Fernando Correia em A Tarde é Sua
Fotografia: TVI

Fernando Correia lamenta processo de saída da TVI: “merecia um abraço final”

Fernando Correia sente-se injustiçado pela sua saída da TVI. Em entrevista ao semanário Sol, o jornalista desportivo lamenta a forma como foi dispensado da estação, onde esteve durante 16 anos.

Apanhou-me completamente de surpresa. Foi em agosto, num período em que estava de férias. O futebol estava mais ou menos parado e havia aí um argumento válido para não haver comentários”, explica o comentador de futebolInicialmente, estava acordado uma renovação do contrato com alteração das condições salariais com o então diretor de informação do canal, Sérgio Figueiredo. Contudo, problemas de saúde do comunicador levaram a que o regresso do jornalista fosse adiado.

Entretanto, estava em curso a mudança na direção de informação com Anselmo Crespo a substituir Sérgio Figueiredo. Fernando Correia também contribuiu para que o processo estagnasse, uma vez que lhe foi dito que “o ambiente estava um bocado confuso e que o melhor era esperar“.  O ex-diretor de comunicação do Sporting foi posteriormente contactado pelo novo responsável da informação da TVI que lhe informou “que o contrato ia ser rescindido porque havia uma nova política de comentadores“. Contudo, Anselmo Crespo sugeriu que o experiente jornalista fosse pago à peça, mantendo assim a ligação à estação.

Fernando Correia achou aceitável a proposta desde que fosse chamado regularmente. “Se me chamassem uma vez por mês, 200 euros não adiantava para o meu orçamento, mas se me chamassem duas vezes por semana já valeria a pena”, explica. Todavia, o único contacto que recebeu  desde aí “até hoje” foi “uma carta registada a dizer que o contrato tinha sido rescindido“.

Sem “abraço final” na saída

O jornalista considera que “pelo passado jornalístico interessante merecia um abraço final“, depois de um percurso na estação iniciado em 2004. “O meu desgosto vem pelo não reconhecimento do meu trabalho e pela forma de despedimento“, esclarece. Na atitude tomada pela atual direção de informação, Lurdes Baeta, atual sub-diretora, deixou-o especialmente desiludido,  por “quem tenho imensa consideração, e pensava que ela tinha a mesma consideração por mim“.

Fernando Correia tem um percurso de 63 anos ligados à comunicação social. O jornalista passou pela imprensa escrita, chegando a diretor do Diário Desportivo. Na rádio, onde passou a maior parte da sua carreira, passou por estações como a RDP, o Rádio Clube Português e a TSF.

Mais Artigos
microfone áudio podcast
Quais as melhores soluções para produzir um podcast?