Disney
Fotografia: via Divulgação

Séries, filmes e (muito) streaming. Conhece as novidades da Disney

A adaptação à pandemia foi complicada, mas a Disney mostrou que está preparada para dominar o entretenimento nos anos que aí vêm. O Investors Day da empresa aconteceu esta quinta-feira (10) e trouxe dezenas de novidades de todas as marcas da gigante, entre as quais a Marvel, os filmes de animação da Disney e da Pixar ou o mundo em expansão de Star Wars.

O que não faltam são projetos, revelados ao longo de quase quatro horas de evento que quiseram mostrar a todos quem manda aqui. As novidades, entre séries, filmes e outros planos das muitas valências da gigante do entretenimento, trazem um novo e reforçado foco no streaming, com a Disney+ a tornar-se parte integral da expansão dos seus universos.

A Walt Disney Company anunciou cerca de 50 novos conteúdos de live-action e de animação para o serviço de streaming, além de revelações e pontos de situação noutras dezenas de conteúdos para o grande ecrã e para divisões como a Hulu ou a FX.

Espalha-Factos resume todas as novidades que vão surgir ao longo dos próximos anos. Agarrem nas pipocas e nas carteiras, que a viagem é longa e, ao que parece, vai aumentar preços em breve.

Há séries para os mais crescidos a chegar à Disney+ – que vai ficar mais cara

A plataforma da Disney tem registado um sucesso quase estrondoso e sem precedentes – num ano, juntando todos os mercados onde opera, juntou mais de 137 milhões de subscritores. O serviço ainda está indisponível em zonas como o leste europeu ou países asiáticos, territórios onde deve chegar em 2021.

A expansão traz também uma novidade de peso. Para colmatar a ausência da Hulu fora de território norte-americano, foi anunciada a Star, uma nova plataforma que inclui conteúdo mais adulto. Em territórios como o Canadá, Austrália, Nova Zelândia ou a grande maioria do continente europeu (numa expansão que não deve chegar logo a Portugal), a marca vai estar integrada na plataforma do Disney+ como a sexta aba de conteúdos.

Esta é a maior expansão do catálogo do serviço, que vai passar a incluir produções da Disney Television StudiosHuluFX, conteúdo da 20th Century FOX, entre outros. O lançamento está marcado para 23 de fevereiro de 2021 nos mercados selecionados – incluindo Portugal, avançou a MAGG, mais tarde à Ásia e a outros territórios ainda não abrangidos. Na América Latina surge como uma plataforma aparte, a Star+.

Disney
Fotografia: Reprodução

Esta adição traz uma alteração de preço ao Disney+. Onde a Star fica inserida na interface, a assinatura sobe dois euros – passa a custar 8,99 euros na Europa, mas os antigos subscritores vão pagar o preço antigo (6,99€) durante seis meses.

As novas séries para adultos da Hulu e da FX

Os conteúdos para os mais crescidos também têm novidades a chegar. As novas produções da Hulu e da FX chegam a território internacional através da Star, que agrega as produções dessas e doutras divisões da empresa:

  • Only Murders, uma série da Hulu com Steve MartinMartin ShortSelena Gomez
  • The Droupot, a série biográfica da Hulu sobre Elizabeth Holmes com Kate McKinnon no papel principal
  • Dopesick, com Michael Keaton, Peter Sarsgaard Rosario Dawson
  • Nine Perfect Strangers, a adaptação do livro de sucesso homónimo com Nicole KidmanMelissa McCarthy

The Handmaid’s Tale tem a quinta temporada confirmada, com a quarta oficialmente agendada para estrear em 2021.

O clã Kardashian, que anunciou recentemente o final do seu reality-show no canal E!, assinou um contrato exclusivo com a Hulu de vários anos para a criação de novos conteúdos, internacionalmente na Star.

