Patrões Fora - Audiências
Fotografia: Divulgação/SIC

Audiências. SIC domina em pleno a noite de sábado

Todos os cinco programas mais vistos deste sábado ficaram acima da marca do milhão de telespetadores.

Em pleno período de confinamento, os valores de consumo televisivo continuam a mostrar-se elevados, com todos os cinco programas mais vistos deste sábado (30) acima do milhão de telespetadores. Com a liderança do daytime dividida entre os três canais generalistas, o destaque das audiências foi mesmo para o horário nobre, liderado, em pleno, pela SIC.

Com início pelas 9 horas, a emissão do novo programa das manhãs de sábado da SIC liderou a partir da segunda hora. Numa altura em que o até aí líder Bom Dia Portugal (2,2%/18,2%) saía do ar, o programa conduzido por Alexandra Lencastre tomou a dianteira – Estamos em Casa (2,7%/12,7%) continuou a liderar até ao final da emissão, destronando a repetição de Inspetor Max (2,5%/11,9% e 3,3%/11,9%) na TVI.

SIC manteve-se na liderança das audiências até à entrada de VivaVida (6,8%/16,4%), na estação de Queluz de Baixo, que continuou depois em primeiro com Em Família (7,1%/14%). Na SIC, ficavam atrás Casa Nova, Vida Nova (6,8%/16,1%) e Regresso ao Futuro (6%/13,6%), que, ainda assim, marcou o melhor valor de quota de mercado desde a estreia.

Em Família
Ruben Rua, Maria Cerqueira Gomes e Pedro Teixeira conduziram a emissão do ‘Em Família’. | Fotografia: Instagram

A liderança da Quatro saltou para a estação pública na reta final de Aqui Portugal (5,4%/11,3%), a que se seguiu O Preço Certo (11,7%/19,7%), o quinto programa mais visto do dia, com uma média de 1 milhão e 103 mil telespetadores. A SIC exibiu, nessa altura, o filme Lendas de Paixão (7,6%/13,7%), com as melhores marcas de audiência média e quota de mercado.

SIC domina em pleno o horário nobre

Se o daytime foi dividido entre os três canais generalistas, o mesmo não se pode dizer quanto ao horário nobre, liderado, em pleno, pela SIC, que dominou também o top 3 do dia. Todos os quatro programas da estação emitidos nessa faixa horária ficaram acima do milhão de espetadores.

A fechar esse top 3, ficou o Jornal da Noite (12,5%/20,1%), à frente do Jornal das 8 (10,7%/17,2%) e do Telejornal (10,7%/17,2%), ambos com os mesmos valores audimétricos e acima da marca do milhão de telespetadores. O informativo de Queluz de Baixo ficou à frente do da estação pública por três centenas de espetadores.

SIC emitiu o programa A Máscara em dois blocos, respetivamente, o primeiro e o segundo programas mais vistos do dia. O primeiro bloco registou 15% de audiência média e 25,6% de quota de mercado, com uma média de 1 milhão e 418 mil telespetadores sintonizados. Já A Máscara – A Surpresa (14,5%/29,4%) foi acompanhada, em média, por 1 milhão e 372 mil telespetadores.

A Máscara
Fotografia: Divulgação/SIC

Na TVI, o bloco O Regresso (10,8%/17,7%) de Bem Me Quer bateu a pior marca de quota de mercado, enquanto o episódio da novela (12,2%/20,4%) foi o quarto programa mais visto do dia. O último episódio de Conta-me Como Foi (3,1%/5,3%), na estação pública, foi acompanhado por uma média de 288 mil telespetadores, marcando o pior valor de quota de mercado.

A fechar a noite, a SIC liderava ainda as audiências com Patrões Fora (10,6%/24,6%), com uma média de 1 milhão e 5 mil telespetadores. Na TVIMental Samurai (7,1%/15%) marcava os piores valores de audiência média e quota de mercado.

No total do dia, a SIC venceu com 17,1% de share, à frente da TVI (14,9%) e RTP1 (11,1%). No Cabo, a CMTV marcou 4,1% e a SIC Notícias (2%) manteve-se líder no universo informativo.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Graça Freitas
Graça Freitas dá ‘Grande Entrevista’ na RTP3 um ano depois da chegada da pandemia