Demi Lovato
Fotografia: Demi Lovato / Facebook

Demi Lovato fala abertamente sobre vícios e distúrbios em nova série

Chama-se Demi Lovato: Dancing with the Devil, estreia a 23 de março no Youtube, e tem quatro episódios. A nova série documental acerca da vida de Demi Lovato, realizada por Michael D. Ratner, promete revelações inéditas sobre da vida da cantora, numa perspetiva de consciencialização sobre o vício, distúrbios alimentares e importância da saúde mental.

As certezas de revelações inéditas surgem depois de ter sido publicado o trailer da série documental no Youtube, onde é revelado que Demi esteve perto de morrer devido à overdose que sofreu em julho de 2018, que lhe provocou um ataque cardíaco e três acidentes vasculares cerebrais (AVC).

Depois de ter sido encontrada inconsciente na sua casa em Hollywood Hills, a cantora, na altura com 26 anos, foi internada num hospital em Los Angeles onde a própria revela que os médicos lhe deram cinco a dez minutos de vida.

Consequentemente, Demi Lovato apresenta atualmente danos cerebrais provenientes do incidente, e afirma: “Não posso conduzir porque tenho ângulos cegos na minha visão. Durante muito tempo não conseguia ler.

Para além disso, é também possível perceber pelo trailer que a série documental irá estar repleta de testemunhos de pessoas próximas de Demi Lovato, como os seus pais, amigos mais íntimos e até mesmo figuras conhecidas como Elton John e Christina Aguilera, que irão relatar a sua perspetiva dos acontecimentos dramáticos de 2018.

A série irá ainda retratar outros aspetos da vida da cantora e atriz norte-americana, como o seu transtorno bipolar, a pressão de crescer enquanto estrela da Disney, a origem dos seus vícios e dos seus distúrbios alimentares e a forma como Demi gere a fama.

Durante a conferência de imprensa do lançamento da série documental, Demi disse: “Nos últimos dois anos, ouvi muitas histórias sobre a minha vida e o que as pessoas pensam que aconteceu. Eu quero esclarecer o que se passou e revelar tudo aos meus fãs”, sendo que este documentário surge não só como uma tentativa de resposta a todos os rumores falsos que surgiram relativamente aos acontecimentos dos últimos anos, como também é uma tentativa ajudar todos aqueles que se encontram a batalhar contra vícios e distúrbios alimentares.

Mais Artigos
robbie williams
Vida de Robbie Williams chega ao cinema em ‘Better Man’