Lei e Ordem: Unidade Especial
Fotografia: Virginia Sherwood/NBC

‘Lei e Ordem: Unidade Especial’ regressa à FOX Life

A série regressa dia 8 de fevereiro para a 22.ª temporada

A nova temporada de Lei e Ordem: Unidade Especial vai regressar à Fox Life esta segunda-feira, dia 8 de fevereiro, às 23h10. A série original da NBC está em exibição desde 1999 e vai iniciar a vigésima segunda temporada. Este é o drama criminal mais longo da estação até ao momento.

A nova temporada de Lei e Ordem: Unidade Especial não ignora o contexto atual e vai representar a situação pandémica que Nova Iorque atravessa. A equipa de Olivia Benson (Mariska Hargitay) vai enfrentar não só um aumento de crimes durante a pandemia, como também uma crescente onda de violência policial.  O esquadrão da Unidade de Vítimas Especiais vai ter de responder aos consecutivos casos de violência doméstica que chegam ao Departamento da Polícia de Nova Iorque.

O enredo vai ter em conta as mudanças que ocorreram desde o final da temporada anterior, pelo que a pandemia do novo coronavírus e as manifestações do movimento Black Lives Matter foram introduzidas no enredo e servem de contexto em alguns dos episódios.

Em entrevista à TV Insider, Warren Leight, produtor executivo da série, explicou que logo no primeiro episódio vamos ver a equipa a enfrentar os seus próprios preconceitos depois de um ataque ao Central Park. Existirá também um episódio em que o acontecimento principal vai ter lugar depois de um isolamento social prolongado.

A temporada anterior terminou abruptamente devido à pandemia, o que fez com que a produção tivesse de ser suspensa. No último episódio iríamos finalmente presenciar o início do julgamento de Sir Tobias Moore (Ian McShane), o que acabou por não acontecer. De acordo com a advogada de Sir Toby, o réu sofreu um ataque cardíaco, e apesar das objeções de Dominick Carisi (Peter Scanavino) o julgamento foi novamente atrasado. Enquanto isso, Fin Tutuola (Ice-T) tentou proteger uma mãe e o seu filho de Leon Fuller (James Udom), marido e pai, após este ter sido libertado da prisão antes do final da sentença. As suas ações acabaram por provocar a morte de Leon, o que resultou num processo legal contra Fin.

A vigésima primeira temporada tinha sido pensada com quatro episódios a mais do que os que foram exibidos. Estava ainda planeado o regresso da família de Elliot Stabler (Christopher Meloni), um antigo membro da equipa. Como este regresso não foi possível na temporada anterior, Elliot Stabler vai voltar para visitar Olivia Benson dez temporadas depois da sua última aparição. Esta aparição de Elliot vai servir de introdução a uma nova sério do universo de Lei e Ordem: Lei e Ordem: Crime Organizado, que o personagem vai protagonizar. Leight avançou ainda que espera conseguir trazer de volta à série outros personagens antigos.

Lei e Ordem: Unidade Especial segue a história da Unidade Especial da Polícia de Nova Iorque. Esta equipa investiga crimes de abuso sexual, violência doméstica e abuso de menores. A série foi renovada ainda em 2020 e estão garantidas pelo menos mais duas temporadas após a conclusão da vigésima segunda.

Mais Artigos
Toy
‘À Boleia com Toy’. RTP1 estreia a versão portuguesa de Carpool Karaoke