia com o seu mais recente espectáculo de stand-up comedy. O também ator norte-americano, que é já bem conhecido do público por filmes como Jumanji, Central Intelligence e The Upside, abre as portas de sua casa onde durante uma hora fala sem filtros ou tabus. Para além de  Kevin Hart: Zero F**cks Given, que se encontra disponível na Netflix, estão também disponíveis na mesma plataforma outros espetáculos do comediante.  

Dave Chappelle: Equanimity (2017)

Um dos primeiros especiais de Dave Chappelle que marcou o início de um regresso à ribalta. Entre humor mais corriqueiro, existe uma forte reflexão sobre a alma norte-americana, em particular nos momentos finais do especial.  Dave Chappelle mostra porque é um dos maiores pensadores dentro do mundo da comédia. O especial está na Netflix.

Dave Chappelle: Sticks & Stones (2019)

Dave Chappelle
Fotografia: Divulgação/Netflix

Arriscado, ácido e a disparar para todos os lados. Dave Chappelle responde aos críticos com o estilo que eles detestam, mas os fãs adoram. É o especial mais forte do comediante para o serviço de streaming da Netflix.

Marc Maron: End Times Fun (2020)

Marc Maron previu o apocalipse em 2020… mal ele sabia o quão certo estaria. End Times Fun volta a ser uma mistura de dores do dia a dia, psicoanálise das taras do comediante e, claro, umas boas doses de críticas a Trump. O segmento final, dedicado a um possível fim das eleições americanas é das descrições mais alucinadas e inspiradas de um especial de comédia. Pode ser visto na Netflix.

Bill Burr: Paper Tiger (2019) 

Bill Burr
Fotografia: Netflix/Divulgação

O nosso “tio rabugento” favorito. Num espetáculo descontraído disponível na Netflix, em que parece que estamos numa conversa entre amigos, Bill Burr diz barbaridades sem ofender e coloca o dedo na ferida sem tornar as coisas desconfortáveis. É um dos comediantes que melhor sabe desviar-se de balas, enquanto dispara certeiramente. 

Rui Sinel de Cordes: Memento Mori (2019)

Para quem é fã de humor negro, este é certamente um nome já familiar. Rui Sinel de Cordes é um dos maiores comediantes deste tipo de humor mais arrojado e considerado por muitos até ofensivo. Não é um género humorístico para todos, mas para quem aprecia o humor negro este é o espectáculo de stand up perfeito. Memento Mori é o sétimo espectáculo a solo do humorista que rapidamente esgotou e encheu as principais salas de espectáculo em Portugal. Vida, Morte, Doenças, Religião e Homosexualidade são alguns dos temas controversos deste stand-up comedy. O espectáculo está disponível na íntegra no Youtube e no TVI Player.

Artigo de Catarina Amado e Carolina Correia (coord.) com Débora Felicidade, João Malheiro, Márcia Rénio, Matilde Dias e Pedro Terrantez.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
steven spielberg
Steven Spielberg. O que já se sabe sobre o novo filme autobiográfico