Fonte: Vitorino Coragem

Morreu o ator António Cordeiro aos 61 anos

Morreu António Cordeiro, 61 anos, mais conhecido por criar e protagonizar como detetive particular a série de crime Claxon  da RTP. O ator ficou também reconhecido por ter participado em novelas como Laços de Sangue, Mar Salgado e ainda no fenómeno Morangos com Açúcar.

Desde 2017 que António Cordeiro travava uma batalha contra a Paralisia Supranuclear Progressiva, uma doença neurodegenerativa. O problema de saúde afetou-lhe a fala e os movimentos, mas também levou a que emagrecesse.

Aquando do começo da pandemia de coronavírus, o ator esteve hospitalizado por duas semanas com uma pneumonia bacteriana, à qual resistiu.

António Cordeiro tinha sido internado ontem, 29 de janeiro, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde acabou por falecer pelas 17h30 de hoje, declara o jornal digital Observador. Até à data, e desde março de 2020, residia na Casa do Artista, uma instituição de solidariedade social que presta serviços aos artistas quando idosos.

Em 2018, foi convidado do apresentador Daniel Oliveira no programa de retrospetiva Alta Definição, mesmo já se encontrando afetado pela doença rara. A carreira de António Cordeiro arrancou com a série Duarte & C.a. e ficou marcada pela passagem na SIC, canal onde foi transmitida a última novela em que entrou, Espelho d’Água.

Apesar de ter trabalhado sobretudo para televisão, o ator fez uma excursão pela sétima arte, assinalando por exemplo presença nos créditos dos filmes Os Olhos da Ásia (1996) e Índice Médio de Felicidade (2017).

Mais Artigos
Amazon e a Juventus juntam-se num novo documentário.
Juventus terá documentário original na Amazon Prime Video