Mulher Maravilha é um filme escrito, realizado e protagonizado por mulheres
Fotografia: Divulgação

Cinemas registam melhoria e ‘Wonder Woman 1984’ continua em primeiro

Wonder Woman 1984 continua a liderar o top de filmes mais vistos em Portugal. A semana até 13 de janeiro registou uma ligeira melhoria, apenas dias antes de ser decretado um novo confinamento geral. Os cinemas voltam a fechar a partir desta sexta-feira (15) em todo o país.

blockbuster de Patty Jenkins continua a levar pessoas ao cinema. Esta semana foram 3 698 pessoas a assistir ao filme protagonizado por Gal Gadot, que arrecadou 22 109,53 euros na bilheteira. Em 29 dias de exibição, Wonder Woman 1984 já foi visto por mais de 58 mil espectadores, gerando quase 343 mil euros de receita bruta.

O Amor é Uma AventuraSem Saída voltam a fechar o pódio, mas trocam de lugar esta semana. A comédia romântica de Dennis Dugan fica em segundo lugar, por ter sido vista por 1 418 espectadores e arrecadado 7 842,96 euros na bilheteira. Por sua vez, o filme de terror Sem Saída registou 1 208 espectadores e 6 747,36 euros de receita bruta nesta semana.

Missão: Vingança, filme de ação protagonizado por Mel Gibson, estreou-se esta semana e foi diretamente para o quarto lugar na lista dos mais vistos. Acumulou 1 071 espectadores e 5 787,86euros na bilheteira. A fechar o top 5 está Crash, o drama de 1996 de David Cronenberg com 683 espectadores e 3 852,29 euros de receita bruta.

O único filme português no ranking dos 20 mais vistos da semana é ListenA película de Ana Rita Rocha de Sousa foi vista por 201 espectadores, e gerou 1 123,11 euros na bilheteira semanal.

As salas de cinema portuguesas registaram 13 399 espectadores entre 7 e 13 de janeiro, mostram os dados do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA). A segunda semana de 2021 mostra uma ligeira melhoria face à semana anterior, com mais 8,7% de espectadores. Os números aproximam-se dos registados em novembro e início de dezembro.

Cinemas voltam a fechar

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou na quarta-feira (13) à noite o início de um novo período de recolher obrigatório que exige o encerramento dos cinemas e restantes espaços culturais. As salas de cinema fecham a partir desta sexta-feira (15), mas na quinta-feira (14) os cinemas ainda têm estreias e mantêm as portas abertas.

Em 2020, os cinemas registaram o pior ano para a exibição cinematográfica desde que o ICA contabiliza os dados dos exibidores. As quebras registadas foram de 75,5%. De 15,5 milhões de espectadores em 2019, os cinemas passaram para 3,77 milhões em 2020. As receitas diminuíram de 83,1 milhões de euros para 20,4 milhões de euros.