demon-slayer
Fotografia: Divulgação

‘Demon Slayer’ ultrapassa ‘A Viagem de Chihiro’ como maior êxito de bilheteira no Japão

A nova produção de Haruo Sotozaki é agora o filme japonês mais lucrativo no país.

Nem a pandemia de Covid-19 consegue travar o sucesso do novo filme de Haruo Sotozaki, Demon Slayer the Movie: Mugen Train. A longa-metragem bateu recentemente recordes de bilheteira no Japão, ultrapassando A Viagem de Chihiro (2001), antigo detentor do marco com receitas no valor de, aproximadamente, 250 milhões de euros.

Os números, adiantados pelos distribuidores do filme Aniplex Inc. e Toho Co. esta segunda-feira (28), revelam que Demon Slayer arrecadou cerca de 257 milhões de euros desde a estreia, a 16 de outubro. O projeto afirmou-se como um estrondo de box office logo de início, ao reivindicar um impressionante montante de 82 milhões de euros em apenas 10 dias, algo inédito no Japão.

Baseado na série de manga assinada por Koyoharu Gotoge, o filme passa-se há 100 anos em território japonês, onde um rapaz se vê obrigado a matar os demónios responsáveis por dizimar a sua família. A narrativa passou a série em 2019, fator que alimentou a vontade de uma adaptação para o grande ecrã.

Os visuais impactantes e o argumento comovente tornam-se nas principais razões que levaram à popularização de Demon Slayer, particularmente requisitado em salas IMAX e 4D. A falta de êxitos norte-americanos nos cinemas japoneses acabou por propiciar o fenómeno, enquanto alternativa adequada a todas as faixas etárias.

O lançamento da longa-metragem aconteceu durante o fim da primeira onda de infeções no Japão, onde o futuro, embora otimista, ainda parecia incerto. Atualmente, o recorde de Demon Slayer coincide com o maior pico de casos de Covid-19 no país, incluindo oito infeções da nova estirpe da doença, originada no Reino Unido.

Demon Slayer the Movie: Mugen Train tem estreia mundial marcada para o início de 2021. Ainda não existe data para o lançamento do filme em Portugal.

Lê também: Hayao Miyazaki, criador de A Viagem de Chihiro, prepara um novo filme feito à mão
Mais Artigos
RTP1 RTP
Fim da RTP Memória “não está determinado” pelo Governo