StayAway Covid-19
Fotografia: StayAway Covid

Google 2020. Coronavírus, Zoom e Pedro Lima entre os temas mais pesquisados em Portugal

As "eleições nos Estados Unidos", a "escola virtual" e a "Liga NOS" fazem também parte da lista

A Google lançou, como habitual, as tendências de pesquisa de 2020 na sua plataforma. Como esperado, o resultado principal foi relacionado com a Covid-19. 

Em Portugal, o novo Coronavírus, as eleições norte-americanas, a plataforma digital Zoom, e o ator Pedro Lima destacaram-se como os temas mais pesquisados no motor de busca durante este ano. “Escola virtual”, “DGS”, “Liga NOS” e “Segurança Social Direta” estão também entre os destaques dos portugueses.

O vírus invisível

A palavra “Coronavírus” foi a mais pesquisada do ano, a nível global. Sem dúvida alguma que a pandemia tomou controlo do mundo em 2020, virando-o do avesso. Em março, a pesquisa por “Coronavírus” atingia o pico da sua popularidade, mas não abrandou no que restou do ano.

O ano dos portugueses foi pautado pelas perguntas “Como?” e “O quê?”. Não fomos exceção à regra, e pesquisámos ativamente acerca do vírus e das suas implicações na nossa vida. Nos “o quês”, os portugueses questionaram-se, em primeiro lugar, sobre o “o que é o layoff?”, realidade que esteve muito presente na sociedade portuguesa, a par da crise colocada pela pandemia. De seguida, quiseram saber “o que é o estado de emergência?”, “o que é a mitigação?”, o que significava um “estado de calamidade” ou um “estado de contingência?” e, até, “o que fazer na quarentena?”.

Para além disto, nos “comos” demos asas à nossa criatividade. Os portugueses, fechados em casa, interessaram-se em aprimorar as suas habilidades e adquirir novos conhecimentos. “Como fazer pão?, “Como fazer máscaras?”, “como fazer desinfetante caseiro?”, “Como fazer fermento de padeiro” e “Como funciona a STAYAWAY COVID?” foram o top cinco de dúvidas dos portugueses, proativos como sempre.

O mundo num ano atípico

O segundo tema mais pesquisado a nível global foi o “Resultado das eleições” americanas. A par disto, a personalidade mais procurada de 2020 foi Joe Biden, candidato e vencedor da corrida à Casa Branca. Também os portugueses estiveram atentos às eleições na grande potência mundial, tendo este sido o quarto assunto mais pesquisado. Ademais, o nome de Donald Trump foi o segundo nome internacional mais pesquisado, à frente de Joe Biden, em terceiro lugar.

Joe Biden
Fotografia: Drew Angerer

Em adição a isso, “Irão pautou como o segundo tema mais pesquisado a nível de notícias, devido à tensão com os norte-americanos, vivida em janeiro. “Beirut” foi também um tema amplamente procurado, após a explosão que assolou a zona portuária da capital do Líbano, em agosto, resultando em centenas de mortos e milhares de feridos.

O impulso da cultura 

Em 2020, mais do que nunca, a cultura representou um papel fundamental na vida de cada um de nós. O concerto mais pesquisado do ano foi o “Together At Home”, realizado a 18 de abril. Propondo-se a angariar fundos para a luta contra a Covid-19, este concerto de beneficência honrou os profissionais de saúde, juntando vários artistas (cada um em sua casa, claro) como Lady Gaga, Alanis Morissette e Stevie Wonder.

Fotografia: Global Citizen

O filme mais popular na Google, a nível mundial, foi “Parasitas”, de Bong Joon-ho, vencedor de três Óscares, incluindo o mais ambicionado, o de Melhor Filme. Esta produção de 2019 foi extremamente bem-sucedida e popular, retratando uma sátira à estratificação social. Tiger King, o documentário da Netflix, foi o programa televisivo mais pesquisado a nível mundial, tendo 34 milhões de pessoas a assistiram à série nos primeiros dez dias da sua estreia, segundo a Forbes.

Em Portugal, o Big Brother, reality show da TVI, ocupa a primeira posição na categoria de “programas, séries e filmes” mais procurados, após ter contado com duas edições num só ano. De seguida, observa-se a supremacia da Netflix nos hábitos de consumo e pesquisas dos portugueses: o filme mais procurado foi Milagre da Cela 7, o drama turco que estreou em março, na plataforma de streaming. Na terceira posição surge o polémico e popular filme da mesma plataforma, 365 Dias, protagonizado por Michele Morrone. A quarta posição pertence a White Lines e a quinta a Elite, ambas da Netflix.

A nível desportivo, o futebolista Bruno Fernandes foi o nome nacional mais procurado, devido ao seu sucesso astronómico no Manchester United. Neste sentido, o uruguaio Edinson Cavani foi o nome internacional mais pesquisado em Portugal, fruto dos rumores que se estenderam durante várias semanas, de que o futebolista viria a ser jogador do Sport Lisboa e Benfica, quando acabou por assinar pelo Manchester United, sendo colega de equipa de Bruno Fernandes.

Perdas que chocaram o mundo

Infelizmente, o ano de 2020 ficou marcado por milhões de mortes, devido à covid-19. No entanto, certas celebridades e figuras de referência perderam a vida subitamente, deixando o mundo em choque.

A nível nacional, o ator Pedro Lima foi o quinto assunto mais pesquisado. O protagonista de vários projetos televisivos, estimado pelo público, perdeu a sua vida em junho deste ano.

Em primeiro lugar no mundo, Kobe Bryant. O nome do basquetebolista foi o terceiro tópico mais procurado em todo o mundo, após ter perdido a vida num trágico acidente de helicóptero, em janeiro. O mundo ficou de luto pela súbita partida do adorado desportista, da sua filha Gianna Bryant, e de mais sete vítimas da queda do meio de transporte.

Pedro Lima
O ator Pedro Lima faleceu este ano / Imagem: Facebook

Naya Rivera, a atriz mais conhecida por interpretar Santana Lopez na série televisiva Glee, foi o segundo nome mais pesquisado a nível mundial, na categoria de “falecimentos”, no seguimento da sua trágica morte, por afogamento no lago Piru, na Califórnia.

Do mesmo modo, também o norte-americano George Floyd foi uma figura largamente pesquisada, devido à violência policial de que foi alvo e que causou a sua morte. Este acontecimento gerou vagas de protestos ao longo de todo o mundo, no âmbito do movimento Black Lives Matter, que se insurge contra o racismo sistémico.

Foi um ano desafiante em todos os aspetos e a Google questiona, no vídeo oficial do ano de 2020, “como é que temos força para continuar”? Porque persistimos, fizemos progresso, apoiámo-nos uns nos outros para continuar. “E até chegarmos a todas as respostas, continuamos a procurar”.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Casa Feliz
‘Goucha’ agrava derrotas, ‘Casa Feliz’ lidera com Cláudia e João Paulo