Timothée Chalamet em anúncio da Chevrolet
Fotografia: Reprodução

Anúncio com Timothée Chalamet conquista as redes sociais

Anúncio Super Bowl: Timothée Chalamet como filho de Eduardo Mãos de Tesoura

Timothée Chalamet teve uma participação marcante no Super Bowl deste ano. Chalamet protagonizou Edgar, filho de Eduardo Mãos-de-Tesoura, num anúncio da Cadillac. Edward foi a personagem criada por Tim Burton e protagonizada por Johnny Depp no filme de 1990. O anúncio gerou imediatamente furor nas redes sociais.

A publicidade tomou, como de costume, um papel importante no evento desportivo mais assistido do ano. Os anúncios reproduzidos no Super Bowl são geralmente marcados pela sua extraordinária qualidade cinematográfica, efeitos especiais e sentido de humor. Na 55.ª edição do evento, a adorada narrativa de 1990 revisita o presente através de Edgar, filho de Edward e o novo mundo.

Desta vez num cenário moderno que abandona os anos noventa, são enaltecidas as dificuldades e desafios no quotidiano de Edgar, que herdou as mãos de tesoura do pai. Consequentemente, cortes na própria cara, distúrbios na sala de aula, ser expulso do autocarro são apenas algumas das adversidades da sua vida.  Quando a mãe compra o carro elétrico Cadillac LYRIQ, este surge como um escape aos problemas do filho – “E Edgar conduziu rumo ao pôr do sol“, diz Kim no final do anúncio.

Winona Ryder regressa ao papel de Kim, 31 anos após o original em Eduardo Mãos-de-TesouraA atriz conta à Variety que se interessou de imediato pelo papel. Agradou-lhe a ideia de trabalhar com Timothée Chalamet, bem como o facto de se tratar de um carro elétrico. O comunicado de imprensa divulgado pela Cadillac revela que Tim Burton aprova também o conceito – “É raro quando um trabalho de que tens orgulho continue a viver e evolua com os tempos, mesmo depois de 30 anos“.

Numa entrevista à Vogue, a estrela de Call Me by Your Name conta que sempre foi um enorme fã de Burton. Igualmente, Chalamet sempre admirou o trabalho de Winona Ryder e diz que trabalhar com ela foi um sonho tornado realidade. 

Mais Artigos
Óscares com maior número de candidaturas desde 1970.
Óscares. Academia com maior número de inscrições desde 1970