Keeping Up with the Kardashians
Fotografia: Divulgação

Já os anúncios da FX tiveram uma novidade que aguçou a curiosidade. Alien vai ter um novo capítulo, desta vez em formato de série. A produção de Noah Hawley será a primeira da saga a passar-se na Terra e deverá ter Ridley Scott como produtor executivo. O objetivo é misturar um “horror intemporal” do primeiro filme de 1979 com a “ação imparável” do segundo, de 1986.

Alien
Fotografia: Divulgação

Entre as outras séries anunciadas ou oficialmente confirmadas, que fazem parte das produções da FX exclusivas para streaming na Hulu, encontram-se:

  • The Old Man, protagonizada por Jeff Bridges
  • American Horror Stories, a nova antologia de Ryan Murphy que serve de spin-off à série original
  • Platform, de B. J. Novak
  • Reservation Dogs, criada por Taika Waititi
  • Y: The Last Man, protagonizada por Diane Lane
  • Uma nova adaptação de Shōgun, produzida por Tim Van Patten

O canal confirmou oficialmente e reforçou ainda as novas temporadas de Atlanta, American Horror Story, Dave, What We Do in the Shadows, Mayans, Better Things, Snowfall e Archer. Entre as renovações está uma inédita: It’s Always Sunny In Philadelphia recebe mais quatro temporadas e chega à 18.ª, tornando-se a maior sitcom da história da televisão.

As séries e filmes para todas as idades a chegar ao Disney+

Os anúncios para o streaming foram, quase literalmente, sem fim. A aposta da empresa na nova plataforma é clara e há mais produções a chegar ao serviço, entre novidades, reboots e mais dos pouco amados live-actions.

As novas versões com atores de carne e osso de A Pequena Sereia e o novo filme de O Rei Leão – que afinal vai ser uma espécie de prequela – devem estrear também nos cinemas, mas a rápida passagem para a plus está garantida. Entre as principais novidades estão também novas versões de Peter Pan (com Jude Law como Capitão GanchoYara Shahidi como Sininho) e Pinóquio (com Tom Hanks).

Mas há outras novidades no mundo dos filmes com imagem real. Duas inesperadas mas muito comentadas: uma sequela para Hocus Pocus realizada por Adam Shankman está em desenvolvimento, assim como… mais um filme de Do Cabaré para o Convento (Sister Act), com Whoopi Goldberg a regressar no papel principal. Chega também a muito pedida sequela do filme de 2007, Enchanted (Uma História de Encantar, em Portugal), chamada Disenchanted – claramente – que traz de volta Amy Adams ao papel da princesa Giselle.

Disney
Fotografia: Disney

Anunciados também:

  • Uma nova versão animada de À Noite no Museu para 2021
  • A série A Idade do Gelo recebe um spin-off, com The Ice Age Adventures of Buck Wild a chegar em 2022
  • O Diário de Um Banana recebe um novo filme animado
  • Uma nova versão de À Dúzia é Mais Barato chega pela mão da produtora de Blackish, Kenya Barris, em 2022. Gabrielle Union tem o papel principal
  • Flora and Ulysses em fevereiro de 2021
  • Uma nova versão de Three Men and a Baby com Zac Efron
  • Chip N’ Dale: Rescue Rangers vai misturar animação com live-action, com John MulaneyAndy Samberg
Séries
  • The Mighty Ducks: Game Changers, com Lauren Graham e Emilio Esteves
  • Um remake de Turner & Hooch, com Josh Peck
  • Big Shot, com John Stamos, Yvette Nicole Brown e Jessalyn Gilsig
  • The Mysterious Benedict Society, com Tony Hale e Kristen Shcaaled

Lucasfilm e o universo sem fim de Star Wars

Depois de três trilogias, outros filmes do universo e séries como The Mandalorian, os fãs de Star Wars não vão descansar nos próximos anos – há mais de dez projetos novos a chegar, entre séries para o streaming ou novos filmes com nomes de peso.

Fotografia: Entertainment Weekly / Disney

Há dois spin-offs de Mandalorian a chegar: Rangers of the New Republic Ahsoka (com Rosario Dawson), que devem fazer crossovers ao longo dos episódios. Andor, que chega em 2022, traz o regresso de Diego Luna de Rogue One.

