Bridgerton
Fotografia: Netflix

Fãs de ‘Bridgerton’ descobrem erro “moderno” nas filmagens

Bridgerton juntou-se ao clube de Game of Thrones depois de os fãs terem reparado num erro óbvio durante a abertura da série. Só que, desta vez, não é um copo do Starbucks que apareceu por engano numa cena.

O Twitter foi a rede social que os fãs de Bridgerton utilizaram para revelar um erro de gravações. Na abertura do primeiro episódio da série, é notória a presença de linhas amarelas pintadas nas estradas de Royal Crescent.

É importante reforçar o facto de a primeira temporada de Bridgerton se passar durante o ano de 1813, uma altura em que não existia carruagens puxadas por cavalos em estradas com linhas amarelas pintadas. Um século mais tarde, introduziram-se na Grã-Bretanha as linhas amarelas nas estradas para destacar os lugares de estacionamento.

A primeira temporada da série conta o romance inesperado entre a filha mais velha do clã Bridgerton, Daphne (Phoebe Dynevor), e o duque de Hastings, Simon Basset (Regé-Jean Page). Depois de a primeira temporada ter contado com 63 milhões de telespectadores nas primeiras semanas de exibição, revelando o seu sucesso, a Netflix confirmou a segunda temporada da série.

O anúncio de novos episódios confirmou que a história vai focar-se no irmão mais velho da família BridgertonAnthony (Jonathan Bailey) – enquanto este enfrenta a pressão social, de forma a conseguir ficar com quem realmente ama.

Em entrevista ao Digital Spy, Chris Van Dusen, o criador da série, disse que “adoraria ser capaz de explorar histórias de amor e romance para todos” os irmãos. As filmagens da nova temporada vão começar durante a primavera, em Londres. “Eu sei que o elenco mal pode esperar por voltar, e eu também não posso”, reforçou o criador à Variety, que garantiu que a próxima parte “será tão arrebatadora, emocionante e bonita como a primeira temporada da série”.

Mais Artigos
Manuel Luís Goucha
Goucha relembra início de carreira na TVI: “Não tive humildade suficiente”