Super Bock Arena - Pavilhão Rosa Mota
Fotografia: Facebook / Super Bock Arena-PRM

DGS e Ministério da Cultura desmentem aprovação de eventos-piloto em Lisboa e no Porto

A notícia foi avançada pelo JN e entretanto retificada pela RTP

A Direção-Geral de Saúde (DGS) e o Ministério da Cultura vieram desmentir a autorização para a realização de eventos-piloto em Lisboa e no Porto.

A informação fez parte dos destaques da edição desta quinta-feira (25) do Jornal de Notícias, sendo posteriormente republicada em vários meios de comunicação social, entre os quais o Espalha-Factos. De acordo com o JN, a DGS tinha aprovado a realização de dois eventos-piloto que serviriam para atestar a viabilidade de festivais e eventos culturais este ano.

À RTP, o ministério confirmou a realização de reuniões entre associações que representam o setor, a DGS e os representantes do Ministério da Saúde e do Ministério da Cultura, em que foram apresentadas propostas neste sentido. No entanto, e contrariamente ao que havia sido noticiado, estas propostas não foram aprovadas, estando ainda num processo de estudo. Também a DGS confirmou a apresentação destas propostas mas garante que “são apenas documentos de trabalho”.

O que parecia ser uma opção, não chegou a ser confirmado. De acordo com o JN, a DGS havia aprovado a realização de dois eventos-piloto no Pavilhão Rosa Mota, no Porto, e no Campo Pequeno, em Lisboa. Ainda sem data em concreto, o jornal avançara que os espetáculos seriam realizados após o atual confinamento obrigatório, com recurso a três testes rápidos de despistagem à Covid-19 aos espectadores (72h antes do evento, no próprio dia e 14 dias depois). O uso de máscara obrigatório também era mencionado, bem como a possibilidade de pessoas vacinadas participarem na experiência social.

Depois de se verem cancelados em 2020, os vários festivais de verão procuram agora uma oportunidade segura para voltarem em 2021. Há uma nova reunião marcada para dia 5 de março, onde serão analisadas as preocupações e propostas dos agentes e associações culturais.

À semelhança do que já aconteceu no ano passado em Londres e em Barcelona, o objetivo destes eventos-piloto, entretanto desmentidos, era o de potenciar um ambiente controlado em que todos os participantes testavam negativo à Covid-19. Os eventos seriam uma espécie de bolhas livres de contágio, onde assistir a música ao vivo se tornaria seguro.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Meghan Markle
Harry e Meghan revelam detalhes da primeira série na Netflix