RTP1 RTP
Fotografia: Sofia Matos Silva/EF

Fim da RTP Memória “não está determinado” pelo Governo

Depois dos rumores perante o fim da RTP Memória, levantados depois do anúncio de dois novos canais públicos na TDT, o fecho do canal está fora dos planos do Governo, anunciou esta terça-feira (19) o secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva.

As declarações do também ex-administrador da RTP  foram ouvidas na comissão parlamentar de Cultura e Comunicação, que aconteceu no âmbito da audição sobre a revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e de televisão.

Nuno Artur Silva explicou que “não está determinada em momento nenhum qualquer decisão de acabar com a RTP Memória, algo que ficou definido na Resolução de Conselho de Ministros aprovada no início de janeiro. O documento especifica que a estação pública tem liberdade para utilizar o canal, em parte ou na sua totalidade, para a transmissão de programas conteúdos destinados a públicos infanto-juvenis. Neste momento, o temático tem grande parte da grelha dos dias úteis ocupada com a transmissão das aulas do #EstudoEmCasa.

Assim sendo, a administração da RTP poderá, se desejar, “utilizar o espaço da TDT atribuído à RTP Memória para um futuro canal infantil, em parte ou totalmente. É uma disposição […], mas não determina o fim do canal”, acrescenta o secretário.

As suposições sobre o fecho da Memória foram levantadas pela Comissão de Trabalhadores da RTP depois do anúncio da chegada de dois novos canais do serviço público a chegar à televisão digital terrestre. A RTP África e um novo canal da estação dedicado ao conhecimento são as novas inclusões no serviço, ocupando os canais livres no MUX – a bolsa de canais da TDT.

Lê também: RTP África e novo canal público sobre conhecimento a caminho da TDT

Para além da RTP Memória, a estação tem três outros canais emitidos em sinal aberto na televisão digital: RTP1RTP2 RTP3.

Mais Artigos
All Together Now
‘All Together Now’ já tem data de estreia definida