Teresa Guilherme Big Brother
Fotografia: TVI / Divulgação

Audiências. ‘Big Brother’ lidera mas SIC volta a ganhar ao domingo

A TVI tem dado luta aos sábados, mas os domingos continuam a ser da SIC. Apesar do Big Brother, esta semana a estação de Paço de Arcos repetiu a liderança do domingo anterior, exatamente com os mesmos 18% de share. A TVI recuou três décimas face à semana anterior, ficando nos 16,2%, e a RTP1 situou-se nos 10,2%.

O Jornal da Noite voltou a ser o programa mais visto do dia, e também aqui os números coincidiram com os do domingo anterior. Rodrigo Guedes de Carvalho registou os mesmos 14,3% de audiência média e 23,5% de share que Clara de Sousa tinha conseguido na semana anterior, correspondentes a 1 milhão e 350 mil espectadores. Às 21h33, o espaço de Marques Mendes batia um pico de 15,7% de audiência.

Embora se tenha aproximado do concorrente durante alguns momentos, o Jornal das 8 ficou isolado no segundo lugar em média, com 12,4% de audiência e 20,4% de share, sendo o melhor programa da TVI. Muito longe desta luta, o Telejornal continua com valores residuais ao domingo, não indo além de 6,7% de audiência e 11% de share.

Isto é Gozar com quem Trabalha manteve a liderança frente ao Big Brother, mas continua a acusar algum desgaste. O programa de Ricardo Araújo Pereira ocupou o segundo e o terceiro lugar do top, com a primeira parte (12,9% / 22,3%) e a entrevista a Miguel Oliveira (12,7% / 22,7%) respetivamente.

O Big Brother – A Revolução passou para a liderança assim que RAP saiu do ar, conseguindo uma média de 1 milhão e 96 mil espectadores (11,6% / 20,8%) na primeira parte, e vencendo o primeiro bloco de O Noivo é que Sabe (10,2% / 19,8%).

Na RTP1, o The Voice Portugal repetiu a tendência de edições anteriores e perdeu fôlego nas galas em direto. O formato do canal público teve uma média de 7,4% de audiência e 16,3% de share, os valores mais baixos do ano, e passou quase toda a noite atrás da SIC e da TVI.

O reality show de Teresa Guilherme manteve a liderança ao longo da noite, com o bloco Expulsão (10,2% / 23,7%) a bater máximo da temporada e a superar A Cerimónia (8,4% / 19,7%) do programa da SIC.

De seguida, as Nomeações (7,4% / 24,6%) também superaram o Copo d’Água (5,6% / 18,5%), que registou o share mais baixo da temporada. Pela noite dentro, a Ligação à Casa (2,0% / 15,4%) do Big Brother também se manteve à frente da SIC, que exibia o filme O Grande Showman (1,3% / 11,0%).

Domingão com Toy vence tarde por pouco

Com as restrições impostas pelo estado de emergência, o Domingão continua a apostar em edições Em Casa, e este domingo (29) dedicou toda a tarde a Toy. O programa da SIC venceu o duelo com Somos Portugal – Unidos à Mesa, mas as duas privadas alternaram na liderança ao longo da tarde.

O Domingão registou uma média de 820 mil espectadores (8,7% / 16,5%), contra 774 mil do Somos Portugal (8,2% / 15,7%). Na RTP1, Hoje é Domingo! não foi além de 399 mil espectadores (4,2% / 7,9%).

Outros destaques do dia

  • O Primeiro Jornal continua a dominar à hora de almoço. O noticiário da SIC foi visto por 1 milhão e 106 mil espectadores (11,7% / 25,7%), sendo o quinto programa mais visto do dia. O Jornal da Uma (8,0% / 17,7%) ficou longe, e o Jornal da Tarde (5,4% / 11,8%) ficou ainda mais longe.
  • Antes do Jornal da Tarde, Unidos ao Clube não foi além dos 2,5% de audiência e 6,6% de share. O magazine sobre desporto amador chegou a pôr a RTP1 atrás da CMTV.
  • Aldeia da Roupa Branca, um clássico do cinema português dos anos 30, destacou-se na RTP Memória. O filme, exibido às 15h, conseguiu 87 mil espectadores (0,9% / 2,0%).
Já segues o Espalha-Factos no Instagram?
Dados Live+Vosdal da GfK, referentes a 29 de novembro de 2020.