Um dos eventos mais comentados foi o regresso de Darth Vader em Obi-Wan Kenobi, uma nova série que vê Hayden Christensen a repetir o famoso papel. O ator junta-se a Ewan McGregor como Kenobi, numa história passada dez anos depois de A Vingança dos Sith.

Disney
Fotografia: Twentieth Century-Fox Film Corporation

Mas há outras séries da Guerra das Estrelas a chegar ao Disney+ nos próximos anos:

  • The Bad Batch, um spin-off da série animada The Clone Wars
  • The Acolyte, passada na era da High Republic da saga e produzida pela criadora de Boneca Russa, Leslye Headland
  • A Droid Story, que segue novas aventuras de R2-D2 e C-3PO
  • Lando
  • Visions, uma série no estilo anime

No que toca ao novos filmes da saga, foram dados mais avanços sobre o novo filme criado por Taika Waititi e um novo anúncio: Patty Jenkins, realizadora do novo filme da Mulher Maravilha (Wonder Woman 1984), é a responsável por Rogue Squadron, que chega em dezembro de 2023.

Lucasfilm revelou ainda outros projetos fora da série intergalática, como a nova série Willow, a adaptação da saga literária The Children of Blood and Bone e a confirmação de um novo filme de Indiana Jones, com Harrison Ford a regressar no papel do herói, realizado por James Mangold.

A animação da Disney com poucos filmes… e muitas séries

Os estúdios de animação da Disney têm também algumas novidades, a maioria focada em filmes de sucesso de outros anos que agora recebem continuações em forma de série: Baymax, sobre o robô de Big Hero 6; Zootopia+, que conta as histórias dos animais que não tiveram tanto tempo de antena no filme original (sim, a preguiça está lá); Tiana, a primeira de várias séries sobre as princesas em novas aventuras; e uma nova série de Vaiana, que conta novas histórias da princesa.

Ainda nas séries, há uma novidade que é realmente nova. Numa produção conjunta com a companhia de entretenimento africana Kugali, a série de ficção-científica Iwájú chega em 2022. A história passa-se numa versão futurista da cidade de Lagos, na Nigéria.

Disney
Iwájú | Fotografia: Disney

Nos filmes, foram anunciadas as duas grandes apostas do estúdio para o próximo ano. Raya e o Último Dragão (título em tradução livre) já tinha um teaser de outubro, mas agora foi possível conhecer novos personagens.

O filme, agendado para março, vai para as salas de cinema e estreia em simultâneo na Disney+ Premier Access, de forma a potenciar a produção numa altura em que a pandemia ainda deverá estar por acalmar.

A outra novidade, no entanto, vai mesmo só para as salas de cinema. Com estreia marcada para o outono de 2021, Encanto é um novo filme musical passado na Colômbia. A música está a cargo (sim, claro) de Lin-Manuel Miranda.

Ainda na animação, a Pixar também vai fazer das suas

Antes das apostas no cinema, é inevitável: também há coisas novas da Pixar a chegar ao serviço cujo nome já todos sabemos.

O aguardado Soul, que deveria estrear nos cinemas, vai diretamente para o streaming, mas isso já sabíamos. O filme estreia na véspera de Natal acompanhado de Burrow, uma nova curta-metragem que fala de um coelho que tenta construir a casa dos seus sonhos.

Em janeiro chega a série de curtas metragens Pixar Popcorn, que vê alguns dos personagens mais conhecidos dos filmes do estúdio em novas aventuras. Para ser lançados estão também novos episódios da série documental Inside Pixar, que mostra os bastidores da criação dos filmes.

Há ainda três novas séries agendadas. O mundo de Carros regressa em 2022 numa série que vai seguir Faísca McQueenMate numa roadtrip pelos Estados Unidos, acompanhados de novos e antigos personagens. Dug, o cão de Up! Altamente regressa em 2021 em Dug Days. Em 2023, Win or Lose torna-se a primeira série em formarto longo do estúdio.

A primeira aposta da Disney/Pixar para os cinemas chega já em junho. Passado em Itália, Luca é “a celebração da amizade” entre Luca e o seu melhor amigo, Alberto, com quem passa um verão “inesquecível.

Disney
‘Luca’ | Fotografia: Disney/Pixar

Para março de 2022, a criadora da premiada curta BaoDomee Shi, apresenta Turning Red. Conta a história de Mei, uma pré-adolescente que, quando se entusiasma demasiado, transforma-se num panda vermelho gigante.

Não podiam faltar as histórias que já conhecemos, mas esta é um pouco diferente do habitual. Os executivos da Pixar explicaram que sempre quiseram contar a história de origem sobre o herói humano que originou o boneco Buzz Lightyear. É altura de contar essa história: a animação Lightyear mostra o filme dentro do universo de Toy Story, com Chris Evans a dar-lhe voz.

Por fim, as poucas grandes novidades da Marvel

Um dos maiores ganha-pão da empresa, a Marvel foi deixada para o fim. Todos esperavam aquela confirmação sobre o novo Homem-Aranha, que não aconteceu – embora tenham sido deixadas pistas. Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, revelou que Wandavision (que estreia em janeiro na Disney+) é o início do multiverso que serve de base à nova etapa do Universo Cinematográfico Marvel (UCM).

A série prepara terreno para o novo filme do Doutor Estranho, intitulado precisamente In The Multiverse of Madness. Chega em março de 2022 e, revela Feige, liga-se diretamente com o novo filme do aranha. Ora, esta confirmação, apesar de não anunciar oficialmente o regresso dos Peter Parker de Andrew GarfieldTobey Maguire, deixam como quase certo este enredo, um desejo antigo dos fãs face às várias representações deste no grande ecrã.

Homem-Aranha. Novo filme traz de volta Doutor Octopus e as outras versões de Peter Parker

Foram também anunciadas as primeiras imagens de duas outras séries para a plusThe Falcon and the Winter Soldier, que estreia em março de 2021; e Loki, a chegar em maio. WHAT IF…?Ms. Marvel Hawkeye também receberam mais informações. Houve ainda uma confirmação que já tinha sido confirmada e depois desmentida: Tatiana Maslany é She-Hulk, uma nova série. Foram ainda confirmadas:

  • Moon Knight, sobre um vigilante complexo
  • Secret Invasion, sobre um dos maiores eventos nos comics que traz de volta Samuel L. Jackson como Nick Fury
  • Ironheart, sobre Riri, uma jovem que tem a armadura mais forte depois do Homem de Ferro
  • Armor Wars, com o regresso de Don Cheadle como War Machine
  • I Am Groot, sobre o famoso Baby Groot
  • The Guardians of the Galaxy Holiday Special para 2022, realizado por James Gunn

Quanto aos filmes, as atualizações não foram muitas. Christian Bale junta-se ao elenco do novo Thor: Love and Thunder como o vilão Gorr the God Butcher e vai haver um novo filme do Homem-Formiga – Ant-Man and the Wasp: Quantumania. O estúdio confirmou oficialmente, ainda, que Chadwick Boseman não será substituído em Black Panther 2, com o filme a focar-se em novos personagens do universo.

A grande novidade foi deixada para os últimos segundos. Já era esperado pelos fãs desde que a Disney adquiriu todo o catálogo da Fox, que inclui dezenas de heróis da Marvel que até agora não puderam ser explorados nas fases anteriores do UCM (como os X-Men). Até agora.

Foi confirmado oficialmente o novo Quarteto Fantástico, ainda sem data de estreia definida. O filme da “primeira família da Marvel vai ser realizado por Jon Watts, responsável pelos três filmes do Homem-Aranha neste universo.

Atualizado a 12/12 com novas informações sobre a chegada do serviço Star a Portugal

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Esta Manhã
‘Esta Manhã’. Novo infotainment da TVI já tem data de estreia